Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2236
Título: Havia um CAPS no meio do caminho: adoecimento mental, narrativa e produção de sentido
Título em inglês: There was a halfway CAPS: mental illness, narrative and meaning production
Autor(es): VALENTIM, Farley Janusio Rebouças
Orientador(es): GERMANO, Idilva Maria Pires
Palavras-chave: Narrativa
Biografia
Adoecimento Mental
Práticas Discursivas
Produção de Sentido
Narrative
Biography
Mental illness
Discursive practices
Production of meanings
Análise do discurso narrativo - Aspectos psicológicos
Doenças mentais
Psicologia - Métodos biográficos
Centros de Atenção Psicossocial
Data do documento: 2011
Editor: http://www.teses.ufc.br
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo investigar as formas de produção de sentido das quais dispõem os usuários de um Centro de Atenção Psicossocial – CAPS, abordando as narrativas autobiográficas produzidas por estes. O trabalho parte de duas premissas. Primeiro, que as narrativas autobiográficas são um meio de dar sentido à própria vida e são capazes de expressar nossas experiências, organizando-as em um discurso racional e ordenado. Segundo, que o surgimento de certas experiências dolorosas, como a emergência do transtorno mental e seus desdobramentos (diagnóstico e tratamento), podem constituir eventos-chave ou processos de relevância biográfica, uma vez que costumam atuar como fator de “desordem” importante, impelindo a pessoa a dar sentido a tais mudanças. Assim, desenvolve-se aqui um estudo ligado à narrativa, baseado na abordagem teórico-metodológica das práticas discursivas e produção de sentidos, e a uma perspectiva construcionista, que entende a realidade social como uma co-construção, histórica e culturalmente situada, que se dá por meio dos usos da linguagem efetuados pelos falantes enquanto interagem mutuamente. O surgimento do adoecimento mental, como fator de relevância biográfica, impele a pessoa a lidar com tal experiência, estimulando novas narrativas sobre si mesmo, cuja construção se dá por meio das interações e dos contextos sociais dos quais faz parte o narrador. No desenvolvimento da pesquisa, privilegiou-se a abordagem qualitativa, sendo realizadas duas entrevistas com usuários de um CAPS. Utilizou-se como modelo a Entrevista Narrativa, proposta por Schultz. As entrevistas foram transcritas e analisadas com vistas a entender as formas e os mecanismos utilizados pelos usuários para lidar com os efeitos do adoecimento em suas vidas e como constroem um sentido para este, negociando-o nos diversos contextos pelos quais transitam. Reconhecer as múltiplas possibilidades e influências que giram em torno da produção de sentido na construção das narrativas autobiográficas de usuários do CAPS é uma forma de refletir sobre as práticas vigentes de atendimento, repensando as noções e conceitos que as embasam. Desta forma, além do status de produção acadêmica, esta dissertação espera fomentar a formulação de novas maneiras de entender e agir frente ao portador de transtornos mentais, buscando abordar de maneira mais ampla as formas como este experiencia e lida com o surgimento dos sintomas, servindo de subsídio para a construção de outras pesquisas que mantenham acesos os questionamentos acerca do trabalho desenvolvido nos CAPS.
Abstract: This research aims to investigate ways through which users of a Psychosocial Care Center - CAPS make sense of their illness, addressing the biographical narratives produced by these. This work starts from two premises. First, the biographical narratives are a way to give meaning to their life and are able to express our experiences, organizing them in an orderly and rational discourse. Second, the emergence of certain painful experiences such as the emergence of mental disorders and their consequences (diagnosis and treatment) may be relevant biographical processes, since factors usually act as "disorder" important, compelling the person to give direction of such changes. Thus, it develops here a study on the narrative, based on theoretical and methodological approach of discursive practices and production of meanings, and a constructionist perspective, which sees social reality as a co-construction, historically and culturally located, which gives through the use of language made by speakers as they interact each other. The rise of mental illness as a factor relevant biographical impels the person to deal with such experience, stimulating new stories about himself, whose construction is through the interactions and social contexts which is part of the narrator. The development of research, we focused on the qualitative approach, with two interviews with users of a CAPS. It was used as a model Interview Narrative, proposed by Schultz. The interviews were transcribed and analyzed in order to understand the forms and mechanisms used by users to deal with the effects of illness on their lives and build a sense for this, trading it in various contexts in which they travel. Recognize the multiple possibilities and influences that revolve around the production of meaning in the construction of biographical narratives of CAPS users is a way to reflect on current practices of care, rethinking the notions and concepts that underlie them. Thus, beyond the status of academic production, this paper hopes to foster the development of new ways to understand and act against those who are suffering from mental disorders, seeking to address more broadly the ways in which this experience and deals with the onset of symptoms serving as a subsidy for the construction of further research to keep alive the questions about the work done in CAPS.
Descrição: VALENTIM , Farley Janusio Rebouças. Havia um CAPS no meio do caminho: adoecimento mental, narrativa e produção de sentido. 2011. 143 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2236
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_FJRValentim.pdf762,7 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.