Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2643
Título: Avaliação do tratamento adjuvante com tamoxifeno em mulheres com câncer de mama
Título em inglês: Evaluation of the adjuvant treatment with tamoxifen in women with breast cancer
Autor(es): Alencar, Victor Hugo Medeiros
Orientador(es): Moraes, Maria Elisabete Amaral de
Palavras-chave: Neoplasias da Mama
Tamoxifeno
Data do documento: 2006
Citação: ALENCAR, V. H. M. (2006)
Resumo: O câncer de mama foi descrito há muitos anos e documentado, pela primeira vez, por Imhotep, médico, astrólogo e arquiteto egípcio, nascido em 2.650 antes de Cristo (a.C.) que recomendava àquela época, como tratamento, a cauterização do tecido doente. Tamoxifeno é o fármaco mais prescrito no tratamento do câncer de mama. Sua utilização é principalmente na modalidade adjuvante, em pacientes pré ou pós menopausadas, receptor de estrógeno e/ou progesterona positivos. É também utilizado no tratamento da doença localmente avançada e metastática e em menor proporção nas pacientes com contra-indicação formal de cirurgia ou que se recusam a se submeter a esta modalidade de tratamento. Na neo-adjuvância é utilizada apenas em ensaios clínicos. O tamoxifeno também diminui, na adjuvância por cinco anos, a probabilidade de recidiva em 47% e de morte por câncer de mama em 26% e os dois principais efeitos colaterais, apesar de raros, são aumento da prevalência de câncer de endométrio e de fenômenos tromboembólicos. Este estudo teve como objetivo principal avaliar as pacientes portadoras de câncer de mama, no Instituto do Câncer do Ceará, tratadas com tamoxifeno de forma adjuvante, no período de janeiro de 1993 a 1996, com relação aos principais benefícios e efeitos colaterais, bem como análise de sobrevivência. Prontuários de setecentos e quarenta e duas pacientes foram analisados no que diz respeito aos dados sócio- demográficos, idade, status menopausal, estadiamento clínico e patológico, dosagem de receptores de estrógeno e progesterona, casos de câncer de endométrio, principais sítios de metástases, modalidade de tratamento cirúrgico, radioterápico e quimioterápico, causas de óbito, tipo histológico, status dos linfonodos axilares e análise de sobrevivência de acordo com o estadiamento. Concluiu-se que a maioria dos dados estão de acordo com a literatura e que o prejuízo da análise foi resultante da qualidade dos registros realizados nos prontuários, devendo cada vez mais os médicos serem estimulados a documentar, de forma clara e legível, o maior número de informações possíveis, não apenas as positivas, mas todas aquelas que, mais freqüentemente, possam ter relação com a utilização de qualquer medicamento prescrito.
Abstract: Breast cancer is a disease that was described many years ago and has been documented, for the first time, by Imhotep, physician, astrologer and Egyptian architect, born in 2.650 before Christ (b.C.), who recommended, at that time, as a way of treatment, cauterization of the diseased tissue. Tamoxifen is the drug more prescribed in the treatment of breast cancer. It’s use is mainly in the adjuvant modality, in pre or post menopaused patients positive estrogen and/or progesteron receptors. It’s used in the treatment of locally advanced and metastatic disease and in smaller proportion in patients with formal contraindication of surgery or that refuse to submit this treatment modality. In the neoadjuvancy it is just used in clinical research. The tamoxifen also reduces in the adjuvant modality during five years, the probability of recurrence in 47% and deaths caused by breast cancer in 26% and the two main side effects, in spite of rare, are the increase of the prevalence of endometrial cancer and of thromboembolic phenomenas. This study had as main objective to evaluate the patients, breast cancer bearers, in the Institute of Cancer of Ceará, treated with tamoxifen in the adjuvant form in the period of 1993 to 1996 regarding the main benefits and side effects, as well as survival analysis. Seven hundred forty-two patients’prontuaries were analyzed in respect to the demographic datas, age, menopausal status, clinical and pathological staging, dosage of estrogen and/or progesterone receptors, cases of endometrial cancer, main local metastasis, modality of surgical treatment, radiotherapy and chemotherapy, death causes, histological type, status of the axillary lymph nodes and survival analysis in agreement with the staging. We concluded that most of the data is in agreement with the literature and that the demage of the analysis was resulting from the quality accomplished found in the prontuaries. Also, doctors should be more and more stimulated to document, in a clear and readable way, the largest number of possible information, not just the positive ones, but all those that more frequently can have relationships with the use of any prescribed medicine.
Descrição: ALENCAR, Victor Hugo Medeiros. Avaliação do tratamento adjuvante com tamoxifeno e sobrevida em mulheres com câncer de mama. 2006. 166 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2643
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_dis_vhmalencar.pdf1,4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.