Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/25334
Title in Portuguese: Satisfação no trabalho e sindrome de burnout em bancários
Author: Araújo, Edmilson Marques de
Advisor(s): Pinho, Ana Paula Moreno
Keywords: Satisfação no trabalho
Burnout (Psicologia)
Bancários
Issue Date: 2016
Citation: ARAÚJO, Edmilson Marques de. Satisfação no trabalho e sindrome de burnout em bancários. 2016. 58 f. TCC (graduação em Administração) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza/CE, 2016.
Abstract in Portuguese: A pesquisa teve como finalidade examinar o nível das dimensões da satisfação no trabalho e da síndrome de Burnout, respectivamente de acordo com Siqueira (2008) e Maslach & Jackson (1986), bem como verificar suas relações. O público alvo são os bancários de bancos múltiplos com carteira comercial, escolha devida ao maior índice de doenças laborais conforme o Anuário de Saúde do Trabalhador elaborado pelo Dieese (2015). A pesquisa foi realiza com 106 indivíduos. Verificou-se 11 bancários com fortes sinais de despersonalização, 8 com níveis fortíssimos de Exaustão Emocional e 10 com níveis fortes de Reduzida Realização Pessoal. A satisfação no trabalho em todas as dimensões propostas por Siqueira (2008) obteve média indiferente, devido a tendência de equilíbrio entre moderadamente satisfeito e moderadamente insatisfeito. Constatou-se correlação negativa significativa entre todas as variáveis de satisfação no trabalho e da síndrome de Burnout, o que demonstra que maiores níveis de Burnout estão relacionados a menores níveis de satisfação. Por fim acredita-se que seria relevante realizar estudos que busquem verificar com maior profundidade a causa de bancos múltiplos possuírem maior incidência de trabalhadores com doenças laborais.
Abstract: The research aims to examine the level of job satisfaction and Burnout syndrome, respectively, according to Siqueira (2008) and Maslach & Jackson (1986), as well as to verify their relationships. The target audience is bank clerks working in multi-bank with a commercial portfolio, due to the higher index of occupational diseases according to the Worker's Health Insurance Manual prepared by Dieese (2015). The research was carried out with 106 individuals, with 11 bank clerks with strong signs of depersonalization, 8 with very strong levels of Emotional Exhaustion and 10 with strong levels of Reduced Personal Realization. The job satisfaction in all dimensions proposed by Siqueira (2008) was indifferent, due to the tendency to balance between moderately satisfied and moderately dissatisfied. There was a significant negative correlation between all variables of job satisfaction and Burnout syndrome, which shows that higher levels of Burnout are related to lower levels of satisfaction. Finally, it is considered that it would be relevant to carry out studies that seek to verify in greater depth why multiple banks have a higher incidence of workers with occupational diseases.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/25334
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:ADMINISTRAÇÃO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tcc_emaraujo.pdf497,98 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.