Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22147
Título: Entre o mérito, as prioridades e o carecimento: a trajetória de uma instituição de fomento científico (a Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - FUNCAP)
Título em inglês: Among the merit, the priorities and the lacking of resources: the trajectory of an institution of scientific development (the Cearense Foundation of Scientific and Technological Support - FUNCAP)
Autor(es): Pinheiro, Lilia Palmeira
Orientador(es): Barreira, Irlys Alencar Firmo
Palavras-chave: Educação como Investimento - Ceará
Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Recursos Públicos para Educação - Ceará
Scientific Development
Merit
Data do documento: 2016
Citação: Pinheiro, L. P.; Barreira, I. A. F. (2016)
Resumo: No Brasil, diferentemente do que ocorre na maioria dos países considerados mais desenvolvidos do mundo (G-20 – O Brasil está incluído entre eles) , mais da metade dos recursos para pesquisa científica advém do orçamento público, enquanto que na maioria dos demais países eles advêm primordialmente da iniciativa privada. Esse fato tende a elevar a responsabilidade dos órgãos governamentais em bem gerir seu orçamento, pois, se por um lado precisam otimizar o emprego do capital, por outro são os principais responsáveis pelo crescimento científico e tecnológico do país. A questão científica, principalmente nesse contexto, adentra necessariamente a questões não apenas econômicas, mas também políticas e sociais. Dados atuais mostram que as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) chegam, conjuntamente, a investir mais do que o CNPq (órgão federal). Esses dados ilustram a relevância crescente das fundações estaduais no incremento da atividade científica no Brasil. Mas como são geridos os recursos dessas fundações? Quais os critérios adotados pelas instituições para determinar sua destinação orçamentária? Que tipo de forças (políticas, acadêmicas, sociais) está em jogo nessa disputa pelo erário? No intuito de compreender esse jogo de forças em torno do campo científico e acadêmico, elegeu-se como espaço de estudo a Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - FUNCAP. Por meio de uma Sociologia das Instituições pretende-se, pois, investigar em profundidade a atuação dessa agência, a fim de compreender como se deu sua atuação frente aos embates próprios do campo científico, principalmente porque, em se tratando de uma agência de fomento científico governamental, como o nome já antecipa, esta se encontra necessariamente inserida em um contexto não apenas acadêmico, mas igualmente político. Pretendeu-se, para isso, analisar o percurso da Fundação desde sua criação até os dias atuais (1990-2017), de modo a entender como ela vem atuando, estabelecendo suas prioridades e gerindo seu orçamento. Para isto, além de analisar seus relatórios de atividades e as atas de seu conselho gestor, bem como documentos, instruções normativas e editais, arquivos e página eletrônica do órgão (onde se registram as práticas da instituição), recorreu-se a entrevistas com seus ex-gestores, com membros da “comunidade científica” local e das câmaras de assessoramento da instituição, e com os funcionários do órgão. Remontar a trajetória da FUNCAP se mostrou um instrumento propício para analisar sociologicamente algumas questões específicas do campo científico (Bourdieu), principalmente no que se refere ao mérito (dos pesquisadores e das pesquisas), as prioridades (de temas e ações) e a carência (das instituições que pleiteiam financiamento). A FUNCAP, nesse sentido, apresentou-se como um próspero microcosmo para analisar os embates e tensões do campo cientifico.
Descrição: PINHEIRO, Lilia Palmeira. Entre o mérito, as prioridades e o carecimento: a trajetória de uma instituição de fomento científico (a Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FUNCAP). 2016. 233f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22147
Aparece nas coleções:DCSO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_lppinheiro.pdf2,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.