Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22154
Título: Mudanças no letramento acadêmico de cursistas do ProfLetras: questões de linguagem e identidade
Autor(es): Lopes, Roberta Gleyciângela Souza
Orientador(es): Magalhães, Maria Izabel Santos
Palavras-chave: Professores – Análise critica do discurso
Análise crítica do discurso
PROFLETRAS - educação continuada
Teacher identities
Discourse change
Data do documento: 2016
Citação: Lopes, R. G. S.; Magalhães, M. I. S. (2016)
Resumo: A presente pesquisa propõe uma análise das mudanças no letramento acadêmico e suas implicações no perfil identitário de professores(as), fundamentando-se nos estudos sociais do Letramento e na Análise de Discurso Crítica. É objetivo desta pesquisa responder à seguinte questão: De que modo o Mestrado Profissional, como uma nova modalidade de formação continuada, exerce influência nos processos identitários dos(as) professores(as), conduzindo a mudanças discursivas e possíveis mudanças de ação? Para tanto, o estudo toma por base dados qualitativos gerados entre professores(as) da educação básica inscritos(as) no Programa de Mestrado Profissional em Letras (Profletras). Reconhecendo os limites de uma análise somente textual e a necessidade de análise conjunta de outros elementos da prática social, adota-se a etnografia como metodologia de geração e coleta de dados. Para a triangulação do método, alternativa para intensificar e assegurar a qualidade da pesquisa qualitativa, selecionaram-se os métodos da observação participante, das entrevistas semiestruturadas e do diário de participante. Os dados foram analisados com base no aporte teórico da Teoria Social do Letramento (STREET, 1984; 2003; 2010; 2012; 2014; BARTON e HAMILTON, 1998; BARTON e HAMILTON, 2000) e da Análise de Discurso Crítica (FAIRCLOUGH, 2001; 2003), tendo em vista que algumas pesquisas anteriores adotaram essa abordagem teórica integradora e já demonstraram a compatibilidade entre as duas teorias (MAGALHÃES, 1995; RIOS, 2009; SATO, 2013; BATISTA JR, 2013, FONTENELE, 2014). Em relação à Teoria Social do Letramento, o intuito é descrever os eventos de letramento do Mestrado Profissional e relacioná-los às práticas de letramento, que por sua vez envolvem dimensões sociais e culturais, como valores, atitudes, sentimentos e relações sociais. Em relação à Análise de Discurso Crítica, analisa-se o significado identificacional, por meio das categorias modalidade e avaliação, ambas relacionadas ao comprometimento do(a) autor(a) com suas proposições. A análise indicou que a incursão em práticas de leitura/escrita/discussão de textos propiciadas pelo Mestrado Profissional contribuiu para mudanças significativas no letramento acadêmico dos sujeitos pesquisados e, no contexto dessas mudanças, há redefinição e reconstrução das identidades sociais, definidas por Faiclough (2001) como os “eus” associados a domínios e a instituições específicas.
Abstract: Our motivation for this thesis comes from the fact that we teach in basic education, and became familiarized with the issue of academic literacy in a course by dr. Izabel Magalhães in the M.A. Course in Linguistics. In addition to literacy, we are also committed to set up a profile of teachers and their practices. Both the Social Theory of Literacy and Critical Discourse Analysis helped us in this regard. We are particularly committed to answering the following question: being a new mechanism of continuing education, how far does the Professional Master´s Program impact on teacher identities? The main purpose of this work is then to pull together findings that directly address this question, reporting on data from teachers who are enrolled on the Professional Master´s Program (Profletras). Given the limitation of any textual analysis vis-à-vis the need to take up seriously social features, we adopted ethnography as a methodology that would generate the data required. This methodology was necessary because it allowed for a useful triangulation for intensifying and ensuring all the qualifying procedures related to teachers´ interviews as well as participant observation. This enquiry follows previous research by Social Theory of Literacy scholars (STREET, 1984; 2003; 2010; 2012; 2014; BARTON and HAMILTON, 1998; BARTON, HAMILTON and IVANIC, 2000), and Critical Discourse Analysis according to Fairclough (2001, 2003). Other investigations show the compatibility between both theories (MAGALHÃES, 1995; RIOS, 2009; SATO, 2013; BATISTA JR, 2013, FONTENELE, 2014). With the Social Theory of Literacy at hand, we described some literacy events within the Professional Master´s Course and relate them to literacy practices, which in turn involve social and cultural dimensions, such as values, attitudes, feelings and social relations. And with the help of Critical Discourse Analysis, we analyzed the meanings of identity, by means of the categories of modality and evaluation, both related to speaker assumptions. The analysis revealed continuing and widening literacy practices among the participants under analysis, in part due to reading, writing and discussing about texts which were presented to teachers by the Professional Master´s Course. In the context of these changes, we observed a redefinition and reconstruction of the teachers´ social identities.
Descrição: LOPES, Roberta Gleyciângela Souza. Mudanças no letramento acadêmico de cursistas do PROFLETRAS: questões de linguagem e identidade. 2016. 296f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22154
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_rgslopes.pdf6,11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.