Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22173
Título: Prevalence of nursing diagnoses in an intensive care unit
Título(s) alternativo(s): Prevalência de diagnósticos de enfermagem em unidade de terapia intensiva
Autor(es): Cabral, Vinicia de Holanda
Andrade, Ítalo Rigoberto Cavalcante
Melo, Elizabeth Mesquita
Cavalcante, Tatiana de Medeiros
Palavras-chave: Diagnóstico de Enfermagem
Processos de Enfermagem
Unidades de Terapia Intensiva
Data do documento: Jan-2017
Editor: Rev Rene
Citação: CABRAL, V. H. ; ANDRADE, Í. R. C. ; MELO, E. M. ; CAVALCANTE, T. M. C. (2017)
Resumo: Objetivo: identificar os principais títulos diagnósticos de enfermagem utilizados na assistência a pacientes críticos internados em Unidade de Terapia Intensiva, verificando a presença dos mesmos na taxonomia II de diagnósticos da NANDA International. Métodos: estudo descritivo e documental, no qual foram consultados 69 prontuários de pacientes com idade acima de 18 anos. Resultados: foram encontrados 22 títulos diagnósticos de enfermagem, sendo que os mais frequentes foram risco de infecção (99,0%), risco de integridade da pele (75,0%) e risco de aspiração (61,0%). A maior quantidade de diagnósticos esteve presente nos domínios segurança/proteção (43,0%) e atividade/repouso (26,5%). Conclusões: foram identificados os principais títulos diagnósticos de enfermagem utilizados na assistência a pacientes críticos internados em Unidade de Terapia Intensiva e verificou-se a presença dos mesmos na taxonomia II de diagnósticos da NANDA International.
Abstract: Objective: to identify the main nursing diagnostic titles used in the care of critically ill patients hospitalized in an Intensive Care Unit, verifying the presence thereof in the diagnoses of NANDA International’s Taxonomy II. Methods: descriptive and documental study, in which 69 medical records of patients aged over 18 years were consulted. Results: 22 nursing diagnostic titles were found; the most frequent was risk for infection (99.0%), risk for skin integrity (75.0%) and risk for aspiration (61.0%). Most diagnoses were in the domains safety/ protection (43.0%) and activity/rest (26.5%). Conclusions: authors identified the main nursing diagnostic titles used in the care of critically ill patients admitted to the Intensive Care Unit and the presence thereof in the diagnoses of NANDA International’s Taxonomy II.
Descrição: CABRAL, Vinicia de Holanda et al. Prevalence of nursing diagnoses in an intensive care unit. Rev Rene, Fortaleza, v. 18, n.1, p. 84-90, jan./feb. 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22173
ISSN: 2175-6783 On-line
Aparece nas coleções:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_art_vhcabral.pdf204,16 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.