Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2416
Título: Avaliação do efeito gastroprotetor do Sildenafil (Viagra®) na lesão gástrica induzida por álcool em ratos: papel do óxido nítrico, do GMPc e dos canais de potássio sensíveis ao ATP
Título em inglês: Evaluation of the gastroprotetor effect of the Sildenafil (Viagra®) in the induced gastric injury for alcohol in rats: paper of nitric oxide, the GMPc and the sensible potassium canals to the ATP
Autor(es): Medeiros, Jand-Venes Rolim
Orientador(es): Souza , Marcellus Henrique Loiola Ponte de
Palavras-chave: Úlcera Gástrica
Óxido Nítrico
Úlcera Péptica
Data do documento: 2006
Citação: MEDEIROS, J. R. (2006)
Resumo: Recentemente nós demonstramos que o sildenafil tem efeito protetor contra a lesão gástrica induzida por AINEs em ratos, através de uma diminuição na aderência de leucócitos e aumento do fluxo sanguíneo gástrico (Santos CL et al, BJP, 2005). O etanol induz lesão hemorrágica gástrica em ratos através de um aumento na produção de radicais livres e diminuição da concentração de glutationa na mucosa. OBJETIVOS: O objetivo deste trabalho foi investigar se o sildenafil possui efeito protetor contra a lesão induzida por álcool, e avaliar o papel da via NO/GMPc/KATP no efeito gastroprotetor do sildenafil. MÉTODOS: O sildenafil (0.1, 0.3, 1, ou 3 mg/Kg, v.o) foi administrado 30 min antes do etanol 100% (4 ml/Kg, v.o). Depois de 1 h, os ratos foram sacrificados e os estômagos abertos para determinação da área da lesão usando planimetria computadorizada. Além disso, fragmentos de tecidos foram removidos para análise microscópica e dosagem de glutationa e hemoglobina (teste colorimétrico - Bioclin). Os outros grupos foram tratados com L-NAME (1 ou 3 mg/kg, i.p), L-NAME (3 mg/kg, i.p) + L- Arg (200mg/kg, ip), ODQ (10 mg/Kg, v.o), glibenclamida (0.1, 0.3, 1 ou 3 mg/Kg, v.o), glibenclamida (1 mg/Kg) + diazóxido (3mg/Kg, i.p) ou salina. Após 30 min os ratos receberam sildenafil (1mg/kg) e depois de mais 30 min etanol 100% (4ml/kg, v.o), com o sacrifício ocorrendo 1 h depois. RESULTADOS: O etanol 100% causou lesão gástrica (158.9 ± 9.3 mm2), hemorragia na mucosa (3787.0 ± 512.9 µg/100mg) e redução da concentração de glutationa (78.7 ± 9.5 µg/g). O Sildenafil protegeu, de forma dose-dependente, a mucosa gástrica do efeito do álcool, com o efeito máximo na dose de 1 mg/Kg (44.5 ± 7.7 mm2). O sildenafil também reverteu a diminuição da glutationa (143.6 ± 15.7 µg/g) induzida por etanol. O L-NAME sozinho (151.1 ± 20.9 mm2), o ODQ (137.9 ± 41.6 mm2) e a glibenclamida sozinha (137.1 ± 16,7 mm2) reverteram a proteção do sildenafil. Mas, nos animais tratados com L-NAME + L-arginina (30.9 ± 10.5 mm2) ou glibenclamida + diazóxido (60.3 ± 2.0 mm2) não houve mudanças no efeito do sildenafil. CONCLUSÕES: O sildenafil protege a mucosa gástrica contra a lesão induzida por álcool, através da ativação da via NO/GMPc/KATP e por um aumento dos níveis de GSH no estômago.
Abstract: Recently, we demonstrated that sildenafil has protective effects against NSAID- induced gastric damage in rats, by a decrease in leukocytes adherence and increase in gastric blood flow (Santos CL et al, BJP, 2005). Ethanol induced gastric hemorrhagic damage in rats, by an increase in free radical production and decrease in mucosal glutathione concentration. AIMS: Aim of was work is to investigate if sildenafil has a protective effect against ethanol- induced gastric damage and the role of the way NO/cGMP/KATP in this event. METHODS: Sildenafil (0.1, 0.3, 1, or 3 mg/Kg, p.o) was administrated 30 min before ethanol 100% (4 ml/Kg, p.o). After 1 hour, rats were sacrificed and the stomachs opened along the greater curvature and the mucosal lesion area was measured by computer planimetry program. Furthermore, pieces of gastric mucosal were removed for microscopic analysis and glutathione measure, and hemoglobin concentrations (colorimetric test Bioclin). Other groups had been dealt with L-NAME (1 or 3 mg/kg, i.p), L-NAME (3 mg/kg, i.p) + L- Arg (200mg/kg, i.p), ODQ (10 mg/Kg, p.o), glibenclamide (0.1, 0.3, 1 ou 3 mg/Kg, p.o), glibenclamide (1 mg/Kg) + diazóxide (3mg/Kg, i.p) ou saline. After 30 min the rats had received sildenafil (1mg/kg), and after more 30 min ethanol 100% (4ml/kg, p.o), with the sacrifice occurring 1 h later. RESULTS: Absolute ethanol induced gastric damage (158.9 ± 9.3 mm2), and gastric mucosal hemorrhage (3787.0 ± 512.9 µg/100mg) and reduced gastric glutathione concentration (78.7 ± 9.5 µg/g). Sildenafil protected, in a dose dependent manner, the ethanol- induced gastric damage , with the maximum effect in the dose of 1 mg/Kg (44.5 ± 7.7 mm2). Sildenafil also reversed the decreased in gastric glutathione (143.6 ± 15.7 µg/g) induced by ethanol. Alone L-NAME (151.1 ± 20.9 mm2), ODQ (137.9 ± 41.6 mm2) and glibenclamide alone (137.1 ± 16,7 mm2) reverted the protection of the sildenafil. But, in the animals trated with L-NAME + L-arginine (30.9 ± 10.5 mm2), or glibenclamide + diazóxido (60.3 ± 2.0 mm2) did not have changes in the effect of the sildenafil. CONCLUSION: Sildenafil had a gastric protective effect against ethanol- induced gastric damage through the activation of the NO/cGMP/KATP pathway, at least in part through a increase in stomach GSH.
Descrição: MEDEIROS, Jand-Venes Rolim. Avaliação do efeito gastroprotetor do Sildenafil (Viagra®) na lesão gástrica induzida por álcool em ratos : papel do óxido nítrico, do GMPc e dos canais de potássio sensíveis ao ATP. 2006. 140 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2416
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_dis_jvrmedeiros.pdf13,49 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.