Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/25534
Title in Portuguese: Médico na estratégia saúde da família - manter-se ou engajar-se? um estudo qualitativo sobre a permanência deste profissional na atenção primária à saúde
Title: Doctor in family health strategy - keep up or engage? a qualitative study about the permanence of this professional in primary health care
Author: Bomfim, Ricarla Maria Oliveira Brito do
Advisor(s): Braga, José Olinda
Co-advisor(s): Oliveira, Eliany Nazaré
Lira, Geison Vasconcelos
Paiva, Antonio Cristian Saraiva
Keywords: Medicina de Família e Comunidade
Políticas públicas
Estratégia Saú de da Família
Residência Médica
Issue Date: 14-May-2012
Citation: BOMFIM, R.M.O. (2012)
Abstract in Portuguese: O médico de família e comunidade é o especialista capacitado para o atendimento na Atenção Primária à Saúde (APS), com alta resolutibilidade das demandas dos pacientes que chegam a ele. Entretanto, a presença de médicos nas unidades de saúde é escassa, tanto pelo pouco tempo de permanência destes, como por sua falta de engajamento na especialidade em questão. Esta pesquisa teve como objetivo principal compreender os motivos que asseguram a permanência/engajamento dos profissionais médicos na ESF do município de Sobral-CE, a partir de discursos de alguns deles que lá atuam, investigando sua trajetória de vida acadêmica no ensino superior, a partir de narrativas autobiográficas. Alguns motivos levantados pelos entrevistados para o baixo interesse médico em trabalhar na ESF foram: a não-valorização da carreira e especialidade Medicina de Família e Comunidade (MFC) pelas políticas públicas; baixos salários pagos pelo SUS aos médicos; pouco reconhecimento da capacidade técnica pelos outros médicos especialistas; e estrutura precária dos postos de saúde. Os médicos que permanecem o fazem por estar engajados em outras atividades, como a docência, residência médica, ou atividades administrativas. As principais sugestões para a permanência efetiva dos médicos na ESF foram criar um plano de cargos e carreira, reconhecimento meritocrático no próprio local de trabalho, apoio do governo para o desenvolvimento da MFC, exigência do título de especialista para se trabalhar na APS, e equiparação salarial do médico de família aos outros médicos do SUS.
Abstract: The Community Family Physician is the physician expert trained to meet in Primary Health Care (PHC), with high resolvable in the patients’ pathologies who come to him. However, the presence of doctors in health posts is rare, both for the short time of their stay, for his lack of commitment to the specialty in question. The government has drawn up strategies attractiveness for these professionals, as measures of attachment to internalization, financial incentive in the APS, advantages medical residency test and reduce work hours. This research aimed to understand the reasons which ensure the permanence / engagement of physicians in the ESF in the city of Sobral-CE, from the speeches of some doctors who work there, and investigate the path of academic life in higher education, from narratives autobiographical. Some reasons raised by respondents to the low medical interest in working in the FHS were: non-appreciation of career and specialty of Family and Community Medicine (MFC) by public policies, low wages paid by the SUS doctors, lack of recognition of expertise the part of other medical specialists, and precarious structure of the health posts. Physicians who do remain to be engaged in other activities, such as teaching, medical residency, or administrative activities. The main suggestions for staying effective for doctors in the ESF were to create a plan for jobs and career, merit recognition in the workplace, government support for the development of MFC, demand the title of specialist to work in the APS, and equality salary of the family physician to other physicians SUS.
Description: BOMFIM, R.M.O. Médico na estratégia saúde da família - manter-se ou engajar-se? um estudo qualitativo sobre a permanência deste profissional na atenção primária à saúde. 2012. 98 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/25534
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGSF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_rmobonfim.pdfBOMFIM, R.M.O. Médico na estratégia saúde da família - manter-se ou engajar-se? um estudo qualitativo sobre a permanência deste profissional na atenção primária à saúde. 2012. 98 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2012.1,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.