Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2486
Título: Sísifo e Pandora: identidade pessoal e a primeira inserção profissional de dois jovens no Município de Maracanaú-CE
Autor(es): DIOGO, Nara Maria Forte
Orientador(es): GÓIS, Cezar Wagner de Lima
Palavras-chave: Jovens
Identidade Pessoal
Inserção no mundo do trabalho
Jeunes
Jovens pobres - Emprego - Maracanaú (CE) - Aspectos psicológicos
Identidade (Psicologia) - Maracanaú (CE)
Trabalho - Aspectos sociais - Maracanaú (CE)
Juventude - Maracanaú (CE) - Condições sociais
Identité personnel
Insertion dans le monde de travail
Data do documento: 2005
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: DIOGO, N. M. F. ; GÓIS, C. W. L. (2005)
Resumo: Essa investigação diz respeito à vida de dois jovens, chamados de Sísifo e Pandora, que conseguiram a primeira colocação formal através do projeto Emprego Jovem, que é parte de uma estratégia municipal de geração de trabalho e renda do município de Maracanaú – região metropolitana de Fortaleza, Estado do Ceará. O objetivo do estudo diz respeito ao movimento da Identidade Pessoal de jovens na situação de primeira inserção, buscando de modo mais específico investigar a relação entre seus projetos de vida e a experiência da primeira inserção formal no mercado de trabalho, bem como compreender os papéis e personagens à luz das categorias Identidade Pessoal e Trabalho. Essas categorias são fundamentadas a partir da noção de sujeito da realidade – expressão da unidade entre Atividade, Consciência e Identidade - conforme a Psicologia Histórico-Cultural da Mente e a Psicologia Social Crítica. Noções de juventude também foram discutidas, bem como a relação entre o processo de exclusão social e a subjetividade. Para apreender o movimento da Identidade Pessoal definiu-se uma metodologia qualitativa que buscasse atender a esse propósito. A investigação foi realizada através de entrevistas orientadas que captaram a subjetividade de Sísifo e Pandora em três momentos distintos, entre os quais existiu um hiato temporal de dois meses. Esse material foi analisado a partir das temáticas: Momento Presente, Relações Familiares, Relações Sociais, Formação Escolar /Profissional, Período de Transição, Relações Profissionais, Expectativas e Percepção de Si, permitindo uma discussão em termos das relações entre inserção profissional e projeto de vida, sentidos do trabalho para Sísifo e Pandora e o movimento da Identidade no trânsito de papéis e personagens. A partir de seus relatos é possível compreender que a Identidade Pessoal desses jovens, que vivenciam a primeira inserção formal no mercado de trabalho, se move através das buscas pela realização do projeto de vida, projeto esse que, por sua vez, também se redimensiona nessa experiência. O trabalho passa a fazer parte da vida cotidiana de Sísifo e Pandora, e dele decorre um re-arranjo de suas relações com o mundo, consigo e com os outros, facilitando o movimento da Identidade na direção do Valor Pessoal e Poder Pessoal, de modo complexo e não-linear, alimentado pelas contradições da realidade em que vivem. Concluiu-se que a expressão singular de Sísifo e Pandora é relevante para o esclarecimento da temática investigada.
Descrição: DIOGO, Nara Maria Forte. Sísifo e Pandora: identidade pessoal e a primeira inserção profissional de dois jovens no Município de Maracanaú-CE. 2005. 245 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fortaleza-CE, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2486
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_dis_NMFDiogo.PDF1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.