Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2617
Título: Saccharomyces boulardii reverte a resposta inflamatória e funcional presente na mucosite intestinal induzida por 5-fluorouracil em camundongos
Título em inglês: Saccharomyces boulardii ameliorates the inflammation and gastric dysmotility presents in intestinal mucositis induced by 5-fluorouracil in mice
Autor(es): Justino, Priscilla Fernanda Campos
Orientador(es): Soares , Pedro Marcos Gomes
Palavras-chave: Doenças Inflamatórias Intestinais
Antineoplásicos
Probióticos
Data do documento: 2011
Citação: JUSTINO, P. F. C. (2011)
Resumo: A mucosite induzida por antineoplásicos é um fator limitante na terapia anticâncer. O trato gastrintestinal é vulnerável por causa da alta proliferação e frequência de renovação celular. Saccharomyces boulardii (SB) é uma levedura probiótica que é utilizado para proteger a microflora gastrintestinal do desequilíbrio e de distúrbios gastrintestinais associados. Objetivos: Avaliar o efeito do tratamento com SB na resposta inflamatória e nas alterações da motilidade digestiva no curso da mucosite intestinal experimental induzida por 5-FU. Métodos: Camundongos machos Swiss (25-30g) foram tratados com 5-FU (450mg/Kg, i.p.) ou com solução salina (controle). Outros grupos receberam durante 3 ou 6 dias SB (800mg/Kg, gavagem) até o dia do sacrifício, diariamente. Um grupo pré-tratado recebeu o SB por 3 dias antes e 3 dias depois da administração do 5-FU (SB 6D) e outro grupo recebeu SB somente 3 dias após a administração do 5-FU (SB 3D). No 3º dia após o 5-FU ou 5-FU+SB (3D ou 6D), os animais foram sacrificados, amostras de jejuno e íleo foram retiradas para avaliar a injúria epitelial por morfometria, escores histológicos, atividade de MPO, níveis de nitrito e concentração de GSH. Para avaliação de citocinas pelo método de ELISA foi determinada a concentração de IL-1β e CXCL1. Já na técnica de esvaziamento gástrico os animais receberam o mesmo tratamento descrito anteriormente. Posteriormente, foram deixados em jejum de 18 horas. No 7º dia foram administrados 0,3 ml da solução glicosada (5%) contendo vermelho de fenol (VF) a 0,75 mg/ml em cada animal. Após 20 min, os animais foram sacrificados e submetidos a uma laparotomia mediana. O intestino delgado foi exposto e divido em 3 partes iguais: proximal, medial e distal. Com o auxílio de uma proveta contendo uma solução de NaOH (100ml, 0,1N) o volume do estômago e dos segmentos do intestino delgado foram determinados. A absorbância da amostra foi lida à 540nm. Resultados: O tratamento com 5-FU foi capaz de induzir uma lesão intestinal com um importante comprometimento da barreira epitelial funcional com a presença das seguintes alterações: encurtamento acentuado das vilosidades intestinais, necrose parcial de criptas, vacuolização de células, presença de infiltrado de polimorfonucleares, produção de radicais livres com consumo de GSH, aumento dos níveis de nitrito, aumento na concentração de IL-1β e CXCL1 e alterações na motilidade digestiva. O tratamento com SB reduziu significativamente as lesões intestinais, com recuperação da altura dos vilos, recuperação da profundidade das criptas, diminuição do infiltrado neutrofílico e dos níveis de nitrito, aumento dos níveis de glutationa e redução da concentração de IL-1β e CXCL1. Contudo, o tratamento com SB foi capaz de reverter o retarde do esvaziamento gástrico e do transito gastrintestinal. Conclusão: 5-FU induz mucosite intestinal em camundongos com a participação de IL-1β e CXCL1, a qual se associa com retarde no esvaziamento gástrico e no transito gastrintestinal. O tratamento com SB foi capaz de reverter os achados inflamatórios e as alterações na motilidade digestiva associadas à mucosite por 5- FU em camundongos.
Abstract: Intestinal mucositis is a frequent side-effect associated to 5-fluorouracil (5-FU) clinical use and results in inflammatory events. It is characterized by epithelial ulcerations in the mucosa and clinical manifestations of abdominal pain, nauseas and diarrhea. Saccharomyces boulardii is a probiotic yeast which has been shown to protect the gastrointestinal microflora from disequilibrium and from associated gastrointestinal disorders. Aim: To evaluate the effect of treatment with Saccharomyces boulardii in inflammatory response and alterations in the gastrintestinal motility in the course of intestinal mucositis experimental induced by 5-FU. Methods: Swiss male mice (25-30g) were treated with 5-FU (450mg/Kg, ip) or saline (control). Other groups received 3 or 6 days during SB (800mg/Kg, gavage) until the day of sacrifice, every day. A group pretreated received the SB for 3 days before and 3 days after administration of 5-FU (SB 6D) and another group received SB only 3 days after administration of 5-FU (SB 3D). At day 3 after 5-FU, the animals were sacrificed, samples of jejunum and ileum were collected to assess the injury epithelial morphometry, histological scores, the activity of MPO, nitrite levels and the concentration of GSH. For evaluation of cytokine samples of jejunum and ileum were removed and the ELISA was determined concentrations of IL-1β and CXCL1. In the technique of gastric emptying, the animals received the same treatment described above. Later, they were left to fast for 18 hours from d6 to d7. At d7, were administered 0.3 ml of glucose solution (5%) containing phenol red (VF) to 0.75 mg / ml in each animal. After 20 min, the animals were sacrificed and underwent a laparotomy. The small intestine was exposed and divided into 3 equal parts: proximal, medial and distal. With the aid of a beaker containing a solution of NaOH (100ml, 0.1 N) the volume of the stomach and small intestine segments were determined. The sample absorbance was read in a wavelength of 540 nm. Results: Treatment with 5-FU was able to induce intestinal injury with a significant impairment of epithelial barrier function in the presence of the following changes: severe shortening of the villus, crypts of partial necrosis, vacuolization of cells, infiltration and mono polymorphonuclear free radical production with consumption of GSH, increased levels of nitrite, increased concentration of IL-1β and CXCL1 and changes in gastrointestinal motility. Treatment with SB significantly reduced intestinal damage, with recovery of villous height, crypt depth recovery, decreased neutrophil infiltration and nitrite levels, increased levels of glutathione and reduced concentrations of IL-1β and CXCL1. However, treatment with SB was able to reverse the delayed gastric emptying and gastrointestinal transit. Conclusion: 5-FU induces intestinal mucositis in mice involving IL-1β and CXCL1, which is associated with delayed gastric emptying and gastrointestinal transit in. Treatment with SB, both 3D and 6D, were able to reverse the inflammatory changes, and revert the changes in gastrointestinal motility associated with mucositis by 5 - FU in mice.
Descrição: JUSTINO, Priscilla Fernanda Campos. Saccharomyces boulardii reverte a resposta inflamatória e funcional presente na mucosite intestinal induzida por 5-fluorouracil em camundongos. 2011. 89 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2617
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_pfcjustino.pdf2,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.