Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2439
Título: Avaliação das atividades hipoglicemiante e hipolipidêmica da mistura de α,β-amirina, triteroenos pentacíclicos isolados do Protium heptaphyllum, em camundongos
Título em inglês: Evaluation of hypoglycemic and hypolipidemic activity of mixture of Α,Β-amyrin, pentacyclic triterpenes isolated of Protium Heptaphyllum in mice
Autor(es): Frota, Julyanne Torres
Orientador(es): Santos, Flávia Almeida
Palavras-chave: Triterpenos
Diabetes Mellitus
Dislipidemias
Data do documento: 2011
Citação: FROTA, J. T. (2011)
Resumo: O Protium heptaphyllum (almecegueira) exsuda uma resina amorfa constituída de quatro misturas binárias de triterpenóides, sendo a mistura de ,-amirina o constituinte majoritário. Na medicina popular, a resina de Protium heptaphyllum é utilizada como antiinflamatória, gastroprotetora, analgésica, expectorante e cicatrizante. A mistura de triterpenos pentacíclicos ,-amirina (AB) (63:37) possui propriedades gastroprotetora, antipruriginosa, antiinflamatória e antioxidante. Estudos experimentais com compostos triterpênicos pentacíclicos que pertencem ao grupo ursano, oleanano e lupano mostraram a inibição de diferentes sistemas enzimáticos intimamente relacionados ao metabolismo/absorção de carboidratos e lipídios, deste modo, a atividade hipoglicemiante e hipolipemiante de AB foi avaliada, em camundongos Swiss, nos modelo de diabetes induzida por estreptozotocina (STZ) e por aloxano (ALX) e hiperlipidemia induzida por triton WR-1339 e dieta hiperlipidêmica (DH). AB (10, 30 e 100mg/Kg) foi capaz de reduzir a glicemia num tratamento agudo no modelo de diabetes induzida por STZ, nos dois tempos observados (3 e 5h após administração de AB). Em tratamento após cinco dias de animais diabéticos por ALX, AB (30 e 100mg/Kg) também diminuiu a hiperglicemia, efeito este, também observado para o uso de glibenclamida (10mg/Kg) nos dois modelos. Porém em animais normais, AB não alterou a glicose sanguínea, ao contrário do controle positivo glibenclamida (10 mg/Kg). Ainda no modelo de diabetes por ALX, AB reduziu o colesterol total (CT) sérico na dose de 100mg/Kg, bem como os triglicerídeos (TG) nas doses de 30 e 100 mg/Kg. Neste mesmo modelo, AB reduziu a amilase sérica (AB 30 e 100 mg/Kg) e a lipase sérica (AB 100mg/Kg), resultado este observado também em animais normais, nas mesmas doses. No Teste Oral de Tolerância à Glicose (TOTG), AB (30 e 100 mg/Kg) mostrou reduzir a glicemia 60 min após a administração de glicose, bem como AB (10, 30 e 100 mg/Kg) em 90 min. No modelo de hiperlipidemia por triton WR-1339, AB (10, 30 e 100mg/Kg) reduziu de forma significativa os níveis de CT e TG, nos tempos de 24h e 48h após a administração do triton WR-1339, efeito observado também para fenofibrato (200mg/Kg) utilizado como controle positivo. Os níveis de HDL-c sofreram elevação com o uso de AB em todas as doses e tempos observados, assim como o fenofibrato. No modelo de hiperlipidemia por DH, AB (10, 30 e 100mg/Kg) controlou o ganho de peso dos animais que receberam a DH, bem como reduziram CT, TG, LDL-c e VLDL-c, porém este último somente nas doses de 30 e 100mg/Kg. Estas duas doses também foram eficazes para elevar o HDL-c. Todas as doses de AB administradas reduziram o índice aterogênico. Todas as doses de AB também reduziram o colesterol hepático neste modelo. Todos os efeitos relatados foram similares ao controle positivo (fenofibrato 200mg/Kg). AB (10, 30 e 100 mg/Kg) foi capaz de melhorar significativamente as defesas antioxidantes do tecido hepático, pois elevou a atividade das enzimas catalase e superóxido dismutase hepáticas, quando comparado ao controle dieta hiperlipídica, bem como elevou o nível dos grupos sulfidrílicos não protéicos na dose de 100mg/Kg, assim como reduziu a peroxidação lipídica ao diminuir o malondialdeído, em todas as doses. Em conjunto, esses resultados indicam que α,β-amirina possui efeito hipoglicemiante e hipolipemiante e que merece maior avaliação futura em modelos animais que simulem situações crônicas de diabetes e dislipidemias, além de pesquisa de seu mecanismo de ação.
Abstract: The Protium heptaphyllum (almecegueira) exudes an amorphous resin consisting of four binary mixtures of triterpenoids, and the mixture of ,-amyrin its major constituent. In folk medicine, the resin of Protium heptaphyllum is used as anti-inflammatory, gastroprotective, analgesic, expectorant and healing. The mixture of pentacyclic triterpenes ,-amyrin (AB) (63:37) has gastroprotective, antipruritic, antiinflammatory and antioxidant properties. Experimental studies with pentacyclic triterpene compounds belonging to the groups ursan, oleanan and lupan showed inhibition of different enzyme systems intimately related to metabolism/absorption of carbohydrates and lipids. Thus the hypoglycemic and hypolipidemic activity of AB was evaluated in Swiss mice, the models of diabetes induced by streptozotocin (STZ) and alloxan (ALX) and hyperlipidemia induced by triton WR-1339 and hyperlipidemic diet (DH). AB (10, 30 and 100mg/kg) was able to reduce blood glucose in a model of acute treatment in STZ-induced diabetes, we observed two times (3 and 5 hours after administration of AB). In five days after treatment of diabetic animals by ALX, AB (30 and 100 mg/kg) also decreased hyperglycemia, an effect also observed for the use of glibenclamide (10 mg/Kg) in both models. But in normal animals, AB did not affect blood glucose, unlike the positive control glibenclamide (10 mg/kg). Although the model of diabetes for ALX, AB reduced total cholesterol (TC) serum at a dose of 100mg/kg, and triglycerides (TG) at doses of 30 and 100 mg/kg. In this same model, reduced the serum amylase AB (AB 30 and 100 mg/kg) and serum lipase (AB 100 mg/kg), a result also observed in normal animals, the same doses. In the Oral Glucose Tolerance Test (OGTT), AB (30 and 100 mg/kg) was shown to reduce blood glucose levels 60 min after administration of glucose, and AB (10, 30 and 100 mg/kg) in 90 min. In the model of hyperlipidemia by triton, AB (10, 30 and 100 mg/kg) significantly reduced the levels of TC and TG, in times of 24 and 48 h after administration of triton, an effect also observed for fenofibrate (200 mg/kg) used as positive control. The levels of HDL-c elevation experienced with the use of AB at all doses and times observed, as well as fenofibrate. In the model of hyperlipidemia by HD, AB (10, 30 and 100 mg/kg) controlled weight gain of animals receiving HD, as well as reduced TC, TG, LDL-c and VLDL-c, although the latter only in doses 30 and 100 mg/kg. These two doses were also effective in raising HDL-c. All doses of AB administered reduced the atherogenic index. All doses of AB also reduced the hepatic cholesterol in this model. All effects reported were similar to the positive control (fenofibrate 200 mg/kg). AB (10, 30 and 100 mg/kg) was able to significantly improve the antioxidant defenses of the liver, because it elevated the activity of hepatic SOD and CAT when compared to control high-fat diet, and raised the level of NP-SH in dose of 100 mg/kg, as well as reduced lipid peroxidation by decreasing the MDA, at all doses. Together, these results indicate that α,β-amyrin has hypolipidemic and hypoglycemic effect and deserves further evaluation in larger animal models that simulate chronic conditions of diabetes and dyslipidemia, in addition to research on their mechanism of action.
Descrição: FROTA, Julyanne Torres. Avaliação das atividades hipoglicemiante e hipolipidêmica da mistura de a, ß-Amirina, triterpenos pentacíclicos isolados do Protium heptaphyllum em camundongos . 2011. 112 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2011 .
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2439
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_jtfrota.pdf1,39 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.