Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2221
Título: Efeitos da hipovolemia aguda leve no esvaziamento gástrico e na distribuição intra-gástrica de líquidos em humanos sadios
Título em inglês: Effects of acute mild hypovolemia in gastric emptying and intragastric distribution of liquid meal in healthy humans
Autor(es): Freire, Caio Cesar Furtado
Orientador(es): Santos , Armenio Aguiar dos
Palavras-chave: Motilidade Gastrointestinal
Volume Sanguíneo
Hipovolemia
Data do documento: 2008
Citação: FREIRE, C. C. F. (2008)
Resumo: Estudos preliminares mostraram que a hipovolemia aguda leve reduz o tônus e aumenta a complacência gástrica em humanos sadios. (Macedo et. al, Neurogastroenterol Mot, 2005). Objetivos: Assim, propomos investigar se, apesar de causar uma hipovolemia leve, a doação sanguínea seria capaz de retardar o EG e modificar a distribuição intra-gástrica de uma refeição teste líquida em voluntários sadios. Métodos: Estudamos 14 voluntários homens sadios (medianas de idade = 23 anos e de índice massa corporal = 24,1 kg/m2). Após 8 a 10 horas de jejum, mediante sorteio os indivíduos foram submetidos a estudos pareados em diferentes momentos (intervalo de 7 a 21 dias). Após inicio da aferição da pressão arterial e freqüência cardíaca, os indivíduos foram submetidos à punção venosa, seguida (condição experimental) de sangria padrão (aproximadamente 450-ml de sangue) ou não (condição controle). A seguir, houve a ingestão da refeição teste (500-ml de solução de glicose a 5% marcado com 37MBq de Tecnécio-fitato - 99mTc). Imagens seriadas da área gástrica em projeções anterior e posterior foram obtidas por uma gama-câmara durante 60 minutos. Após a definição das regiões de interesse do estômago proximal, distal e total, as curvas de atividade por tempo foram derivadas de médias geométricas de contagens das regiões anteriores e posteriores. A análise estatística foi realizada pelo teste “t” pareado Resultados: Os resultados de parâmetros hemodinâmicos não mostraram diferença estatística entre a condição controle e sangrado. Em comparação com os respectivos valores de controle, a hipovolemia aumentou significativamente a retenção refeição teste no estômago desde 20 minutos (69.8 ± 2.9 vs 62.3 ± 2.3%) até 60 minutos (35.1 ± 2.1% vs 28.2 ± 2.9%) depois da refeição (P<0,05). Na condição sangrado, o valor de t1/2 (39,1 ± 3,5 minutos) foi significativamente maior (P < 0,05) em relação à condição controle (30,8 ± 2,6 minutos) (P<0,05). Em comparação com os respectivos valores de controle, a hipovolemia aumentou a retenção da refeição teste no estômago proximal desde 25 minutos (38,6 ± 2,4% vs 31,2 ± 2,2%; P<0,05) até 60 minutos (18,6 ± 1,2% vs 12,3 ± 1,9%); após a ingestão da refeição (P<0,05). Não houve diferença significativa de contagem no segmento distal entre as condições. Conclusão: Apesar de hipovolemia leve, doação de sangue retarda o esvaziamento gástrico total e aumenta retenção gástrica proximal de refeição líquida em voluntários saudáveis.
Abstract: Preliminary researches have shown that acute mild hypovolemia reduces tonus and increases gastric compliance in healthy humans. (Macedo et. al, Neurogastroenterol Mot, 2005). Aims: Then we purposed to investigate if, despite a mild hypovolemia, blood donation was able to delay gastric emptying and modify intragastric distribution of a liquid test meal in healthy volunteers. Methods: We studied 14 healthy men volunteers (median age 23 years and body mass index 24.1 kg/m2). After an overnight fast (8-10h), volunteers underwent randomized and paired studies on separate moments (7 to 21 days). After beginning of mean blood pressure and heart rate monitoration, they were submitted to venous punction followed (experimental condition) to a standard blood letting (up to 450-mL) or not (control condition). Next, they ingested 500-mL of the test meal (5% glucose solution labelled with 37MBq of Tecnecium - 99mTc). Serial images of the gastric area in anterior and posterior projections were taken by a gamma camera throughout 60 minutes. After definition of regions of interest for proximal, distal, and total stomach, the activity time curves were derived from geometric means of anterior and posterior counts. Statistical analysis was performed by paired “t” test. Results: There is no significant difference of hemodynamic parameters between experimental and control conditions. In comparison with the respective control values, hypovolemia increased significantly the total stomach retention since 20 min (69.8 ± 2.9 vs 62.3 ± 2.3%) until 60 min (35.1 ± 2.1% vs 28.2 ± 2.9%) after intake meal (P<0,05). The t1/2 values obtained after bleeding (39.1±3.5min) were greater than those in control (30.8±2.6min) (P<0,05). In comparison with the respective control values, hypovolemia increased significantly the proximal stomach retention since 25 min (38.6±2.4 vs 31.2±2.2 %), until 60 min (18.6±1.2 vs 12.3±1.9%) after intake meal (P<0.05). There is no significant difference in distal stomach retention between both conditions. Conclusions: Besides mild hypovolemia, blood donation delays total gastric emptying and increases proximal gastric retention of a liquid meal in healthy volunteers.
Descrição: FREIRE, Caio César Furtado. Efeitos da hipovolemia aguda leve no esvaziamento gástrico e na distribuição intra-gástrica de líquidos em humanos sadios. 2008. 119 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2221
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_ccffreire.pdf505,03 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.