Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22542
Título: Distribuição espacial da violência sexual contra crianças e adolescentes em estados brasileiros e municípios cearenses
Título em inglês: Space distribution of sexual violence against children and adolescents in brazilian states and cearenses municipalities
Autor(es): Marques, Livia de Andrade
Orientador(es): Bezerra Filho, José Gomes
Palavras-chave: Violência Sexual
Abuso Sexual na Infância
Defesa da Criança e do Adolescente
Distribuição Espacial da População
Adolescente
Assistência Integral à Saúde
Data do documento: 29-Ago-2016
Citação: MARQUES, L. A. BEZERRA FILHO, J. G. (2016)
Resumo: Objetiva-se investigar os Estados Brasileiros e os Municípios Cearenses de maior risco para violência sexual contra crianças e adolescentes. Para tanto, será realizado um estudo descritivo, observacional, analítico do tipo ecológico, com base em dados secundários de 2014 (retrospectivo) sobre a taxa de violência sexual no Brasil e as taxas de abuso e exploração sexual dos municípios cearenses, relacionando com indicadores sociais. Parte dos dados foram obtidos através dos registros de violência sexual do disque denúncia 100 - SDH. Na análise, a tabulação foi por meio do programa Excel e os dados processados por meio do software STATA, versão 13.0 e Arcgis, versão 10. De acordo com os dados obtidos, foi possível identificar que entre os adolescentes em situação de violência sexual observou-se predomínio do sexo feminino no Brasil (21281 / 68,2%) e no Estado do Ceará (807 / 68,6%). A faixa etária de 12 a 14 anos no Brasil (9282 / 29,7%) e no Ceará (340 / 28,9%), já a raça/cor foi não informado como a maioria no Brasil (12538 /40,2%) e no Ceará (446 /37,9%) seguido por parda (8892 / 28,5%) Brasil e Ceará 376 (376 / 31,9%). Os dados referentes ao local da violação, evidenciam a casa da vítima como o local onde foi mais frequente a ocorrência da violência sexual no Brasil (9352 / 38,6) e no Ceará (371 / 38,9%). Ao analisarmos a distribuição espacial no Brasil, verificamos uma variação no perfil de desenvolvimento socioeconômico tanto nos Estados com maiores, como nos que possuem menores taxas, evidenciando a ocorrência da violência sexual muitas vezes em Estados que possuem um bom desenvolvimento nessa perspectiva. O que sugere a ideia de que não é a pobreza que está relacionada com a violência, mas as desigualdades sociais. Assim como os Estados Brasileiros, no Estado do Ceará apesar de um aparente bom desenvolvimento econômico de modo geral, também existe a má-distribuição de renda nos municípios Cearenses, além disso, apresentam correlações de indicadores sobre vulnerabilidades, saúde, dados demográficos, educação, desenvolvimento humano e trabalho com a exploração sexual. Essas evidências requerem atenção para políticas e intervenções que melhorem a distribuição de renda e igualdade social, atividades direcionadas aos adolescentes e jovens visando reduzir à vulnerabilidade. Além disso, foi identificado uma relação entre conhecimento, poder e violência. Que refere a necessidade abordar com a sociedade em geral juntamente com a educação, a formação de valores éticos e de cidadania, desconstrução da cultura androcêntrica e discussões de gênero.
Abstract: The objective is to investigate the Brazilian states and municipalities of greater risk for sexual violence against children and adolescents. To this end, a descriptive, observational, analytical ecological study will be carried out based on secondary data from 2014 (retrospective) on the rate of sexual violence in Brazil and the rates of abuse and sexual exploitation of the municipalities of Ceará, relating to social indicators . Part of the data was obtained through the records of sexual violence of denunciation 100 - SDH. In the analysis, the tabulation was through the Excel program and the data processed through the software STATA, version 13.0 and Arcgis, version 10. According to the data obtained, it was possible to identify that among adolescents in situations of sexual violence, (21281 / 68.2%) and in the State of Ceará (807 / 68.6%). The age range of 12 to 14 years in Brazil (9282 / 29.7%) and in Ceará (340 / 28.9%), the race / color was not reported as the majority in Brazil (12538 / 40.2% ) And in Ceará (446 / 37.9%) followed by brown (8892 / 28.5%) Brazil and Ceará 376 (376 / 31.9%). The data on the place of the rape show the victim's home as the place where sexual violence occurred in Brazil (9352 / 38.6) and Ceará (371 / 38.9%). When analyzing the spatial distribution in Brazil, we found a variation in the profile of socioeconomic development in both the states with the highest and those with the lowest rates, evidencing the occurrence of sexual violence often in states that have a good development in this perspective. This suggests the idea that it is not poverty that is related to violence, but social inequalities. As in the case of the Brazilian states, in the State of Ceará, despite an apparent good economic development in general, there is also a lack of income distribution in the municipalities of Ceará, in addition, they present correlations of indicators on vulnerabilities, health, demographic data, Development and work with sexual exploitation. These evidences require attention to policies and interventions that improve income distribution and social equality, activities aimed at adolescents and young people aimed at reducing vulnerability. In addition, a relationship between knowledge, power and violence was identified. Which refers to the need to approach with society in general along with education, the formation of ethical values ​​and citizenship, deconstruction of androcentric culture and gender discussions.
Descrição: MARQUES, L. A. Distribuição espacial da violência sexual contra crianças e adolescentes em estados brasileiros e municípios cearenses. 2016. 129 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22542
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_lamarques.pdf2,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.