Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22141
Título: Percepção sensorial tátil prejudicada: identificação do fenômeno em grupos predisponentes
Título em inglês: Impaired tactile sensory perception - identification of the phenomenon in predisponent groups
Autor(es): Morais, Huana Carolina Cândido
Orientador(es): Araújo, Thelma Leite de
Palavras-chave: Percepção do Tato
Acidente Vascular Cerebral
Diabetes Mellitus
Hanseníase
Data do documento: 27-Jun-2016
Citação: MORAIS, H. C. C. ; ARAÚJO, T. L. (2016)
Resumo: Percepção sensorial tátil prejudicada é definida como Alteração ou incapacidade de interpretar estímulos fornecidos em condições ideais que entrem em contato com a superfície corporal do indivíduo, devido a alterações nos receptores táteis cutâneos superficiais e profundos, na condução por fibras nervosas ou na interpretação cerebral dos mesmos. Verifica-se que as alterações sensoriais táteis são referidas, mas a avaliação de sua presença é prejudicada pela falta de procedimentos metodológicos rigorosos que sejam comuns a todas as condições predisponentes à alteração. Reconhece-se que o enfermeiro precisa levar em consideração esse fenômeno para o planejamento do cuidado. O objetivo do estudo foi caracterizar clinicamente o fenômeno Percepção sensorial tátil prejudicada em pacientes com as seguintes condições predisponentes: acidente vascular cerebral (AVC), diabetes mellitus (DM), hanseníase e idade avançada. Foi realizado um estudo transversal de abordagem quantitativa, realizado em quatro instituições localizadas em Fortaleza/CE, a saber: unidade de AVC de um hospital terciário, centro especializado de dermatologia, centro integrado de atendimento ao DM e centro de convivência de idosos. A amostra foi composta por 365 participantes. O instrumento para coleta, adaptado do estudo de Morais (2013), contém variáveis sóciodemográficas, sobre hábitos de vida, clínicas e avaliação sobre as modalidades sensoriais táteis. As áreas testadas foram face, mãos e pés. Os dados foram coletados por fonte primária, com entrevista e exame físico, e por fonte secundária pela consulta aos prontuários, no período de outubro de 2014 a agosto de 2015. A análise estatística foi realizada com o apoio do programa IBM® SPSS® versão 21.0 for Windows® e do software R versão 2.12.1. Para verificar a sensibilidade e especificidade das modalidades táteis foi utilizado o modelo de análise de classe latente. A pesquisa foi aprovada em três Comitês de Ética em Pesquisa. Dos participantes 42 tinham AVC, 122 DM, 104 hanseníase e 97 idade avançada. Destes 60% eram do sexo feminino, com idade média de 51,12 (±15,3) anos, procedentes de Fortaleza (66,8%), que viviam com parceiro (52,9%). No que se refere à escolaridade, foi identificada média de 9,42 (±5,22) anos de estudo e renda familiar mensal de 1.986,63 (±1933,55) reais. Quanto aos hábitos de vida, 69,9% não eram tabagistas, 86,3% não ingeriam bebidas alcoólicas e 58,1% não praticavam atividade física. A maioria dos entrevistados era independente em relação às atividades básicas (70,7%) e instrumentais (84,2%) da vida diária. Na análise do modelo final de classe latente para todos os participantes, considerando todas as modalidades sensoriais táteis, Alteração na percepção da textura, Alteração na estereognosia e Extinção de um toque simultâneo foram específicos. Enquanto as modalidades sensoriais táteis Alteração na percepção de toque leve, Alteração na percepção de pressão, Alteração na percepção da localização tátil, Discriminação somatossensorial prejudicada e Alteração na percepção da temperatura foram sensíveis para fenômeno. O fenômeno percepção sensorial tátil prejudicada esteve presente em 32,55% dos participantes investigados no estudo. Conclui-se que o fenômeno Percepção sensorial tátil prejudicada está presente nas quatro condições investigadas, o que compromete a retomada das atividades diárias após o evento agudo (AVC) e aumenta os riscos de desequilíbrios e quedas em todos os grupos.
Abstract: Impaired tactile sensory perception is defined as change or inability to interpret stimuli provided under ideal conditions that come into contact with the body surface of the individual, due to changes in superficial and deep skin tactile receptors in nerve fibers conduction or cerebral interpretation of there. It is verified that the tactile sensory changes are referred to, but the evaluation of their presence is harmed by a lack of rigorous methodological procedures which are common to all predisposing conditions to alterations. It is recognized that nurses need to take into account the sensory changes in the planning of care. The aim of the study was to clinically characterize the tactile sensory perception phenomenon impaired in patients with the following predisposing conditions: stroke, diabetes mellitus (DM), leprosy and elderly. A transversal study was maded with a quantitative approach, realized at four followings institutions in Fortaleza/CE: stroke unit of a tertiary hospital, specialized dermatology center, integrated care center to the DM and a community center for the elderly. The sample consisted of 365 participants. The collection instrument, adapted from Morais (2013) study contains sociodemographic variables on lifestyle, clinics and evaluation of the tactile sensory modalities. The tested areas were face, hands and feet. Data were collected by primary source, with interview and physical examination, and secondary source by hospital records between October 2014 and August 2015. Statistical analysis was performed with the support of IBM SPSS software, version 21.0 for Windows and the R version 2.12.1 software. To check the sensitivity and specificity of tactile modalities was used latent class analysis model. The study was approved in three Committees of Ethics in Research. 42 of the participants had strokes, 122 DM, 104 leprosy and 97 aged. Of these 60% were female, mean 51.12 (±15.3) years of age, coming from Fortaleza (66.8%), living with a partner (52.9%). With regard to education was identified average of 9.42 (±5.22) years of study and monthly family income of 1986.63 (±1933.55) reais. As to life habits, 69.9% were not smokers, 86.3% did not consume alcoholic beverages and 58.1% did not practice physical activity. Most respondents was independent of the basic activities (70.7%) and instrumental (84.2%) of daily life. In the analysis of the final model of latent class for all participants, considering all the tactile sensory modalities, Change in the perception of texture, change in stereognosis and Extinguishing a touch simultaneously were specific. While tactile sensory modalities Change in perception of light touch, change in perception of pressure, change in perception of tactile location, impaired somatosensory discrimination and change in perception of temperature were sensitive to phenomenon. The phenomenon was present in 32.55% of the participants surveyed in the study. It is concluded that the phenomenon impaired tactile sensory perception were present in the four investigated conditions, which compromises the resumption of daily activities after the acute event of the ischemic stroke and increases the risks of imbalances and falls in all groups.
Descrição: MORAIS, H. C. C. Percepção sensorial tátil prejudicada: identificação do fenômeno em grupos predisponentes. 2016. 142 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22141
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_hccmorais.pdf1,45 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.