Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26514
Title in Portuguese: Agroecologia no município de Mauriti- Ceará: experiências dos agricultores familiares na implantação do sistema mandala
Title: Agroecology in the municipality of Mauriti- Ceará: experiences of family farmers in the implementation of the mandala system
Author: Lucena, Tiago Cartaxo de
Advisor(s): Sampaio, José Levi Furtado
Keywords: Agroecologia
Agricultura familiar
Mandala
Issue Date: 2016
Citation: LUCENA, T. C. (2016)
Abstract in Portuguese: Em meio aos processos de expansão do capitalismo no campo, à elevada concentração de terra e a atividades de produção ligadas ao agronegócio, surgiu a curiosidade de realizar o estudo com recorte espacial que tem como foco o município de Mauriti-CE, a partir de uma discussão voltada para as experiências desenvolvidas nesse município, por agricultores familiares que trabalham com a agricultura agroecológica no sistema mandala em busca de compreender seu desenvolvimento social, econômico e cultural. O qual que tem a capacidade de utilizar as potencialidades da produção agroecológica local, valorizando os hábitos tradicionais da região, possibilitando a inclusão social dos agricultores familiares, fornecendo maior qualidade nos produtos agroecológicos consumidos na alimentação, além de preservar a diversidade, respeitar a cultura regional e também possibilitar a concretização de novos mercados para a agricultura familiar. Nesse contexto, o referido trabalho tem como objetivo principal analisar as experiências agroecológicas no município de Mauriti/CE, com destaque para o sistema orgânico de produção das mandalas. A partir da analise das bases epistemológicas da agricultura orgânica, identificar as experiências dos agricultores sobre a agricultura orgânica, entender o manejo das mandalas, perceber os processos de assistência técnica, diagnosticar as experiências práticas de agricultura orgânica e de agroecologia no município, para compreender as experiências agroecológicas que ocorreram no município de Mauriti-Ce, entre o período de 2008 a julho de 2016. A metodologia adotada é baseada no trabalho desenvolvido por Demo em 2002, sendo de grande importância o embasamento de referenciais teóricos relacionados à agroecologia, às mandalas e aos sistemas orgânicos de produção. Concepções também concepções subjetivas e práticas realizadas pelos atores sociais pesquisados, possibilitam o entendimento da realidade local a partir do método da pesquisa participante com os agricultores que trabalham nesse sistema no município de Mauriti-CE, com o uso de questionários, além de entrevistas semiestruturadas e conversas informais. Após a tabulação dos dados coletados na aplicação dos questionários, houve a agregação através da análise dos elementos primários e secundários na incorporação das informações prestadas pelos agricultores. Com a implantação do sistema, foi possível observar benefícios sociais e econômicos, como por exemplo, a oferta de alimentos seguros, com qualidade e valor agregado no Município de Mauriti no Estado do Ceará. Também foi identificado que no período analisado o sistema não teve êxito para todos os produtores ou comunidades, devido a alguns fatores como, por exemplo, a ausência de assistência técnica, desmotivação de alguns produtores, ausência de participação em associações, apesar de grande ser a relevância das políticas públicas para a sociedade e a economia, mesmo não sendo ainda eficientes para atender de forma homogênea a todo o público em foco. Identificou-se que o sistema mandala em Mauriti-CE é um modelo sustentável de produção que possibilita benefícios positivos para a economia. Assim sendo, nos municípios, principalmente de pequeno porte como é o caso do município estudado, a agricultura é de grande importância não só para a economia, sociedade e desenvolvimento local sustentável, mas também para a cultura.
Abstract: Amid the expansion of capitalism processes in the field, the high concentration of land and production activities related to agribusiness, came the curiosity to pursue the study of spatial area that focuses on the city of Mauriti-Ce, from a discussion focused on the experiences developed in this municipality, by farmers who work with agroecological agriculture in the mandala system seeking to understand their social, economic and cultural development. Who has the ability to use the potential of the local agro-ecological production, valuing the traditional habits of the region, enabling social inclusion of family farmers, providing higher quality in agro-ecological products consumed in food, as well as preserving the diversity, respect the local culture and also permit the implementation of new markets for family farmers. In this context, said work has as main objective to analyze agroecological experiences in the city of Mauriti / EC, especially the organic system of the Mandalas. From the analysis of the epistemological foundations of organic agriculture, identify the experiences of farmers on organic farming, understanding the management of mandalas, realize technical assistance processes, diagnose experiences practices of organic agriculture and agroecology in the city, to understand agroecological experiences that occurred in the municipality of Mauriti-Ce, between the period 2008 to July 2016. The methodology is based on the work of Demo in 2002, is of great importance the basis of theoretical frameworks related to agroecology, the mandalas and to organic production systems. Conceptions also subjective conceptions and practices carried out by social actors surveyed, enable the understanding of the local reality from the method of participatory research with farmers working in the system in the municipality of Mauriti-Ce, with the use of questionnaires, and semi-structured interviews and informal conversations. After tabulating the data collected in the questionnaires, there was the aggregation through the analysis of primary and secondary elements in the incorporation of the information provided by farmers. With the deployment of the system, it was possible to observe social and economic benefits, such as the supply of safe food, quality and value in Mauriti municipality in the state of Ceará. It was also identified that the period analyzed the system did not succeed to all producers or communities due to factors such as the lack of technical assistance, demotivation of some producers, lack of participation in associations, although much be relevance of public policies for society and the economy, while not yet efficient to meet homogeneously throughout the public focus. It was identified that the mandala system Mauriti-Ce is a sustainable model of production that provides positive benefits to the economy. Thus, in the municipalities, especially small as is the case of the municipality studied, agriculture is of great importance not only for the economy, society and sustainable local development, but also for culture.
Description: LUCENA, Tiago Cartaxo de. Agroecologia no município de Mauriti-Ceará: experiências dos agricultores familiares na implantação do sistema mandala. 2016. 118f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26514
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_tclucena.pdf4,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.