Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22157
Título: Avaliação da segurança e eficácia farmacológica não-clínica das Gotas Arthur de Carvalho®: validação do uso medicinal nos distúrbios gastrintestinais
Título em inglês: Evaluation of safety and non-clinical pharmacological efficacy of Arthur de Carvalho® Drops: validation of medicinal use in gastrintestinal diseases
Autor(es): Bezerra, Suzana Barbosa
Orientador(es): Leal , Luzia Kalyne Almeida Moreira
Palavras-chave: Matricaria
Foeniculum sativum
Gentiana lutea
Toxicidade
Data do documento: 22-Mai-2015
Citação: BEZERRA,S. B. ; LEAL, L. K. A. M. (2015)
Resumo: O fitoterápico Gotas Arthur de Carvalho produzido a partir das tinturas de Matricaria recutita (camomila), Gentiana lutea (genciana) e Foeniculum vulgare (funcho), possui como indicação o uso como anti-espasmódico e estomáquico e, apesar de estar no mercado a mais de 70 anos, não possui ainda estudos científicos que comprovem a sua qualidade, estabilidade, segurança e eficácia terapêutica nas desordens gastrointestinais. O presente trabalho tem como principal objetivo validar o uso do fitoterápico nas desordens gastrintestinais, determinando a segurança e eficácia do produto padronizado, para atender as exigências da ANVISA e assim, contribuir para a renovação de registro do produto. Foram então realizados os testes de toxicidade pré-clínica (toxicidade aguda e de doses repetidas) em roedores, citotoxicidade em neutrófilos humano e células HepG2 e avaliação da atividade farmacológica do fitoterápico para desordens gastrintestinais. Inicialmente, fitoterápico foi padronizado quanto ao teor de marcadores ativos (apigenina 7-glucosídio, gentiopicrosídio e anetol) determinados pelo emprego de método analítico validado - RE 899 (BRASIL, 2003) com auxílio de sistema de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência com detector de arranjo diiodo (CLAE-DAD). Nas avaliações toxicológicas in vitro (cultura de neutrófilos e células HepG2) investigada pela determinação da atividade da lactato desidrogenase e/ou teste do MTT, o fitoterápico GAC (10-200 µg/mL) não mostrou-se citotóxico. Prosseguindo os estudos de toxicidade em roedores, a estimativa da DL50 do produto foi acima de 2g/kg, quando administrado por via oral. Ademais, estudo de toxicidade de dose repetida (250-1000 mg/Kg, v.o.) em ratos ratificou a baixa toxicidade do produto através de avaliações bioquímica, hematológica e histopatológica. Na avaliação farmacológica, o fitoterápico GAC (100 – 400 mg/Kg, v.o.) mostrou potencial antidispéptico, reduziu o trânsito intestinal induzido por betanecol, além do efeito laxativo. Ainda, o fitoterápico apresentou efeito antinociceptivo no modelo de dor visceral induzido pelo óleo de mostarda em camundongos, tanto nos sistemas opióide e adrenérgico, além dos canais de potássio, que parecem possuir um papel importante nessa ação, que não está relacionada a um possível efeito central, como sedação ou diminuição da atividade motora. Por fim, o fitoterápico Gotas Arthur de Carvalho mostrou um padrão de segurança que ratifica o seu emprego como medicamento, além do seu potencial no tratamento de desordens gastrointestinal, destacando suas atividades anti-dispéptica e antinociceptiva/dor visceral. Contudo, estudos adicionais são ainda necessários relacionados especialmente à determinação mais aprofundada do mecanismo de ação farmacológico, bem como a realização de estudos clínicos, vislumbrando seu registro como fitoterápico no país. Ainda, destaca-se a importância do presente estudo que envolveu parceria universidade-empresa/Indústria Farmacêutica, o que tornou o trabalho algo concretamente aplicada às necessidades sociais e econômicas da região.
Abstract: The herbal medicine Gotas Arthur de Carvalho® (GAC) produced from Matricaria recutita (chamomile), Gentiana lutea (gentian) and Foeniculum vulgare (fennel) tinctures, has indication use as antispasmodic and stomachic, and despite being on the market more than 70 years, does not have scientific studies proving its quality, stability, safety and therapeutic efficacy in gastrointestinal disorders. This study aims to validate the use of GAC in functional gastrointestinal disorders, determining the safety and efficacy of product, to meet the requirements of ANVISA and thus, contribute to the product registration renovation. Firts, were carried out the preclinical toxicity test (acute and repeated-doses toxicity) in rodents, cytotoxicity on human neutrophils and HepG2 cells and evaluation of the pharmacological activity of the herbal medicine to treat gastrointestinal disorders. Initially, the herbal medicine was standardized on the content of active markers (7-glucosídio apigenin, gentiopicrosídio and anethole) determined by the use of validated analytical method - RE 899 (BRAZIL, 2003) with the aid of Liquid Chromatography System with High Efficiency array detector diiodo (HPLC-DAD). In vitro toxicological evaluations (culture neutrophils and HepG2 cells) was investigated the determination of lactate dehydrogenase activity and / or the MTT test, and GAC (10-200 ug / ml) was shown to be not cytotoxic. Continuing toxicity studies in rodents, the estimated LD50 of the product was above 2 g / kg when administered orally. Moreover, in repeated-doses toxicity study (250-1000 mg / kg, p.o.) in rats confirmed the low toxicity of the product through biochemical, haematological and histopathological evaluations. In pharmacological evaluation, the herbal GAC (100 - 400 mg / kg, p.o.) showed activity on dyspepsia, demosntrated by reduction of intestinal transit induced by bethanechol, besides the laxative effect. Moreover, the antinociceptive effect of GAC founded in visceral pain model induced by mustard oil in mice where both opioid and adrenergic systems, in addition to potassium channels appear to have an important role in action, which is not related to a possible central effect, because sedation or decreased motor activity was not observed. Finally, the herbal medicine Arthur de Carvalho showed a safety standard which confirms its use as medicine, in addition to its potential in the treatment of gastrointestinal disorders, proving its antinociceptive activities / visceral pain and role in dyspepsia. However, further studies are still needed, especially related to determine the pharmacological mechanism of action as well as clinical studies, seeking registration as herbal medicine in Brazil. Also, is important valorize the importance of this study of university-industry partnership / Pharmaceutical Industry, which made work something concretely applied to social and economic needs of the region.
Descrição: BEZERRA, S. B. Avaliação da segurança e eficácia farmacológica não-clínica das Gotas Arthur de Carvalho®: validação do uso medicinal nos distúrbios gastrointestinais. 2015. 163 f. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22157
Aparece nas coleções:DFAR - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_sbbezerra.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.