Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26050
Title in Portuguese: A relação homem-natureza: um paralelo entre Espinosa e Feuerbach
Author: Sousa, André Luís Bonfim
Advisor(s): Chagas, Eduardo Ferreira
Keywords: Feuerbach
Espinosa
Filosofia da Natureza
Philosophy of Nature, Espinosa, Feuerbach
Issue Date: 2009
Citation: Sousa, A. L. B.; Chagas, E. F. (2009)
Abstract in Portuguese: O objetivo do presente trabalho é precisar o que se pode compreender pela relação Homem-Natureza nos pensamentos de Espinosa e Feuerbach. Intentamos promover um paralelo entre os dois filósofos, no qual procuramos, de maneira clara e sistemática, evidenciar semelhanças e diferenças, convergências e divergências e, por conseguinte, apresentar as grandes linhas de pensamento destes filósofos. A problemática acerca da relação Homem-Natureza está no limiar dos pensamentos de Espinosa e Feuerbach, isso porque em ambos evidencia-se a seguinte noção: não podemos conceber a natureza sem o homem nem o homem sem a natureza. Diante disso, nossa estratégia consistiu em, por meio de uma exposição imanente às obras capitais de ambos e também na confrontação destas, explicitar que Espinosa e Feuerbach visam apresentar uma compreensão sui generis do homem como inteiramente humano. Pretendemos explicitar que essa compreensão não abre espaço para uma moral de super-homem ou de antinatureza. Elase propõe, por um lado, saber o que pode o homem, na medida em que ele énaturalmente portador de certa potência de conhecer e compreender e, sabendo, identificar as condições por meio das quais ele está em condições de fazer tudo o que “pode”, tendo em vista sua liberdade, e não mais que isso. Por outro lado, ela tem por escopo conceber autonomia e dignidade à Natureza, a qual é considerada por Espinosa e Feuerbach como o fundamento e a causa do homem. Com base em tais questões, concluímos o presente trabalho completamente seguros de que a retomada crítica dos pensamentos de Espinosa e Feuerbach, pensando com eles as questões da modernidade e da contemporaneidade, da crise ecológica da relação Homem-Natureza, entre outras questões fundamentais como individualismo e fragmentação de valores, se torna propício e mesmo urgente.
Abstract: The aim of this work is to comprehend the relationship between Man and Nature in Espinosa and Feuerbach’s works. We did a parallel between the two philosophers, where we tried to make clear similarities and differences. The question of the relationship between man and nature is in the middle of Espinosa and Feuerbach philosophies. In both is clear the following notion: we can’t to know the nature without the man and we can’t to know the man without the nature. In this way, we tried to show one interesting man comprehension presented of Espinosa and Feuerbach. For one hand, this comprehension wants to know: what the man can? For other hand, it wants to give autonomy and dignity to Nature, considered by Espinosa and Feuerbach as the fundamental and cause of Man. With these questions, the word ends showing the importance of Espinosa and Feuerbach to resolve and comprehend the Modern and Contemporary questions, as ecological crisis, individualism and values fragmentation.
Description: SOUSA, André Luís Bonfim. A relação homem-natureza: um paralelo entre Espinosa e Feuerbach. 2009. 130f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Fortaleza (CE), 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26050
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_dis_albsousa.pdf859,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.