Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22099
Título: Estratégias de referenciação em infográficos: contribuições da imagem para a construção da referência e progressão textual
Título em inglês: Reference strategies in infographics: image contributions to textual progression
Autor(es): Teixeira, Jeannie Fontes
Orientador(es): Cavalcante, Mônica Magalhães
Palavras-chave: Língua portuguesa - Gêneros discursivos – estudo e ensino
Infográfico - Gêneros textuais multimodais
Leitura – estudo e ensino
Infographic
Referencing
Data do documento: 2016
Citação: Teixeira, J. F.; Cavalcante, M. M. (2016)
Resumo: O infográfico é um gênero textual multimodal que ganha expressão em avaliações de larga escala da educação básica, como o PISA e o ENEM. Entretanto, verificamos a pouca participação deste gênero na esfera escolar, especialmente nos materiais didáticos, o que indica uma lacuna no tratamento deste gênero na escola. Outro indicativo da pou¬ca familiaridade dos alunos da educação básica com o infográfico é o baixo índice de acertos – apontados pelo PISA, por exemplo – em questões que o envolvem. Tendo como norteadores os pressupostos da teoria da Referenciação, tomamos como tarefa a formulação de uma proposta didática para a abordagem desse gênero multimodal em turmas de Ensino Fundamental. Para esse intento, norteados por Mondada e Dubois (2014), Cavalcante & Brito (2015; 2016), Cavalcante, Custódio Filho e Brito (2014), Koch e Elias (2016), Kress e van Leeuwen (1997) investigamos as estratégias de construção referencial e de progressão temática mobilizadas pelo infográfico com foco em sua modalidade imagética, a fim de verificarmos se há regularidades que possam amparar essa proposta. Para a análise do infográfico enquanto gênero textual, aliamos aos estudos Linguísticos de gênero textual (BAKTHIN, 1997), (BAZERMAN, 2009; 2011), (PAIVA, 2008, 2011) estudos da área da Comunicação Social (TEIXEIRA, 2010), (SOJO, 2002) que apontaram uma tipologia aplicável ao ensino. Os aspectos multimodais do infográfico foram verificados pela associação dos pressupostos da Referenciação com os pressupostos da Gramática do Design Visual (KRESS E VAN LEUWEEN, 1996), como apontada por Cavalcante e Brito (2015; 2016), Cavalcante, Custódio Filho E Brito (2014), Oliveira-Nascimento (2014). Trata-se de pesquisa mista, uma vez que mapeou a ocorrência de infográficos dos livros didáticos de L.P. do ensino fundamental, bem como indicou uma possível categorização, bem como descreveu e interpretou as estratégias mobilizadas pelos textos. O exemplário foi constituído por 15 infográficos coletados das coleções de livros didáticos de Língua Portuguesa aprovados pelo PNLD – 2017 e 3 questões do exame PISA. Dentre as regularidades verificadas, (1) apontamos constituintes prototípicos fundamentais para o estabelecimento da coerência no infográfico, (2) descrevemos as estratégias mobilizadas pelo gênero em razão da sua multimodalidade, (3) descrevemos as metaestratégias que os enunciados referentes aos infográficos no L.D. podem orientar e (4) verificamos a tipologia mais presente em livros didáticos da disciplina de Língua Portuguesa do ensino. A partir desses elementos, elaboramos uma sequência de atividades com vistas à aplicação em turmas de fundamental, orientada pela Taxonomia de Bloom (1956). Ademais, sugerimos pesquisas posteriores com a finalidade de ampliar as perspectivas de análise de textos multimodais pelos pressupostos da Referenciação e de formar o professor de ensino fundamental para tratamento didático deste gênero.
Abstract: The infographic is a multimodal textual genre that gains expression in large-scale assessments of basic education such as PISA and ENEM. However, we have found little participation in this genre in the school sphere, especially in didactic materials, which indicates a gap in the treatment of this genre in school. Another indication of low familiarity of elementary school students with infographic is the low hit rate - as pointed out by PISA, for example - in questions that involve it. Having as guiding the presuppositions of the Referencing theory, we took into account the formulation of a didactic proposal as a task for a multimodal gender approach in elementary school classes. For this purpose, guided by Mondada and Dubois (2014), Cavalcante and Brito (2015; 2016), Cavalcante, Custódio Filho and Brito (2014), Koch and Elias (2016), Kress and van Leeuwen (1997) we have investigated the strategies of referential construction and thematic progression mobilized by the infographic focusing on its imagetic modality, in order to verify whether there are regularities that can support this proposal. For the analysis of the infographic as a textual genre, we have allied to the linguistic studies of textual genre (BAKTHIN, 1997), (BAZERMAN, 2009; 2011), (PAIVA, 2008, 2011) studies in the Social Communication Area (TEIXEIRA, 2010), (SOJO, 2002) which pointed out a typology applicable to teaching. The multimodal aspects of the infographic were verified by the association of the Referencing and The grammar of visual design presuppositions (KRESS E VAN LEUWEEN, 1996), as pointed out by Cavalcante and Brito (2015; 2016), Cavalcante, Custódio Filho and Brito (2014), Oliveira-Nascimento (2014). It is a mixed research, since it has mapped the occurrence of infographic in the L.P. textbooks of the elementary school, as well as indicating a possible categorization, as well as described and interpreted the strategies mobilized by the texts. The sample was consisted of 15 infographics collected from Portuguese textbooks collections approved by PNLD – 2017 and 3 questions from PISA exam. Among the verified regularities, (1) we have pointed out fundamental prototypical constituents for the establishment of the coherence in the infographic, (2) we have described the strategies mobilized by the genre because of its multimodality, (3) we have described the meta-strategies that the statements related to infographics in L.D. can guide and (4) we have verified the most present typology in textbooks of the Portuguese discipline of the teaching. From these elements, we have elaborated a sequence of activities focusing the application in fundamental classes, oriented by Bloom Taxonomy (1956), Furthermore, we have suggested further research with the purpose of expanding the perspectives of multimodal texts analysis by the Referencing presuppositions and to train the teacher of elementary education for didactic treatment of this genre.
Descrição: TEIXEIRA, Jeannie Fontes. Estratégias de referenciação em infográficos: contribuições da imagem para a progressão textual. 2016. 249f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Letras, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22099
Aparece nas coleções:PROFLETRAS - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_jfteixeira.pdf14,13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.