Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2626
Título: Desenvolvimento de modelo experimental de neuropatia sensitiva periférica induzida pelo agente antineoplásico oxaliplatina em camundongos
Título em inglês: Development of experimental model of peripheral sensitive neuropathy prompted by the oxaliplatin in mice
Autor(es): Pontes, Renata Bessa
Orientador(es): Vale , Mariana Lima
Palavras-chave: Compostos de Platina
Doenças do Sistema Nervoso Periférico
Data do documento: 2009
Citação: PONTES, R. B. (2009)
Resumo: Oxaliplatina (OXL) é a 3ª geração de agentes platinos com amplo espectro de atividade antitumoral. Exibe potente atividade citotóxica, incluindo câncer colorretal, ovariano e pulmonar. Dentre os efeitos tóxicos estão: laringoespasmo, náuseas, vômitos, fadiga e neuropatia periférica, foco desse trabalho. Essa pesquisa objetivou desenvolver um modelo experimental para estudo da neuropatia sensitiva periférica induzida por OXL em camundongos que são animais geneticamente mais semelhantes ao ser humano, econômicos e dado a existência de espécies diferentes para vários fatores. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa Animal da UFC (protocolo nº 70/07). Camundongos Swiss machos (20-40g) foram tratados com OXL (1-4 mg/kg, EV) por 4 semanas paralelamente aos testes neuropáticos utilizados para avaliar o desenvolvimento da neuropatia sensitiva e Rota Rod para verificar comprometimento motor. A hiperalgesia e alodínia térmica foram avaliadas pelo teste de imersão da cauda (TIC) em água fria (4 ou 10ºC) e em água aquecida (46 ou 42ºC). O teste de hiperalgesia e alodínia mecânico (HPM; Von Frey) consistiu na estimulação das patas traseiras com um sensor de força (g) até a sua retirada por um movimento de “flinch”. Foi ainda verificado a ação analgésica da carbamezepina (CZP), oxcarbazepina (OZP), gabapentina (GABAP) e indometacina (INDO) no TIC água fria. Foi realizado a imunohistoquímica das patas traseiras dos animais em 24h e de 7 a 28 dias. Como resultados observou-se que no HPM houve uma diminuição significativa (p<0,001) no limiar nociceptivo a partir do 14º dia atingindo o máximo na dose de 2mg/kg comparado ao grupo controle. No TIC 4ºC houve uma diminuição significativa (p<0,05) no limiar nociceptivo no 56º dia, no TIC alodínia pelo frio (10ºC) foi observado uma diminuição significativa (p<0,01) no limiar nociceptivo também no 56º dia, no TIC alodínia pelo quente (42ºC) foi observado uma diminuição significativa (p<0,05) no limiar nociceptivo a partir do 35º dia. Esses testes atingiram o máximo na dose de 1mg/kg comparados com o grupo controle e no TIC 46ºC foi observado uma diminuição significativa (p<0,01) no limiar nociceptivo a partir do 49º dia atingindo o máximo na dose de 1 e de 4mg/kg comparado ao grupo controle. No teste Rota Rod nenhuma variação significativa foi observada em nenhum dos grupos, indicando a ausência de comprometimento motor. O tratamento com CZP (0,3-30mg/kg), OZP (0,3-100mg/kg) e GABAP (6-54mg/kg) aumentou o limiar nociceptivo, indicando efeito analgésico e INDO (1-4mg/kg) não demonstrou atividade analgésica nesse modelo. Na análise da imunohistoquímica ficou comprovado que existe a participação provável de SP, CGRP e NMDA periféricos e nitrotirosina. Portanto, o uso de camundongos e do diferente método de administração da OXL (EV) pode ser utilizado em modelos futuros viabilizando o uso do fármaco para tratamento do câncer, principalmente o colorretal, com todo o esquema terapêutico, sem que a NSP interfira nas atividades de vida do paciente tratado.
Abstract: Oxaliplatin (OXL) is a third-generation platinum-based chemotherapy with broad spectrum of anti-tumoral activity. Exhibt potent cytotoxic activity including against cancer colorectal, ovarian and lung cancer. Among the toxic effects are: laryngospasm, nauseas, vomiting, fatigue and peripheral neuropathy, focus of that work. That research planned to develop an experimental model for study of the peripheral neuropathy induced by OXL in mice that are animal genetically more similar to the human, economic and given the knockout species existence for several factors. The study was approved by the Committee of Ethics in Animal Research of the UFC (protocol nº 70/07). Mice Swiss male (20-40g) were treated with OXL (1-4 mg/kg, EV) for 4 weeks in parallel to the neurophatic tests utilized for evaluate the development of the peripheral neuropathy and Route Rod for verify some motor compromise. To mechanical hyperalgesia and allodynia thermal were evaluated by the test of immersion of the tail (TIC) in cold water (4 or 10ºC) and in water heated (46 or 42ºC). The test of hyperalgesia and allodynia (HPM; Von Frey) consisted of the stimulation of the rear paws with a sensor of force (g) up to his retreat by a movement of "flinch". It was still verified the analgesic action of the carbamezepine (CZP), oxcarbazepine (OZP), gabapentin (GABAP) and indomethacin (INDO) in the TIC cold water. It was carried out to immunohistochemical of the hands paws of the animals in 24h and of 7 to 28 days. The results shows that in the HPM had a significant reduction (p<0,001) in the nociceptive threshold from the 14º day reaching the maximum one in the dose of 2mg/kg compared to the control group. In the TIC 4ºC had a significant reduction (p<0,05) in the nociceptive threshold in the 56º day, in the TIC allodynia by the cold one (10ºC) was observed a significant reduction (p<0,01) in the nociceptive threshold also in the 56º day, in the TIC allodynia by the hot one (42ºC) was observed a significant reduction (p<0,05) in the nociceptive threshold from the 35º day. Those tests reached the maximum one in the dose of 1mg/kg compared with the control group and in the TIC 46ºC was observed a significant reduction (p<0,01) in the nociceptive threshold from the 49º day reaching the maximum one in the doses of 1 and 4mg/kg compared to the control group. In the test Route Rod no significant variation was observed in no of the groups, indicating the absence of motor compromise. The handling with CZP (0,3-30mg/kg), OZP (0,3-100mg/kg) and GABAP (6-54mg/kg) increased the nociceptive threshold, indicating analgesic effect and INDO (1-4mg/kg) did not show analgesic activity in that model. In the analysis of the immunohistochemical was verified that exists the probable participation of SP, CGRP and NMDA peripheral and nitrotyrosine. Therefore, the use of mice and of the different approach of administration of the OXL (EV) can be utilized in future models making feasible the use of the drug for handling of the cancer, mainly the colorectal, with all the therapeutic plan without that to NSP interfere in the activities of the treated patient.
Descrição: PONTES, Renata Bessa. Desenvolvimento de modelo experimental de neuropatia sensitiva periférica induzida pelo agente antineoplásico oxaliplatina em camundongos. 2009. 132 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2626
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_rbpontes.pdf1,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.