Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22203
Título: Validação na prática clínica do protocolo de acolhimento com classificação de risco em pediatria
Título em inglês: Validation in clinical practice the host protocol with pediatric risk rating
Autor(es): Magalhães, Fernanda Jorge
Orientador(es): Lima, Francisca Elisângela Teixeira
Palavras-chave: Pediatria
Acolhimento
Fatores de Risco
Estudos de Validação
Pesquisa Metodológica em Enfermagem
Data do documento: 17-Jun-2016
Citação: MAGALHÃES, F. J. ; LIMA, F. E. T. (2016)
Resumo: O Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) se refere ao ato de acolher com escuta ativa e determinar a prioridade de atendimento do paciente em situação de urgência/emergência. Para isso, o enfermeiro utiliza o Protocolo de Acolhimento com Classificação de Risco em Pediatria como instrumento que classifica o paciente em cinco prioridades de atendimento utilizando cores (vermelho, laranja, amarelo, verde e azul). Objetivou-se validar a 2ª Edição do protocolo de ACCR em Pediatria na prática clínica de urgência/emergência. Estudo metodológico, realizado em hospital pediátrico na cidade de Fortaleza-CE-Brasil. Desenvolvido em quatro etapas: 1) curso de capacitação para a elaboração da 1ª versão da 2ª edição do Protocolo de ACCR em Pediatria; 2) validação de conteúdo e aparência por juízes especialistas sobre a 2ª edição do protocolo; 3) confiabilidade interobservadores de dois enfermeiros classificadores interobservadores treinados (ECIT) e a pesquisadora e de dois enfermeiros classificadores interobservadores não treinados (ECINT) e a pesquisadora os quais, cada um, avaliaram 100 crianças e/ou adolescentes em diferentes momentos, totalizando 400 classificações; e 4) aplicação e validação na prática clínica do protocolo, realizada pela pesquisadora com 200 crianças e/ou adolescentes. Os dados foram analisados no SPSS-21, utilizando-se o Coeficiente Kappa com intervalo de confiança (IC) de 95% e a Razão de Chance. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob Parecer nº 1.282.924. Os resultados apontaram: uma concordância de mais de 80% entre os juízes especialistas quanto simplicidade, clareza, relevância do conteúdo, aparência e aplicabilidade técnica da 2ª Edição do Protocolo. Na etapa de confiabilidade interobservadores, verificou-se: predomínio de 80,0% de pacientes classificados como menor urgência (verde–50,7%) e não urgente (azul–29,3%); revelou uma substancial a excelente concordância entre os enfermeiros e a pesquisadora com um Kappa entre 0,62 e 1,0. Quanto ao ECIT-2 e a pesquisadora obteve-se excelente concordância (Kappa 1,0); excelente concordância entre o ECINT-2 e a pesquisadora (Kappa 0,887) e entre o ECIT-1 e a pesquisadora (Kappa 0,725) e, também, uma substancial concordância entre o ECINT-1 e a pesquisadora (Kappa 0,619). Na etapa de aplicação evidenciou-se maior frequência de alterações dos sinais vitais (24,5%) e alterações respiratórias (20,5%) como discriminadores clínicos; a maioria (57,5%) dos pacientes foi avaliada como sem dor e 45,0% classificados como azul. O tempo médio para a classificação foi de 1,5 minuto e para o atendimento médico foi 35,7 minutos, o que corresponde adequação ao perfil da população atendida. Concluiu-se que o Protocolo de ACCR em Pediatria é uma tecnologia em saúde que apresentou confiabilidade interobservadores de enfermeiros classificadores treinados e não treinados em conjunto com a pesquisadora e que é válido na prática clínica, de modo a direcionar o enfermeiro na classificação de risco em situações de urgência/emergência pediátrica.
Abstract: The Host with Risk Rating (HRR) refers to the act of receiving with active listening and determine the patient care priority in urgency/emergency. For this, the nurse uses the Host Agreement with Risk Rating in Pediatrics as an instrument that classifies patients into five priority service using colors (red, orange, yellow, green and blue). This study aimed to validate the 2rd Edition of the HRR protocol in Pediatrics in clinical practice urgent / emergency. Methodological study in pediatric hospital in the city of Fortaleza-CE-Brazil. Developed in four stages: 1) training course for the preparation of the 1st version of the 2nd edition of the HRR in Pediatrics; 2) validation of content and appearance by expert judges on the 3rd edition of the Protocol; 3) interrater reliability of two classifiers interobserver trained nurses (CITN) and the researcher and two nurses classifiers interobserver untrained (CINTN) and the researcher who, each evaluated 100 children and / or adolescents at different times, totaling 400 ratings; and 4) application and validation in clinical practice protocol, conducted by researcher with 200 children and/or adolescents. The data analyzed using SPSS-21, using the Kappa coefficient with a confidence interval (CI) of 95% and the ratio of Chance. Study approved by the Research Ethics Committee under Opinion No. 1,282,924. The results showed: a concordance of over 80% among expert judges as simplicity, clarity, relevance of content, appearance and technical applicability of the 2nd Protocol Edition. In the inter-rater reliability of stage, it was found: prevalence of 80.0% of patients classified as less urgent (green 50.7%) and non-urgent (blue 29.3%); It revealed a substantial excellent agreement between the nurses and the researcher with a Kappa between 0.62 and 1.0. As for ECIT-2 and the researcher gave excellent agreement (kappa 1.0); excellent agreement between ECINT-2 and the researcher (Kappa 0.887) and between ECIT-1 and the researcher (Kappa 0.725) and also a substantial agreement between the ECINT-1 and the researcher (Kappa 0.619). As the odds ratio was found that clinical discriminators identified in the study have a higher chance of being classified as less urgent (green) or not urgent (blue). In the application stage showed higher frequency of changes in vital signs (24.5%) and respiratory disorders (20.5%) and clinical discriminators, the majority (57.5%) patients were assessed as pain and without 45.0 % classified as blue. The average time for the rating was 1.5 minutes and medical care was 35.7 minutes, corresponding adjustment to the profile of the population served. It was concluded that the HRR Protocol in Pediatrics is a health technology that presented interrater reliability of trained classifiers nurses not trained together with the researcher and that is valid in clinical practice in order to direct the nurse in the risk classification in situations urgent / pediatric emergency.
Descrição: MAGALHÃES, F. J. Validação na prática clínica do protocolo de acolhimento com classificação de risco em pediatria. 2016. 203 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22203
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_fjmagalhaes.pdf6,8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.