Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2418
Título: Efeito de inibidores da ciclooxigenase sobre o transporte ileal de água e eletrólitos em ratos anestesiados
Autor(es): Previdelli, Ivna Hitzschky Silva dos Fernandes Vieira
Orientador(es): Souza , Marcellus Henrique Loiola Ponte de
Palavras-chave: Cetorolaco
Indometacina
Eletrólitos
Data do documento: 2011
Citação: PREVIDELLI, I. H. S. F. V. (2011)
Resumo: Esse estudo tem por finalidade avaliar os efeitos de inibidores seletivos da COX (cetorolaco e celecoxibe) e de inibidores não seletivos (indometacina) da COX sobre o transporte ileal de água e eletrólitos em ratos anestesiados. Também se propõe a avaliar as alterações vilo/cripta do íleo de ratos tratados com inibidores seletivos e não seletivos da COX-1 e 2 (cetorolaco-inibidor específico da COX-1 na dose de 3mg/Kg, celecoxibe-inibidor específico da COX-2 e indometacina-inibidor não seletivo da COX). Os animais foram tratados per os durante três dias consecutivos com uma das seguintes substâncias: cetorolaco (3mg/Kg), celecoxibe (10mg/Kg), indometacina (5mg/Kg), cetorolaco + celecoxibe, salina 0,9% ou tampão fosfato. Todos os AINES aqui utilizados foram diluídos em solução salina (Nacl a 0,9%) exceto a indometacina que foi diluída em solução tampão fosfato. Após jejum de 24 horas com livre acesso à água, os animais foram anestesiados com Uretana (1,2mg /kg corporal, i.p). A seguir realizou-se laparotomia mediana para isolamento do segmento a ser perfundido. Cânulas foram introduzidas nas extremidades proximal e distal do segmento mediante criação de fístulas. O segmento isolado e as cânulas formaram o circuito que foi perfundido. Para a perfusão foi utilizada solução modificada de Ringer e Fenolsulftaleína 50mg/L como marcador não absorvível. O perfusato foi coletado em tubos de ensaio após 40min (03 amostras). Também foram obtidas 3 (três) amostras no início e no final (03 amostras) do experimento, para determinação dos parâmetros controle. Foram determinadas as diferenças entre as amostras controle e as coletas do perfusato quanto aos valores das concentrações de sódio, potássio e cloreto (mmol/L). Ao final do experimento, os animais foram sacrificados e o segmento ileal perfundido retirado, sendo imediatamente pesado, depois retirados anéis distais de aproximadamente 0,5 cm para o histopatológico. Nova medição de peso desse segmento foi realizada após o mesmo ser mantido em estufa a 100oC por 48h, de modo a permitir a correção dos parâmetros funcionais. A administração de cetorolaco aos animais promoveu secreção ileal de água, de sódio, cloreto e potássio. Por outro lado, o tratamento com celecoxib, sozinho ou em associação com cetorolaco, bem como o tratamento com indometacina não desencadearam alterações significativas na secreção de água, sódio, cloro e potássio, quando comparado com os grupos controles. Em relação as alterações morfométricas, os tratamentos com celecoxibe sozinho ou em associação com cetorolaco, promoveram um aumento da relação vilo/cripta. Por outro lado, a administração de cetorolaco aos animais não modificou a relação vilo/cripta quando comparado com o controle. Por outro lado, no tratamento com indometacina, a administração de indometacina apresentou uma diminuição na relação vilo/cripta, quando comparado com o controle. Baseado nestes dados podemos concluir, que a inibição da COX-1 pelo cetorolaco, mas não a inibição da COX-2 pelo celecoxib, desencadeia uma alteração funcional na secreção de água e eletrólitos no íleo, pois não houve lesão do epitélio na análise histológica do intestino de ratos tratados com a cetorolaco.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the effects of selective and non-selective COX inhibitors on water and electrolyte transport and the villous/crypt ratio in the ileum of anesthetized rats. Thirty-six animals distributed in 6 groups were treated with 3mg/Kg ketorolac (a selective COX-1 inhibitor), 10mg/Kg celecoxib (a selective COX-2 inhibitor), 5mg/Kg indometacin (a non-selective COX inhibitor),ketorolac+celecoxib, 0.9% saline solution or phosphate buffer for 3 consecutive days. Ketorolac and celecoxib were diluted in 0.9% saline solution, while indometacin was diluted in phosphate buffer. Following 24 hours of fasting with access to water ad libitum, the animals were anesthetized with 1.2mg/Kg urethane i.p. and submitted to median laparotomy to isolate an ileal segment for perfusion. Cannulae were introduced through surgically created fistulas in the proximal and distal extremities of the segment. Perfusion was performed with modified Ringer solution containing 50mg/L phenolsulfonphthalein (a non-absorbable marker). After 40 minutes, 3 samples of perfusate were collected. In addition, 3 control samples were collected at baseline and by the end of the experiment for comparison of sodium, potassium and chloride concentrations (mmol/L). Finally the animals were euthanized, the extremities of the perfused segment were cut off (5-mm rings) for histopathological examination and the segment was weighed. After 48 hours of storage at 100oC, the segment was weighed again in order to correct the functional parameters. The administration of ketorolac promoted secretion of ileal water, sodium, potassium and chlorine. However, treatment with celecoxib alone or with ketorolac, and indomethacin treatment did not induce significant changes in the secretion of water, sodium, potassium and chlorine, when compared with control groups. In the histological evaluation, treatment with celecoxib alone or in combination with ketorolac, induced an increase in villous / crypt ration. On the other hand, ketorolac administration did not change the villous / crypt ration when we compared with the control. Indomethacin treatment induced a decrease in villous / crypt ration compared with the control. Based on these data we can conclude that inhibition of COX-1 by ketorolac, but not COX-2 inhibition by celecoxib, induced a functional change in the ileal water and electrolytes secretion, since there was not epithelial damage in the histological analysis of intestine of rats treated with ketorolac.
Descrição: PREVIDELLI, Ivna Hitzschky Silva dos Fernandes Vieira. Efeito de inibidores da ciclooxigenase sobre o transporte ileal de água e eletrólitos em ratos anestesiados. 2011. 76 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2418
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_ihsfvprevidelli.pdf1,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.