Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2344
Título: Avaliação do sistema de farmacovigilância do Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella em Teresina - PI
Título em inglês: Evaluation of pharmacovigilance system in Natan Portella Institute of Tropical Diseases in Teresina - PI
Autor(es): Amaral, Fabrício Pires de Moura
Orientador(es): Moraes , Maria Elisabete Amaral de
Palavras-chave: Sistemas de Notificação de Reações Adversas a Medicamentos
Sistema de Vigilância Sanitária
Serviço de Farmácia Hospitalar
Data do documento: 2006
Citação: AMARAL, F. P. M. (2006)
Resumo: A farmacovigilância é um importante instrumento para a saúde pública, pois possibilita a detecção precoce e o diagnóstico de reações adversas a medicamentos (RAM). No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária tem como prioridade o desenvolvimento de atividades de vigilância pós-comercialização em Hospitais Sentinelas. O Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella, localizado em Teresina-PI, foi um dos hospitais escolhidos pela referida agência para a implantação e consolidação do serviço. O processo de implantação foi concluído em setembro de 2005. Este trabalho avaliou o sistema de farmacovigilância implantado no período compreendido entre os meses outubro de 2005 e maio de 2006. Para isso, fez-se aplicação de check list, 51 questionários anônimos aos profissionais de saúde, além de levantamento de dados dos prontuários e formulários de notificação de RAM. Os achados foram avaliados utilizando o programa SPSS sendo em seguida confrontados, a fim de se encontrar falhas nas transposições das informações dos prontuários para os formulários de notificação. O check list aplicado encontrou falhas organizacionais no serviço de farmácia hospitalar (inexistências de POPs e registro de treinamentos de funcionários). Os questionários demonstraram que a divulgação do serviço alcançou mais médicos residentes e enfermeiros do que os médicos especialistas. Além disso, o levantamento dos dados de prontuários indicou um total de 31 anotações de RAM, sendo 48,39% (15/31) relatos de médicos contra 41,94% (13/31) da enfermagem. Entretanto na análise de formulários, foram preenchidas, apenas, 16 notificações de RAM, distribuídas em 43,75% (7/16) para a enfermagem contra 37,50% (6/16) dos médicos residentes e 6,25% (1/16) dos médicos especialistas. Conclui-se que há problemas organizacionais no serviço de farmácia, além de subnotificação de RAM por parte dos profissionais de saúde, devido a uma insuficiente transposição de dados relatados nos prontuários para os formulários de notificação espontâneas.
Abstract: Pharmacovigilance is an important weapon for public health, because it allows the prevention of side effects caused by medication. In Brazil, the National Health Surveillance Agency (Anvisa) has priorized the development of activities of post-marketing surveillance in Sentinel Hospitals. The Nathan Portella Institute of Tropical Diseases, located in Teresina-PI was one of the hospitals chosen by the ANVISA to experience the implantation and consolidation of this service. The implantation process was concluded in September, 2005. This effort assessed the pharmacovigilance system introduced in the period between October, 2005 and May, 2006. For such, a check – list applied, 51 anonymous questionnaires to health care workers, and in addition the data on the records and MAE notifications forms were surveyed. The findings were evaluated by using the SPSS software and then compared in order to find failure on information transposed from the records to the notification forms. The check-list applied found organizational failures in the service of hospital pharmacy (absence of SOPs and personnel training records). The questionnaires show that the service was broadcast in wider range among resident doctors and nurses than among the specialist physicians. Also, the survey of data on the records indicated a number of 31 MAE notifications, with 48, 39% (15/31) of reports from doctors against 41,94% (13/31) from nurses. However, by analyzing the forms, it was found that only 16 MAE notifications were filled out – classified under 43,75% (7/16) from nurses against 37,50% (6/16) from resident doctors and 6,25% (1/16) from specialist physicians. It is conclude that there are organizational problems in the pharmacy service aggravated by undernotifications reported by health care workers due to insufficient transposition of data from the records to the spontaneous notification forms.
Descrição: AMARAL, Fabrício Pires de Moura do. Avaliação do sistema de farmacovigilância do Instituto de Doenças tropicais Natan Portella em Teresina - PI. 2006. 107 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2344
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_dis_fpmamaral.pdf561,48 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.