Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22585
Título: Conhecimento, atitude e prática de mulheres acerca de medidas de controle para o câncer de mama
Título em inglês: Knowledge, attitude and practice of women about control actions for cancer breast
Autor(es): Costa, Marinna Maria de Andrade
Orientador(es): Santos , Miria Conceição Lavinas
Palavras-chave: Enfermagem
Neoplasias da Mama
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Data do documento: 29-Jul-2016
Citação: COSTA, M. M. A. ; SANTOS, M. C. L. (2016)
Resumo: O câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. O enfermeiro assume papel essencial nas ações de controle do câncer de mama. Porém o sucesso do programa de controle do câncer de mama é diretamente dependente, entre outros fatores, da participação das usuárias, já que as mesmas devem comparecer às consultas ginecológicas, realizar os exames, participar de atividades educativas e colocar em prática os conhecimentos adquiridos. Tendo em vista a importância de estratégias para redução da mortalidade por câncer de mama e o papel das mulheres assistidas na atenção primária, o estudo teve como objetivo avaliar o conhecimento, atitude e prática das mulheres acerca de ações de controle para o câncer de mama. Trata-se de um estudo avaliativo, de corte transversal, com a utilização do Inquérito Conhecimento, Atitude e Prática (CAP). O estudo foi desenvolvido no município de Fortaleza-CE. Foram elencadas 43 Unidades de Atenção Primária à Saúde distribuídas entre as seis Secretarias Executivas Regionais. As usuárias que são acompanhadas pela ESF e que estão na faixa etária de risco para incidência do câncer de mama (> 20 anos), segundo o Ministério da Saúde, compuseram a amostra, que totalizou 387 mulheres. Os dados foram coletados a partir de uma entrevista utilizando dois instrumentos: o questionário adaptado de Oliveira (2014) e o questionário que corresponde ao Critério de Classificação Econômica Brasil da Associação Brasileira de Empresa de Pesquisa (ABEP). Os dados foram analisados com base na estatística analítica e apresentados através de tabelas e gráficos com frequências absolutas e relativas. Os resultados nos mostraram que 368 mulheres (94,8%) tiveram conhecimento adequado, porém 214 (55,1%) apresentaram atitude inadequada e 279 (71,9%) prática inadequada em relação aos métodos de detecção precoce do câncer de mama. Esses fatores foram influenciados pela idade e Secretária Regional Executiva (SER) em que as mulheres residiam. Esse conhecimento acerca das características da população, com identificação das lacunas no saber, dificuldades para a adesão aos exames e o comportamento cultural das mulheres subsidia as ações dos profissionais da saúde, guiando-lhes no desenvolvimento de técnicas e estratégias para mobilização da população para adoção e manutenção de um comportamento saudável que direcionem ao autocuidado e promoção da saúde.
Abstract: Breast cancer is the type of cancer that affects more women worldwide, accounting for 22% of new cases each year. The nurse takes vital role in breast cancer control actions. But the success of breast cancer control program is directly dependent on, among other factors, the participation of users, since they must attend gynecological consultations, conduct examinations, participate in educational activities and put into practice the knowledge acquired. Given the importance of strategies to reduce mortality from breast cancer and the role of women seen in primary care, the study aimed to assess the knowledge, attitude and practice of women about control actions for cancer breast. Treat It will be an evaluative study, cross-sectional survey using the Knowledge, Attitude and Practice (KAP). The study was developed in the city of Fortaleza-CE. hey were listed 43 units of Primary Health Care distributed among the six Regional Executive Secretariats. The users that are accompanied by the ESF and that are in the age of risk for incidence of breast cancer (> 20 years), according to the Ministry of Health, composed the sample, totaling 387 women. Data will be collected with from an interview using two instruments: the questionnaire adapted from Oliveira (2014) and the questionnaire that corresponds to the Economic Classification Criteria of Brazil Brazilian Association of Research Companies (ABEP).The data will be analyzed based on analytical statistics and presented in tables and charts with absolute and relative frequencies. The results showed us that 368 women (94.8%) had adequate knowledge, but 214 (55.1%) had inadequate and attitude 279 (71.9%) inadequate practice in relation to early detection methods of breast cancer. These factors were influenced by age and Executive Secretary Regional (SER) in which women lived. This knowledge about the characteristics of the population, identifying gaps in knowledge, difficulties in adhering to exams and the cultural behavior of women subsidizes the actions of health professionals, guiding them in the development of techniques and strategies for population mobilization for adoption and maintaining a healthy behavior that direct self-care and health promotion.
Descrição: COSTA, M. M. A. Conhecimento, atitude e prática de mulheres acerca de medidas de controle para o câncer de mama. 2016. 100 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22585
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_mmacosta.pdf2,75 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.