Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2659
Título: Identificação de indicadores e definição de Ambiente estratégico para avaliação de desempenho da extensão universitária
Título em inglês: Identification of pointers and definition of Strategical environment for evaluation of performance of the university extension
Autor(es): FEITOSA, Antonio Indalécio
Orientador(es): RODRIGUES, Maxweel Veras
Palavras-chave: Atividades de Extensão
Auto-Avaliação da Instituição
Extensão Universitária
Indicadores de Desempenho
Data do documento: 2009
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: FEITOSA, A.I; RODRIGUES, M.V. (2009)
Resumo: A presente dissertação compreende dois estágios distintos, no que diz respeito à investigação científica. A princípio, identificam-se indicadores de desempenho e define-se ambiente estratégico, tendo como instrumento metodológico o balanced scorecard – BSC, com embasamento teórico em Kaplan e Norton (1997) e, em particular, no criador do método adaptado, Figueiredo (2002). No tocante às adaptações destacam-se a implementação de novas perspectivas: Organizacional – política e gestão estratégica; Pedagógica – articulação ensino, pesquisa e extensão; de Responsabilidade Social – relação universidade e sociedade e de Produção Científica – publicação científica e tecnológica e a definição do ambiente estratégico de planejamento no contexto da autoavaliação institucional da interface ensino, pesquisa e extensão, por meio de pesquisa de campo e documental. No segundo estágio, avalia-se as atividades de extensão universitária enquanto finalidade da educação superior, destacando-se sua relevância acadêmica, política e social. A pesquisa foi aplicada por amostragem, docentes e alunos da educação superior das diversas áreas de formação profisional, por ocasião da primeira avaliação institucional no ano letivo de 2006, com base nas diretrizes do SINAES – Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior no Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará. A aplicação de questionários a professores e a estudantes (estagiários, bolsistas, voluntários), entrevistas semiestruturadas, consulta a banco de dados sobre as ações extensionistas no período de setembro de 2008 a fevereiro de 2009, entre outros, foram os instrumentos utilizados para a realização deste trabalho, tendo como base, principalmente, o planejamento estratégico para a extensão definido no plano de desenvolvimento institucional para o período 2005/2009. Considrando-se as quatro perspectivas definidas no processo de identificação de indicadores estratégicos, como objetivo geral deste trabalho, os rsultados evidenciam que a classe docente e discente tem claro desconhecimento do planejamento político-pedagógico para a interface ensino, pesquuisa e extensão, apesar dos esforços da alta administração da instituição pesquisada; não obstante, destaca-se o impacto positivo na formaão do aluno e a efetiva contribuição para a inclusão social da clientela atendida, por meio das atividades de extensão; outrossim, percebe-se o grande envolvimento docente em publicação científica e tecnológica, enquanto que, o grupo discente pouco tem participação em atividades de inciação científica. No contexto geral, conclui-se que, estes atores sociais - professores e estudantes, tem participação insignificante na elaboração de políticas e no planejamento estratégico para a extensão universitária, apesar de, adequadamente afirmados no plano de desenvolvimento institucional, conforme demonstrado nos resultados da pesquisa aplicada.
Abstract: This dissertation presents two distinct parts regarding scientific research. At the beginning performance indicators are identified and strategic environment is set up, using the Balanced Scorecard (BSC) as a methodological tool, with a theoretical foundation in Kaplan and Norton (1997) and, in particular, Figueiredo (2002). Among the new adaptations it is highlighted the implementation of new perspectives: Organizational – strategic politics and management; Pedagogical – teaching, research and extension linking; Social Responsibility – university and society relationship and Scientific Production – scientific and technological publication and the definition of the strategic planning environment in the context of institutional self-assessment within the teaching, research and extension interface, through documental and camping research. In the second part, the university extension activities are assessed as an aim of third degree education, expressing your academic, political and social importance. The research was applied by sampling; teachers and students of third degree education from several professional areas, when the first institutional assessment happened in the school year of 2006, based on the guidelines of SINAES – Third Degree Education Assessment National System at Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará. The application of questionnaires to teachers and students (trainees, college program workers, volunteers), semi-structured interviews, research to the database on the extension actions between September of 2008 and February of 2009, among others, were the instruments used for this work, and mainly as a base, the analysis of strategic planning for the extension established in the institutional development plan for the period 2005/2009. Considered the four perspectives defined in the process of identification of strategically pointers, as objective generality of this work, the resulted ones evidence that the teaching and learning classroom clearly has unfamiliarity of the politician-pedagogical planning for the interface education, research and extension, although the efforts of the high administration of the searched institution; not obstante, the positive impact in the translation of the pupil and the effective is distinguished contribution for the social inclusion of the taken care of clientele, by means of the activities of extension; also, perceives the great teaching development in scientific publication and technological, whereas, the learning group little has participation in activities of scientific initiation. In the general context, one concludes that, these social actors - professors and students, have insignificant participation in the elaboration of politics and the strategically planning for the university extension, although, adequately affirmed in the plan of institutional development, as demonstrated in the results of the applied research.
Descrição: FEITOSA, Antonio Indalécio. Identificação de indicadores e definição de ambiente estratégico para avaliação de desempenho da extensão universitária. 2009.129f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2659
Aparece nas coleções:POLEDUC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_aifeitosa.pdf979,44 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.