Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2421
Título: Ação farmacológica das vitaminas A & E na produção de oócitos e embriões bovinos
Título em inglês: Pharmacological action of vitamins A & E in the production of bovine oocytes and embryos
Autor(es): Evangelista, João José Ferreira
Orientador(es): Moraes , Maria Elisabete Amaral de
Coorientador(es): Vieira, Rômulo José
Palavras-chave: Recuperação de Oócitos
Desenvolvimento Embrionário
Vitamina E
Data do documento: 2010
Citação: EVANGELISTA, J. J. F. (2010)
Resumo: Na produção in vitro (PIV) de embriões bovinos vários fatores contribuem para as variáveis na produção e qualidade dos oócitos e embriões. Avaliou-se o uso parenteral de vitamina A (VA) e vitamina E (VE) na produção de oócitos colhidos por aspiração folicular (OPU) e embriões por produção in vitro (PIV) em de vacas (n=22), sendo: Simental (S) (n=2); Nelore (N) (n=4); Brahma (B) (n=5) e Gir (G) (n=11). Todos os animais foram alocados na fase pré-tratamento (F1) (n=22) (não receberam vitaminas) e os mesmos animais utilizados para a fase pós-tratamento (F2) (receberam 1.000.000 UI de vitamina A e 1g de vitamina E). A primeira OPU foi na F1, logo em seguida foi aplicado 1.000.000 UI de VA e 1g de VE, e após 12 dias realizou-se nova OPU para fazer a F2. Os oócitos (CCO) foram maturados, fecundados e cultivados in vitro. As 44 OPU produziram 520 oócitos, 217 (F1) e 303 (F2), havendo efeito significativo, com acréscimo de 86 oócitos, obtendo média e desvio padrão 9,86±5,53 F1 e 13,77±2,0 F2, (*p<0,0219). Quando separada as raças NBG (Nelore, Brahma e Gir) (n=20) houve acréscimo de 95 oócitos, obtendo média e desvio padrão 9,90±5,81 F1-NBG e 14,65±9,44 F2-NBG, (*p<0,0085). As 44 PIV produziram 224 embriões, sendo 93 F1 e 131 F2, obtendo média e desvio padrão 4,23±3,09 F1 e 5,95±4,05 F2, (*p<0,0228). Quando separada as NBG a produção foi de 214 embriões, havendo acréscimo de 38 embriões, obtendo valores de 4,45±3,15 F1 e 6,25±4,09 F2, (*p<0,0285). Houve um efeito significativo na quantidade produzida de oócitos (n=22) e oócitos NBG (n=20). Houve efeito na produção de embriões de todas as raças (n=22) e embriões NBG (n=20). A suplementação com VA e VE aumentou o número de oócitos totais (1,7±0,7); oócitos NBG (1,8±0,8); embriões totais (3,9±1,6) e embriões NBG (4,7±1,6). A resposta da F2 comparado com a F1 na produção de oócitos e embriões foi significativa quando todas as raças estavam agrupadas e também quando foi agrupado apenas as Bos taurus indicus (NBG). O uso das vitaminas A e E pode ser usada para maior recuperação oócitária e embrionária em raças Zebuínas.
Abstract: The in vitro (IVP) bovine embryos production has several factors that contribute to the variables in the production and quality of oocytes and embryos. We evaluated the parenteral use of vitamin A (VA) and vitamin E (VE) in the production of oocytes collected by follicular aspiration (OPU) and embryos by in vitro production (IVP) in cows (n = 22), where: Simmental (S) (n = 2), Nelore (N) (n = 4), Brahma (B) (n = 5) and Gir (G) (n = 11). All animals were allocated in the pre-treatment (F1) (n = 22) (not receiving vitamins) and the same animals used for post-treatment (F2) (received 1,000,000 IU of vitamin A and vitamin 1g E). The first OPU was in F1, soon after 1,000,000 IU was administered 1 g of VE and VA, and after 12 days was held to make the new OPU F2. Oocytes (COC) were matured, fertilized and cultured in vitro. The OPU 44 yielded 520 oocytes, 217 (F1) and 303 (F2), with significant effect, an increase of 86 oocytes, obtaining mean and standard deviation 9.86 ± 5.53 13.77 ± 2.0 F1 and F2, (*p <0.0219). When separate races NBG (Nelore, Brahman and Gir) (n = 20) there was an increase of 95 oocytes, obtaining mean and standard deviation 9.90 ± 5.81 and 14.65 NBG F1-F2-NBG ± 9.44, (*p <0.0085). The 44 IVP embryos produced 224, 93 F1 and 131 F2, getting mean and standard deviation 4.23 ± 3.09 5.95 ± 4.05 F1 and F2, (*p <0.0228). When separated from the NBG production was 214 embryos, with an increase of 38 embryos, obtaining values of 4.45 ± 3.15 6.25 ± 4.09 F1 and F2, (*p <0.0285). There was a significant effect on the quantity produced of oocytes (n = 22) and NBG oocytes (n = 20). It was an increased in all breeds embryos production (n = 22) and NBG embryos (n = 20). Supplementation with VE and VA increased the total number of oocytes (1.7 ± 0.7); NBG oocytes (1.8 ± 0.8); total embryos (3.9 ± 1.6) and embryos NBG (4 7 ± 1.6). The response of the F2 compared to F1 in the production of oocytes and embryos was significant when all races were grouped together and also when it was grouped only Bos taurus indicus (NBG). The use of vitamins A and E can be used to greater oocyte recovery and embryo in Zebu breeds.
Descrição: EVANGELISTA, João José Ferreira. Ação farmacológica das vitaminas A & E na produção de oócitos e embriões bovinos. 2010. 108 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2421
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_jjfevangelista.pdf2,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.