Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26510
Title in Portuguese: Prospecção geológica e geofísica das ocorrências de Cu-Fe-P do tipo IOCG, borda oeste do arco magmático de Santa Quitéria, Ipaporanga/CE
Author: Silva, Cristian Dikson Araújo da
Advisor(s): Parente, Clovis Vaz
Issue Date: 2016
Citation: SILVA, C. D. A. (2016)
Abstract in Portuguese: Depósitos do tipo IOCG atraem muita atenção do meio acadêmico e das empresas de mineração, pois além de uma associação mineral interessante, formam depósitos de Fe-Cu-Au de alta tonelagem. Na borda oeste do Arco Magmático de Santa Quitéria existem algumas ocorrências de minério de Fe-Cu-P que se mostram com características semelhantes a esse tipo de depósito. Esta dissertação objetivou descrever as características geológicas desse minério para classifica-lo, ou não, como IOCG, além de fazer uma avaliação do potencial prospectivo utilizando os dados geológicos e geofísicos de polarização induzida e magnetometria. As rochas hospedeiras do minério consistem em metarriolitos, metabasalto-andesíticos, metadioritos albitizados, gabros, pertencentes à Unidade Estreito, que se encontram intercalados com paragnaisses com granada e calcissilicáticas da Unidade Canindé, recortadas por biotita granito, dioritos porfiriticos, cuja idade resta saber. Em função das rochas hospedeiras e do tipo de minério, pode-se classificar as ocorrências em cinco tipos distintos, que podem ter gêneses distintas: 1) minério magnetítico-apatítico de aspecto tabular ou stratabound; 2) minério magnético-apatítico, isotrópico, de granulação finas; 3) minério disseminado e em filões em intrusão quartzo diorítica hidrotermalizada; 4) minério hematítico maciço; 5) minério magnetítico maciço tipo skarn. Os dados geofísicos foram bastante úteis pra realizar a análise do potencial prospectivo, visto que grande parte das rochas e minérios encontram-se recobertos por sedimentos inconsolidados da Serra da Ibiapaba. Considerando os tipos de minério os métodos geofísicos integrados permitiram selecionar possíveis áreas de concentração de três tipos de mineralização, segundo os seguintes parâmetros: 1) valores altos anômalos de cargabilidade e suscetibilidade magnética podem estar relacionados com rochas compostas por sulfetos disseminados de cobre e ferro com magnetita associada; 2) valores altos anômalos só de cargabilidade podem estar relacionados com corpos de sulfetos disseminados de cobre e ferro não magnéticos; 3) valores altos anômalos de suscetibilidade magnética devem estar associados somente com a presença de minerais magnéticos fracamente polarizáveis. As características geológicas dos cinco tipos de mineralizações enriquecidas em ferro levam a crer que são mineralizações pertencentes há um sistema magmático/hidrotermal do tipo IOCG e skarn. A geofísica em ambiente 3D mostrou que as anomalias de IP possuem continuidade lateral seguindo a direção preferencial N-S. Existem ainda, corpos de hematita maciça que não são detectáveis pelos métodos geofísicos, pois a hemaita não polariza e não é magnética, tornando a área ainda mais interessante há ser prospectada. Para confirmar o potencial da área em estudo, é necessário uma campanha de sondagem inicial que intercepte as principais anomalias geofísicas, identificando assim as fontes anômalas.
Abstract: IOCG type deposits attracts much attention from academia and the mining companies, because in addition to an interesting mineral association, form high tonnage deposits. On the western border of the Magmatic Arc of Santa Quiteria there are some ore occurrences of Fe-Cu-P which show similar characteristics to this type of deposit. This dissertation aims to describe the geological characteristics of the ore to classify it or not, as IOCG, in addition to an assessment of the prospective potential using geological and geophysical data of the magnetometry and induced polarization. Host ore rocks consist of metarhyolites, metabasalte-andesites, albitized metadiorites, gabros, belonging to the Estreito Unit, which are interspersed with gneisses with garnet and calcissilicates of Canindé unit, cut by biotite granite, diorite porphyritic, whose age remains to be seen. Depending on the host rock and ore type, can be classified occurrences in five distinct types, which can have different genesis: 1) apatite-magnetite ore stratabound; 2) magnetic-apatite ore, isotropic fine-grained; 3) disseminated ore and veins in quartz dioritic intrusion hydrothermalized; 4) massive hematite ore formed by hematite; 5) massive magnetite skarn type ore. The geophysical data were of great use to perform the analysis of the prospective potential, since most of the rocks and minerals are covered by unconsolidated sediments of Ibiapaba Sierra. Considering the types of ore integrated geophysical methods allowed to select possible areas of concentration of three types of mineralization, according to the following parameters: anomalous high values of chargeability and magnetometry may be related to rocks composed of sulfides disseminated copper and iron with associated magnetite; Anomalous high values of chargeability can only be related to disseminated sulphides bodies of copper and iron nonmagnetic; anomalous high values of magnetometry must be associated only with the presence of polarizable weakly magnetic minerals. The geological characteristics of the five types of mineralization enriched in iron suggest that mineralization are owned there is a magmatic/hydrothermal system IOCG type and skarn. The geophysical 3D environment showed that the induced polarization anomalies have lateral continuity following the preferred direction N-S. There are also massive hematite bodies that are not detectable by geophysical methods because hematite not polarize and is not magnetic, making the area even more interesting there be prospected. To confirm the potential of the study area, an initial drilling campaign is necessary to intercept the main geophysical anomalies, thus identifying anomalous sources.
Description: SILVA, Cristian Dikson Araújo da. Prospecção geológica e geofísica das ocorrências de Cu-Fe-P do tipo IOCG, borda oeste do arco magmático de Santa Quitéria, Ipaporanga/CE. 2016. 120 f. Dissertação (Mestrado em Geologia)-Universidade Federal do Ceará, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26510
Appears in Collections:DGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_cdasilva.pdf21,71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.