Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22440
Título: Equações de predição para energia metabolizável da soja semi-integral extrusada para frangos de corte em diferentes idades
Título em inglês: Prediction equations for metabolizable energy of the extruded semi-whole soybeans for broilers in different ages
Autor(es): Meireles, Amanda Cecília de Sousa
Orientador(es): Freitas, Ednardo Rodrigues
Palavras-chave: Equações de predição
Valores energéticos dos alimentos
Frangos de corte
Data do documento: 2016
Citação: MEIRELES, A. C. de S. (2016)
Resumo: Objetivou-se com esta pesquisa determinar a composição química e os valores energéticos da soja semi-integral extrusada para frangos de corte em diferentes idades, elaborar equações de predição para estimar os valores de energia metabolizável aparente corrigida (EMAn) deste alimento e avaliar o uso dessas equações na formulação de ração para frangos de corte. Foram conduzidos dois experimentos. No primeiro, foram realizados três ensaios de metabolismo, usando o método tradicional de coleta total de excretas, para determinar os valores energéticos do farelo de soja, da soja integral extrusada e da soja semi-integral extrusada com quatro níveis de extrato etéreo (12,2; 13,8; 17,7 e 18,8%). Análises laboratoriais foram realizadas para a determinação da composição química dos alimentos testados, que foi utilizada para a elaboração das equações de predição da EMAn. Os tratamentos consistiram dos seis alimentos e uma ração referência. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com sete tratamentos e seis repetições. No primeiro ensaio foram utilizados 336 pintos machos de 8 a 15 dias de idade, com oito aves por repetição. No segundo ensaio foram utilizados 252 frangos machos de 21 a 28 dias de idade, com seis aves por repetição. No terceiro ensaio foram utilizados 168 frangos machos de 35 a 42 dias de idade, com quatro aves por repetição. Os valores de EMAn, em kcal/kg com base na matéria seca, determinados com frangos de 8 a 15, 21 a 28 e 35 a 42 dias de idade foram, respectivamente: 2.557, 2.588 e 2.653 para o farelo de soja; 3.757, 3.808 e 3.895 para a soja integral extrusada; 3.295, 3.301 e 3.425 para a soja semi-integral extrusada com 12,2% de extrato etéreo; 3.444, 3.452 e 3.584 para a soja semi-integral extrusada com 13,8% de extrato etéreo; 3.528, 3.540 e 3.729 para a soja semi-integral extrusada com 17,7% de extrato etéreo; e 3.650, 3.660 e 3.849 para a soja semi-integral extrusada com 18,8% de extrato etéreo. Após determinados os valores de EMAn e a composição dos alimentos, foram obtidas equações de predição, para cada idade das aves, utilizando-se o procedimento Stepwise. Para todas as idades estudadas, a equação de predição comum foi a que continha apenas o teor de extrato etéreo dos alimentos como preditor da EMAn, sendo elas: EMAn - 8 a 15 dias de idade - (kcal/kg de MS) = 2.459 +63,62 EE; EMAn - 21 a 28 dias de idade - (kcal/kg de MS) = 2.476 +63,82 EE; e EMAn - 35 a 42 dias de idade - (kcal/kg de MS) = 2.545 +68,15 EE. No segundo experimento, foi realizado um ensaio de desempenho para avaliar o uso das equações de predição para estimar os valores de EMAn na formulação de rações. Foram distribuídos 390 pintos machos de um dia em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e seis repetições de 13 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram em: T1= ração formulada com os valores de EMAn (kcal/kg de MN) do milho e óleo e farelo de soja tabelados; T2= ração formulada com os valores de EMAn (kcal/kg de MN) do milho tabelado e do farelo de soja e da soja semi-integral extrusada preditos nas diferentes idades; T3= ração formulada com os valores de EMAn (kcal/kg de MN) do milho tabelado e da soja semi-integral extrusada preditos nas diferentes idades; T4= ração formulada com os valores de EMAn (kcal/kg de MN) do milho tabelado e do farelo de soja e da soja integral extrusada preditos nas diferentes idades; T5= ração formulada com os valores de EMAn (kcal/kg de MN) do milho tabelado e da soja integral extrusada preditos nas diferentes idades. Os tratamentos não influenciaram significativamente o consumo de ração e as características de carcaça dos frangos. Entretanto, houve diferença significativa para o ganho de peso e conversão alimentar, sendo as diferenças observadas, apenas, entre as aves alimentadas com os valores de EMAn tabelados e as alimentadas com os valores preditos contendo soja integral extrusada, que apresentaram melhores resultados. Conclui-se que as equações obtidas podem ser utilizadas para estimar o valor de EMAn da soja semi-integral extrusada em função do seu nível de gordura.
Abstract: The aim of this research was to determine the chemical composition and the energy values of the extruded semi-whole soybeans for broilers in different ages, elaborate prediction equations for estimating values of corrected apparent metabolizable energy (AMEn) of this feedstuff and evaluate the use of these equations on the feed formulation for broilers. Two experiments were conducted. In the first, three assays of metabolism were carried out using the traditional method of total excreta collection, to determine the energy values of soybean meal, extruded whole soybean and extruded semi-whole soybeans with four ethereal extract levels (12.2, 13.8, 17.7 and 18.8%). Laboratory tests were conducted to determine the chemical composition of the foods tested, which was utilized to prepare the prediction equations AMEn. The treatments consisted of the six feedstuffs and one reference ration. The birds were distributed on completely randomized experimental design, with seven treatments and six repetitions. In the first assay, it was used 336 broiler chicks males from 8 to 15 days of age, with eight animals by repetition. In the second assay, 252 broiler chicks males from 21 to 28 days of age were used, with six animals by repetition. In the third assay 168 broiler chicks males from 35 to 42 days of age were used, with four animals by repetition. The AMEn values (kcal/kg) based on the dry matter, determined with broiler chicks from 8 to 15, 21 to 28, 35 to 42 days of age were, respectively: 2,557, 2,588 and 2,653 for soybean meal; 3,757, 3,808 and 3,895 for extruded whole soybean; 3,295, 3,301 and 3,425 for extruded semi-whole soybeans 12.2% of ethereal extract; 3,444, 3,452 and 3,584 to extruded semi-whole soybeans 13.8% of ethereal extract; 3,528, 3,540 and 3,729 for extruded semi-whole soybeans 17.7% of ethereal extract; and, 3,660 3,650, and 3,849 for extruded semi-whole soybeans 18.8% of ethereal extract. After certain the AMEn values and composition of feedstuffs, prediction equations were obtained for each age of the birds, using the Stepwise procedure. For all ages studied, the common prediction equation was that which contained only the ethereal extract content of feedstuffs as a predictor of AMEn, which are: AMEn - 8 to 15 days of age - (Kcal/kg DM) = 2.459 +63,62 EE; AMEn - 21 to 28 days of age - (Kcal/kg DM) = 2.476 +63,82 EE; and AMEn - 35 to 42 days of age - (Kcal/kg DM) = 2.545 +68,15 EE. In the second experiment, we conducted a performance assay to evaluate the use of prediction equations for estimating the values of AMEn in formulating diets. 390 male day-old chicks were distributed in completely randomized design, with five treatments and six replications of 13 birds per experimental unit. The treatments consisted in: T1 = diet formulated with AMEn values (kcal/kg of NM) corn oil and soybean meal tabulated; T2 = diet formulated with AMEn values (kcal/kg of NM) tabulated corn and soybean meal and extruded semi-whole soybeans predicted at different ages; T3 = diet formulated with AMEn values (kcal/kg of NM) tabulated corn and extruded semi-whole soybeans predicted at different ages; T4 = diet formulated with AMEn (kcal/kg of NM) tabulated corn and soybean meal and extruded whole soybean predicted at different ages; T5 = diet formulated with AMEn (kcal/kg of NM) tabulated corn and extruded whole soybean predicted at different ages. The treatments did not affect significantly feed intake and chicken carcass characteristics. However, there was significant difference in weight gain and feed conversion, being these differences observed only between the birds fed with the tabulated AMEn values and that ones which were fed with the predicted values containing extruded whole soybeans, which showed better results. We conclude that the equations obtained can be used to estimate the AMEn value of extruded semi-whole soybeans depending on their level of fat.
Descrição: MEIRELES, Amanda Cecília de Sousa. Equações de predição para energia metabolizável da soja semi-integral extrusada para frangos de corte em diferentes idades. 2016. 65f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22440
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_amsmeireles.pdf5,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.