Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22176
Título: Clinical-epidemiological characterization of leprosy cases with physical disabilities
Título(s) alternativo(s): Caracterização clínico-epidemiológica de casos de hanseníase com incapacidades físicas
Autor(es): Sousa, Gleciane Costa de
Vieira, Francilene de Sousa
Oliveira, Déborah Éllen Pinheiro
Costa, Ederson dos Santos
Moura, Maria Edileuza Soares
Palavras-chave: Hanseníase
Controle de Doenças Transmissíveis
Enfermagem de Atenção Primária
Data do documento: Jan-2017
Editor: Rev Rene
Citação: SOUSA, G. C. ; VIEIRA, F. S. ; OLIVEIRA, D. É. P. ; COSTA, E. S. ; MOURA, M. E. S. (2017)
Resumo: Objetivo: caracterizar o perfil clínico-epidemiológico de casos de hanseníase multibacilar, diagnosticados com incapacidades físicas. Métodos: estudo transversal, retrospectivo. A amostra constituiu-se de 276 casos de hanseníase diagnosticados. Resultados: a hanseníase acomete, principalmente, indivíduos do sexo masculino, de cor parda, baixa escolaridade e com idade média de 51,96 anos (desvio padrão, DP=20,33 anos). As formas clínicas virchowiana e dimorfa são as principais responsáveis pela transmissão da doença e desenvolvimento de incapacidades físicas. Diminuição ou perda da sensibilidade em mãos e pés, úlceras tróficas e lesões traumáticas, bem como mãos em garras foram as incapacidades físicas prevalentes no estudo. Conclusão: os casos com incapacidades física s são acometidos predominantemente de formas clínicas multibacilares, podendo-se inferir em manutenção da cadeia de transmissão e detecção tardia das formas graves da hanseníase.
Abstract: Objective: to characterize the clinical-epidemiological profile of cases of multibacillary leprosy, diagnosed with physical disabilities. Methods: this is a cross-sectional and retrospective study. The sample consisted of 276 cases of diagnosed leprosy. Results: leprosy mainly affects males, of brown skin color, low education and with a mean age of 51.96 years old (standard deviation, SD=20.33 years old). The Virchowian and dimorphic clinical forms are mainly responsible for the transmission of the disease and the development of physical disabilities. Decreased or lost sensation in hands and feet, trophic ulcers and traumatic injuries, as well as clawed hands were the physical disabilities prevalent in the study. Conclusion: t he cases with physical disabilities are predominantly affected by multibacillary clinical forms, and they can be inferred in the maintenance of the transmission chain and the late detection of severe forms of leprosy.
Descrição: SOUSA, Gleciane Costa de et al. Clinical-epidemiological characterization of leprosy cases with physical disabilities. Rev Rene, Fortaleza, v. 18, n.1, p. 99-105, jan./feb. 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22176
ISSN: 2175-6783 On-line
Aparece nas coleções:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_art_gcsousa.pdf207,27 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.