Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22227
Título: Negatividade e positividade da política em Marx: a partir das glosas críticas marginais
Título em inglês: Negativity and positivity of the politics in Marx: from the glosas críticas marginais
Autor(es): Mata, Vilson Aparecido da
Palavras-chave: Marxismo
Política
Estado
Revolução
Data do documento: 2014
Citação: Mata, V. A. (2014)
Resumo: A partir da análise imanente ao texto: Glosas Críticas Marginais ao Artigo “O Rei da Prússia e a Reforma Social”. De um Prussiano, este artigo pretende contribuir para a discussão a respeito da política e do Estado em Marx. Entendida em seu duplo caráter (negatividade e positividade) a política democrático burguesa é analisada, pelo autor alemão, como expressão da sociedade civil moderna, na qual particularidade individual e universalidade social estão cindidas. Para Marx, o Estado não é anterior à sociedade, mas o contrário e, neste pormenor, o texto marca o rompimento do autor alemão com os hegelianos de esquerda. Marx deixa claro que o Estado capitalista é a expressão de uma sociedade em que a desigualdade e as misérias sociais não podem ser superadas, senão na superação do próprio Estado. Neste texto de juventude de Marx encontram-se, já, os conceitos marxianos de alienação, emancipação, revolução e comunismo.
Abstract: From the analysis of the immanent to the text: Glosas Críticas Marginais ao Artigo “O Rei da Prússia e a Reforma Social”. De um Prussiano, this article intends to contribute to the discussion concerning the politics and the State in Marx. Understood in its double character (negativity and positivity) the bourgeois democratic politics is analyzed, by the German author, as an expression of the modern civil society, in which the individual particularity and social universality are divided. To Marx, the State is not prior to society, in truth it is the contrary and, in detail, the text highlights the breach of the German author with the Hegelian of the left. Marx makes it clear that the capitalist State is the expression of a society in which the inequality and the social miseries cannot be overcome, save for the overcoming of the State itself. In this text of Marx youth are already found the Marxist concepts of alienation, emancipation, revolution and communism.
Descrição: MATA, Vilson Aparecido da. Negatividade e positividade da política em Marx: a partir das glosas críticas marginais. Revista Dialectus, Fortaleza, ano 2, n. 5, p. 80-96, ago./dez. 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22227
ISSN: 2317-2010
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_vamata.pdf494,58 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.