Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22572
Título: O papel dos aquários públicos no antropoceno: uma avaliação da "estratégia global dos aquários para conservação e sustentabilidade"
Autor(es): Holanda, Priscila Carvalho
Orientador(es): Furtado Neto, Manuel Antônio de Andrade
Coorientador(es): Cabral, Nájila Rejanne Alencar Julião
Palavras-chave: Aquários Públicos
Educação ambiental
Conservação da natureza
Sustentabilidade
Ecossistema
Data do documento: 2016
Citação: HOLANDA, P. C. (2016)
Resumo: A presente tese faz uma análise do papel dos aquários públicos na formação da consciência ecológica para as questões ambientais do Antropoceno. Durante o último século, uma aceleração nas formas de produção e consumo da humanidade estão causando interferência em processos críticos para o funcionamento básico do sistema Terra. Já foram ultrapassados quatro dos nove limites planetários. Dois deles, mudanças climáticas e integridade da biosfera, são fronteiras fundamentais, que quando excedidas, podem ocasionar a perda da estabilidade e resiliência natural dos ecossistemas. Neste contexto de intervenções antropogênicas que confrontam o equilíbrio dos sistemas naturais, os Aquários de visitação pública, juntamente com os Zoológicos, podem ter um papel chave na disseminação da necessária consciência ecológica para mitigação dos problemas ambientais em nível local e global. A Associação Mundial de Zoológicos e Aquários – WAZA publicou, entre 1993 e 2015, quatro manuais com estratégias de conservação e sustentabilidade, que vem guiando as instituições zoológicas em todo o mundo. Para saber como os aquários brasileiros estão atendendo as diretrizes da estratégia específicas para aquários, foram avaliados 10 aquários em diferentes regiões do País: 3 no Nordeste, nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Sergipe; e 7 no sudeste, localizados no estado de São Paulo, por meio de aplicações de questionários. Apesar de terem sido identificadas lacunas na adesão a alguns itens propostos no documento da WAZA, os aquários pesquisados demonstraram compromisso com o crescente e relevante papel conservacionista destas instituições no que se refere à educação ambiental, pesquisa, e conservação da biodiversidade. Os resultados permitiram formular uma proposta de um Programa de Educação Ambiental para o Acquario Ceará.
Abstract: The present thesis addresses the role of public aquariums in the building of environmental awareness in the Anthropocene. Over the past century, industrial production and consumption have escalated, interfering in critical ecological processes worldwide. Four of the nine planetary limits have already been exceeded. Two of these limits, climate change and biosphere integrity, are considered vital: overstepping them jeopardizes the natural stability and resilience of ecosystems. In an era when ecosystems are disrupted by anthropic activity, public aquariums and zoos can help build the awareness required to mitigate local and global environmental problems. The World Association of Zoos and Aquariums (WAZA) published four manuals between 1993 and 2015 containing strategies of conservation and sustainability which have since been adopted by aquariums and zoos worldwide. To evaluate to what extent Brazilian public aquariums adhere to WAZA guidelines, we studied a sample of 10 aquariums in different regions of the country: 3 in the Northeast (Rio Grande do Norte, Paraíba and Sergipe) and 7 in the Southeast (São Paulo), administering questionnaires to staff and managers. Adherence to WAZA guidelines was found to be partial but, overall, the aquariums in our sample displayed commitment to the increasingly relevant role of their institutions in environmental education, research and biodiversity conservation. Our results allowed us to design a proposal for an environmental education program for Acquario Ceará.
Descrição: HOLANDA, P. C. O papel dos aquários públicos no antropoceno: uma avaliação da 'estratégia global dos aquários para conservação e sustentabilidade'. 2016. 162 f. Tese (Doutorado em Ciências Marinhas Tropicias) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22572
Aparece nas coleções:LABOMAR - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_pcholanda.pdf6,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.