Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22346
Título: A montanha que devemos conquistar: reflexões acerca do Estado
Autor(es): Gonçalves, Maurício
Palavras-chave: Estado
Teoria social marxista
István Mészáros
Data do documento: 2015
Editor: Revista Dialectus
Citação: Gonçalves, M. (2015)
Resumo: A relação do Estado capitalista moderno (o seu lugar e importância) na teoria social marxista foi entendida na maior parte do século 20, mas com repercussões ainda nos dias de hoje, fundamentalmente através de duas grandes linhas interpretativas: ora como um órgão de classe burguês essencialmente iníquo e funcional à manutenção da ordem social, ora como uma estrutura política tendo sua natureza definida pela correlação de forças entre as diferentes classes. Na primeira concepção, a luta por uma transformação social estrutural deve pautar-se pela derrubada do poder político da burguesia, pela instauração de um Estado dos trabalhadores e por sua posterior auto-dissolução e fenecimento. Na segunda, trata-se de obter a hegemonia social (muitas vezes entendida através de uma leitura vulgar e superficial de Gramsci) – quase como sinônimo de uma correlação de forças favorável – para através da ocupação de lugares e postos importantes no interior do Estado (burguês) moderno realizar transformações sociais substantivas, alterando também a natureza (cambiante) da estrutura política de dominação de classe. Todavia, para além das diferenças entre as duas concepções, havia (e há) pelo menos dois importantes elementos comuns em ambas: o Estado moderno localiza-se na “superestrutura” da sociedade capitalista e a mudança social estrutural processa-se da política – através do Estado – para a esfera da economia.
Descrição: GONÇALVES, Maurício. A montanha que devemos conquistar: reflexões acerca do Estado. Revista Dialectus, Fortaleza, ano 2, n. 7, p. 68-72, set./dez. 2015. Resenha de: MÉSZÁROS, István. A montanha que devemos conquistar: reflexões acerca do Estado. São Paulo: Boitempo Editorial, 2015, 192p.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22346
ISSN: 2317-2010
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_mgonçalves.pdf417,87 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.