Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2609
Título: Estudo preliminar da expressão de marcadores moleculares no câncer de estômago ocorridos no estado do Ceará
Título em inglês: Preliminar study of the expression of molecular markers in patients with stomach cancer, in Ceara State
Autor(es): Montenegro, Raquel Carvalho
Orientador(es): Moraes Filho , Manoel Odorico de
Palavras-chave: Neoplasias Gástricas
Transformação Celular Neoplásica
Epidemiologia Molecular
Data do documento: 2003
Citação: MONTENEGRO, R. C. (2003)
Resumo: Na busca de um melhor entendimento da biologia dos tumores, marcadores moleculares relacionados à proliferação, resistência e apoptose têm sido intensamente pesquisados nos diferentes tipos de câncer. Estes marcadores podem auxiliar no estudo de alvos terapêuticos mais específicos para cada tipo de tumor. O câncer de estômago é a segunda causa de óbito mais observado no mundo. No Brasil, este tumor está entre as cinco localizações primárias mais comuns de óbitos por câncer, sendo os adenocarcinomas responsáveis por 95% dos casos. Dessa forma, foi avaliada a expressão dos marcadores KI-67, PCNA, p53, bcl-2 e c-myc de forma independente e combinada em adenocarcinomas gástricos. Também foi avaliado qual dos marcadores, KI-67 ou PCNA, era mais indicado para acessar a proliferação celular. Além disso, foi implantada a técnica de extração de DNA de tecido tumoral com CTAB e análise molecular pelo SSCP do gene p53, sendo os resultados positivos comparados com os resultados da imunohistoquímica. Os tumores foram coletados em cirurgia, processados e classificados histopatologicamente. Os marcadores foram detectados pelo método de imunohistoquímica SABP. Foi realizada a extração de DNA pelo método do CTAB, sendo os éxons 5, 7 e 8/9 do gene p53 analisados por SSCP. Algumas amostras foram obtidas de arquivo de biopsia. A faixa etária dos pacientes encontrava-se entre 61 e 70 anos de idade, com 48,1% dos tumores do tipo intestinal, 40,7% difusos e 11,2% mistos e com 50% localizados no sítio proximal. Em relação ao estadiamento, 41,4% dos tumores apresentavam-se no grau baixo (I – IIIA), 44,8% no altorisco (IIIB – IV) e 13,8% sem estadiamento. De acordo com os achados imunohistoquímicos, os resultados sugerem que o marcador mais indicado para estimar a proliferação celular nos adenocarcinomas gástricos é o KI-67. De forma independente os tumores apresentaram positividade em 89,3% para KI-67, 62,5% para PCNA, 50% para p53, 60,7% para bcl-2 e 66,7% e para c-myc. De acordo com o estadiamento, a diferença foi significativa apenas para p53 (p = 0,02), com positividade de 66,7% nos tumores de baixo risco (I – IIIA) e 16,7% nos de altorisco. Quando avaliadas de forma combinada, as associações significativas foram entre KI-67+/p53- (p=0,012) nos tumores de alto risco (66,67%) e c-myc+/p53- (p=0,02) também nos tumores de altorisco (63,64%). A técnica aplicada para a extração do DNA do tecido tumoral foi satisfatória. Para o SSCP, cinco pacientes apresentaram mutação para o éxon 5 (3) e éxon 7 (2). Com isso, concluímos que o marcador mais indicado para acessar a proliferação é o KI-67 e que existem duas vias de ativação da proliferação nos adenocarcinomas gástricos: uma dependente de p53 e outra independente de p53.
Abstract: In search for a better understanding of the biology of tumors, molecular markers related to proliferation, resistance and apoptosis have been intensively studied in the different types of cancer. These markers can help on the elucidation of more specific therapeutic targets for the treatment of various tumors. It was observed that stomach cancer is the second most frequent cause of death in the world. In Brazil, this tumor is among the five major causes of death by cancer and the adenocarcinomas are held responsible for about 95% of all cases. For that matter, the expression of KI-67, PCNA, p53, bcl-2 and c-myc were evaluated independently and in a combined form in stomach adenocarcinomas. Thus, KI-67 and PCNA were confronted in order to determine which one would pose as a better cellular proliferation marker. Finally, a DNA extraction tecnique using CTAB was implemented on tumor tissue as well as the molecular analysis of the p53 gene by SSCP. The positive results were compared with those obtained by the imonohistochemistry analysis. The tumors were collected in surgical procedure, processed and classified histopathologically. The markers were detected by the imunohistochemical method SABP. The DNA was extracted by the CTAB method and the exons 5, 7 and 8/9 of the p53 gene analyzed by SABP. Some of the samples were obtained from biopsy arquives. The age range of the patients was between 61 and 70 years, with 48,1% of the tumors presenting an intestinal origin, 40,7% were diffuse and the other 11,2% were mixed. According to the location, 50% of the tumors were found to be proximal. 41,1% of the tumors were found to be in a low stage (I – IIIA), 44,8% in a high stage (IIIB – IV) and 13,8% were not staged. The imunohistochemical results indicated that KI-67 is the best marker to estimate cellular proliferation in stomach adenocarcinomas. In an independent manner, the tumors showed an 89,3% positivity for KI-67, 62,5% for PCNA, 50% for p53, 60,7% for bcl-2 e 66,7% for c-myc. According to the staging, the difference was significant only to p53 (p = 0,02), with a 66,7% positivity to the tumors in low stage and 16,7% for the ones on a high stage. When evaluated in a combined form, the associations of KI-67+/p53- (p=0,012) (66,67%) and c-myc+/p53- (p=0,02) (63,64%) both for the high stage tumors, were found to be significant. The DNA extraction technique applied to the tumor tissue was found to be satisfactory. For the SSCP analyses, five patients had mutation on the exon 5 (3) and on the exon 7 (2). Based on that, we may conclude that KI-67 is the best marker to access the proliferation of the stomach adenocarcinomas and that there are two proliferation activation pathways: one being dependent and the other independent of the p53 gene.
Descrição: MONTENEGRO, Raquel Carvalho. Estudo preliminar da expressão de marcadores moleculares no câncer de estômago ocorridos no estado do Ceará. 2009. 108 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2609
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2003_dis_rcmontenegro.pdf1,11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.