Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22223
Título: O pós-moderno em questão: a sociedade dos media e a crítica contemporânea
Autor(es): Maia, Antonio Glaudenir Brasil
Palavras-chave: Pós-modernidade
Sociedade dos media
Comunicação
Emancipação
Cultura
Data do documento: 2014
Editor: Revista Dialectus
Citação: Maia, A. G. B. (2014)
Resumo: A problemática “O Pós-moderno em questão: a sociedade dos media e a crítica contemporânea” suscita a reflexão sobre a comunicação na experiência do presente, considerado pressuposto basilar para se compreender a sociedade pós-moderna como a sociedade dos media. O referencial teórico-filosófico centra-se nas postulações do filósofo italiano Gianni Vattimo e a postura de alguns pensadores como Jamenson e Eagleton, nominados no quadro da crítica contemporânea ao pós-moderno. Alguns acontecimentos e mudanças, apontadas por Vattimo, evidenciam o caráter emancipativo assumido na pós-modernidade a partir da atuação dos mass media, a saber: a) a libertação e o reconhecimento das culturas particulares, rompendo assim com o eurocentrismo; b) o próprio surgimento da diversidade de visões de mundo, com suas propriedades e dialetos. Os media promovem assim um novo sentido cultural para a pós-modernidade, configurado pela presença de culturas particulares, com seus dialetos próprios. Entretanto, para a crítica contemporânea a pós-modernidade não significa nenhuma novidade, apenas representa os interesses do poder econômico da sociedade atual: seja o pós-moderno a lógica cultural do capital de Jameson, seja o mundo dos negócios de Eagleton. Encontramo-nos diante de posições distintas: uma de cunho estritamente filosófica e uma de tonalidade econômico-político-social? Isso define a trajetória parcial de nossa reflexão nesse artigo.
Abstract: The problem related to "The postmodern concern: media-centered society and contemporary criticism" raises the reflection about the experience of communication at present, which is considered a fundamental assumption to understand the post-modern society as a media-centered society. The theoretical-philosophical framework focuses on the considerations of the Italian philosopher Gianni Vattimo and the position of thinkers such as Jameson and Eagleton, regarded as contemporary critics of postmodernism. Some events and changes, highlighted by Vattimo, point to the emancipatory character of the performance of mass media in post-modernity, namely: a) freedom and acknowledgement of particular cultures, thus breaking down Eurocentrism; b) the emergence of worldview diversity followed by specific properties and dialects. Thus, the media promote a new cultural meaning in post-modernity, influenced by the presence of particular cultures and their own dialects. However, post-modernity is not a novelty for contemporary criticism; it only represents the interests of the economic power holders of the present society: whether post-modernism is the cultural logic of late capitalism of Jameson or the world of business of Eagleton. Are we facing two distinct positions, namely, a strictly philosophical one and an economic-social-political one? This partially presents what shall be discussed in the article.
Descrição: MAIA, Antonio Glaudenir Brasil. O pós-moderno em questão: a sociedade dos media e a crítica contemporânea. Revista Dialectus, Fortaleza, ano 2, n. 5, p. 1-11, ago./dez. 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22223
ISSN: 2317-2010
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_agbmaia.pdf460,73 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.