Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2291
Título: Política Fiscal e Crescimento Econômico: aspectos teóricos e evidências empíricas para as Regiões Brasileiras
Autor(es): Arraes, Ronaldo de Albuquerque e
Palavras-chave: Política Fiscal
Crescimento Econômico
Data do documento: Nov-2001
Editor: Revista Econômica do Nordeste
Citação: ARRAES, Ronaldo de A. e (2001)
Resumo: Verifica os efeitos de políticas fiscais sobre o crescimento econômico, tomando as regiões brasileiras em base comparativa. Para tanto utiliza como paradigma teórico os modelos de Barro (1990, 1991) e Aschauer (1989). Dadas as expectativas teóricas, busca estimar as funções de produção de Barro (1990) para cada região brasileira, com o fim de observar o tamanho de governo ótimo em cada situação. Os resultados obtidos demonstram que o tamanho ótimo dos governos estaduais deve girar em torno de 11% a 15% do PIB estadual respectivo. Após uma análise de quais gastos públicos apresentam efeitos mais significantes na determinação do produto, demonstra que os gastos em educação e cultura e, em seguida, em saúde e saneamento e em transportes, são os mais positivos sobre o crescimento econômico.
Descrição: ARRAES, Ronaldo de Albuquerque e. Política Fiscal e Crescimento Econômico: Aspectos Teóricos e Evidências Empíricas para as Regiões Brasileiras. Revista Econômica do Nordeste, v.32, n.esp., p.676-690, nov. 2001.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2291
ISSN: 01004956
Aparece nas coleções:CAEN - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2001_art_raarraes.pdf233,96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.