Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22416
Título: A metamorfose da questão do imperialismo nas configurações contemporâneas do Sistema do Capital
Autor(es): Melo, Aquiles Chaves de
Orientador(es): Carvalho, Alba Maria Pinho de
Palavras-chave: Imperialismo
Economia Política
Capitalismo Financeiro
Political Economy
Data do documento: 2011
Citação: Melo, A. C.; Carvalho, A. M. P. (2011)
Resumo: Alguns autores apontam o sumiço do termo “imperialismo” dos debates políticos contemporâneos. Este conceito retorna à cena principalmente com a entrada americana na Guerra do Iraque e a luta proclamada por Bush contra o terrorismo. No entanto seu significado não mais guardaria relação com as bases econômicas da estrutura social, sendo agora utilizado na sua concepção do século XIX, onde era visto como uma grande missão civilizadora. Prova disso é a publicação da obra Império, de Negri e Hardt, onde seus autores apontam que o imperialismo acabara e que o mundo hoje seria dominado por uma nova forma denominada Império. O que percebemos é que as diversas tentativas de extinguir o conceito de imperialismo não se mostraram fecundas para a interpretação da realidade dinâmica do capitalismo atual. Para nós o imperialismo é algo imanente ao capitalismo e a compreensão da moderna lógica de desenvolvimento do capital perpassa pelo entendimento dos diversos mecanismos imperialistas utilizados pelos países centrais de se apropriar da riqueza dos países periféricos garantindo assim a manutenção tanto de sua posição de hegemon quanto o próprio processo de reprodução da ordem sócio- metabólica do capital. Nossa hipótese é que a manutenção hodierna do sistema monetário internacional, sob a forma do padrão dólar flexível, cria um ambiente extremamente propício para a reprodução do capital por parte da nação hegemônica, no caso os Estados Unidos, através da apropriação das riquezas dos países periféricos, tornando -se esse o cerne da natureza imperialista contemporânea
Abstract: Some authors note the disappearance of the term "imperialism" of contemporary political debates. This concept returns to the scene especially with the American entry into the Iraq war and Bush proclaimed fight against terrorism. However its meaning no longer holds any relationship to the economic basis of social structure, now being used in their conception of the nineteenth century, where it was seen as a great civilizing mission. What we perceive is that the various attempts to extinguish the concept of i mperialism were not fruitful for the interpretation of the dynamic reality of contemporary capitalism. Our hypothesis is that the maintenance of the international monetary system today, in the form of the floating dollar standard, creates an environment hi ghly conducive to the reproduction of capital by the hegemonic nation, where the United States, through the appropriation of the wealth of the peripheral countries , becoming the core of the contemporary imperialist nature.
Descrição: MELO, Aquiles Chaves de. A metamorfose da questão do imperialismo nas configurações contemporâneas do Sistema do Capital. 2011. 56f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Sociologia, Fortaleza (CE), 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22416
Aparece nas coleções:PPGS - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_acmelo.pdf973,24 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.