Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26103
Title in Portuguese: Nefrectomia 5/6 e sua influência na permeabilidade colônica De água e eletrólitos em ratos acordados.
Title: Nefrectomia 5/6 and its influence on the colonial permeability of water and electrolysts in agreed rats.
Author: Freire, Elionai Gomes
Advisor(s): Graça, José Ronaldo Vasconcelos da
Keywords: Nefrectomia 5/6.
Permeabilidade
Cólon
Água
Eletrólitos
Issue Date: 2016
Citation: FREIRE, E.G. (2016)
Abstract in Portuguese: A nefrectomia 5/6 é um procedimento cirúrgico muito utilizado em laboratórios de fisiologia para reproduzir a insuficiência renal crônica dada a sua reprodutibilidade e praticidade. Pacientes com IR ou nefrectomizados, apresentam distúrbios hemodinâmicos como a hipervolemia e acúmulo de substâncias azotônicas no plasma, o que pode trazer sérias complicações a diversos órgãos. O objetivo deste trabalho de pesquisa foi avaliar as alterações que a nefrectomia 5/6 pode causar na permeabilidade colônica de ratos para água e eletrólitos (Na+,K+,Cl-) após 3,7 e 14 dias de insuficiência renal. O projeto foi aprovado pela CEUA-UFC com protocolo de n° 11/15. Foram utilizados 92 animais (ratos machos wistar, pesando entre 280-300 g) divididos em três grupos- 3 dias pós-nefrectomia 5/6, 7 dias pós-nefrectomia 5/6 e 14 dias pós nefrectomia 5/6- sendo cada grupo formado por um SHAM e outro experimental. Para os estudos da permeabilidade colônica de água e eletrólitos, os animais foram anestesiados com uretana, em seguida, submetidos à perfusão colônica com Tyroad + vermelho fenol durante 60min. Para todos os experimentos, monitoramos os parâmetros hemodinâmicos pressão arterial sistólica (PAS), pressão venosa central (PVC), frequência cardíaca (FC) e volume sanguíneo (VS) e ainda as concentrações bioquímicas plasmáticas de ureia e creatinina. Os resultados bioquímicos de uréia e creatinina plasmática nos grupos 7 e 14 dias confirmaram a insuficiência renal após nefrectomia 5/6 (114,8±1,8dl/ml; 165,6±7,2dl/ml) e (0,95±0,02dl/ml; 1,3± 0,07dl/ml) respectivamente. Os grupos 7 e 14 dias pós-nefrectomia 5/6 também apresentou significativas alterações volêmicas (11,12±0,37ml) e (15,83±0,82ml) respectivamente. O grupo 3 dias não apresentou resultados bioquímicos nem hemodinâmicos significativos e uma insignificante secreção colônica de água e eletrólitos (Na+,K+,Cl-). Correlação por curvas de regressão linear entre a secreção colônica de agua e eletrólitos com a volemia no grupo 7dias se apresentou bastante significativa neste trabalho. Conclui-se que a nefrectomia 5/6 se mostrou eficiente no modelo de insuficiência renal crônica, pois promoveu elevação sucessiva nos níveis de ureia e creatinina séricos. A nefrectomia 5/6 promoveu a secreção colônica para água e eletrólitos tornando-se bem evidente em ratos nos grupos 7 e 14 dias pós-nefrectomia. A correlação muito próxima das alterações volêmicas no grupo 7 dias com a secreção de água e eletrólitos (Na+, k +, Cl-) nos faz deduzir ser a hipervolemia plasmática induzida pela nefrectomia 5/6 o determinante para absorção e ou secreção desses íons no cólon.
Abstract: The nephrectomy 5/6 is a surgical procedure most commonly used in physiology laboratories to reproduce chronic renal failure due to its reproducibility and practicality. Patients with IR or nephrectomized present hemodynamic disorders such as fluid overload and accumulation of azotônicas substances in plasma, which can have serious complications in various organs. The aim of this research was to evaluate the changes that nephrectomy 5/6 can cause colonic permeability of rats to water and electrolytes (Na+,K+,Cl-) after 3,7 and 14 days of renal failure The project was approved by CEUA-UFC protocol with n° 11/15. 92 animals were used (male rats Wistar, weighing 280-300 g) divided into three groups 3 days post-nephrectomy 5/6 7-days nephrectomy 5/6 and 14 days after nephrectomy 5 / 6- each group being formed by a SHAM and an experimental. For studies of colonic permeability of water and electrolytes, the animals were anesthetized with urethane, and then subjected to colonic infusion Tyroad + phenol red for 60 min. For all experiments, we monitor hemodynamic parameters (systolic-PAS blood pressure, central venous pressure, PVC, often heart-FC and blood volume- VS) and also biochemical plasma concentrations of urea and creatinine. Our biochemical results of bun and serum creatinine in groups 7 and 14 days confirmed the renal failure after nephrectomy 5/6 (114,8±1,8dl/ml; 165,6±7,2dl/ml) e (0,95±0,02dl/ml; 1,3± 0,07dl/ml) respectively. Groups 7 and 14 days post-nephrectomy 5/6 also showed significant blood volume changes (11,12±0,37 ml) e (15,83±0,82ml) The group 3 days did not present biochemical or significant hemodynamic results and insignificant colonic secretion of water and electrolytes (Na+,K+,Cl-) Correlation by linear regression curves between the colonic secretion of water and electrolytes in the blood volume in the group 7days performed quite significant in this work. We conclude that the 5/6 nephrectomy proved effective in chronic renal failure model, as promoted successive rise in urea levels and serum creatinine. The nephrectomy 5/6 promoted colonic secretion into water and electrolytes becoming evident in rats in groups 7 and 14 days post-nephrectomy. The close relationship of blood volume changes in group 7 days with the secretion of water and electrolytes (Na+, k+, Cl-) It makes us deduct be plasma hyperglycemia induced by 5/6 nephrectomy the decisive for absorption and secretion of these ions or in the colon.
Description: FREIRE, E.G. Nefrectomia 5/6 e sua influência na permeabilidade colônica de água e eletrólitos em ratos acordados. 2016. 114 f. Dissertação (MESTRADO EM BIOTECNOLOGIA) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26103
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_egfreire.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.