Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2660
Título: Estudo dos fatores influenciadores dos comportamentos de mobilização dos recursos humanos em um hospital universitário federal brasileiro
Título em inglês: Study of factors that influence the human resources mobilization behaviors in a Brazilian public university hospital
Autor(es): Pinto, Carlos Américo Barreira
Orientador(es): Rodrigues, Maxweel Veras
Palavras-chave: Hospitais Universitários - Organização e Administração
Hospitais Universitários - Recursos Humanos
Administração de Recursos Humanos em Saúde
Administração de Recursos Humanos em Hospitais
Administração de Recursos Humanos
Data do documento: 2009
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: Pinto, C. A. B.; Rodrigues, M. V. (2009)
Resumo: O objetivo desta pesquisa foi estudar a influência das práticas de gestão de recursos humanos e o papel mediador das condições psicológicas de apoio, confiança, justiça e poder de agir (empowerment) na mobilização dos colaboradores do Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará (Fortaleza – CE). Foram consideradas práticas de gestão de recursos humanos aquelas ligadas ao desenvolvimento das competências, à avaliação e feedback sobre o desempenho e ao compartilhamento da informação. Como variáveis mediadoras foram consideradas as condições psicológicas percebidas de apoio organizacional, poder de agir (empowerment), confiança na chefia imediata e justiça procedimental. O estudo teve natureza quantitativo-descritiva, utilizando um questionário estruturado impresso, não identificado, com 93 (noventa e três) perguntas e foi realizado a partir de uma amostra aleatória de 638 (seiscentos e trinta e oito) servidores públicos e funcionários em atividade neste hospital. Foi aplicada estatística descritiva e análise fatorial exploratória, utilizando como procedimentos de estimação multivariados para a análise das relações causais a modelagem de equações estruturais e o bootstrapping. Os resultados revelaram que a hipótese que se referiu à influência direta das práticas de desenvolvimento das competências não se confirmou, porém, as percepções de apoio e de empowerment psicológico mostraram um efeito positivo nos comportamentos de mobilização, o que revela uma influência mediada destas práticas. Ao contrário, não foi confirmada a hipótese da influência positiva das percepções sobre a confiança na chefia imediata. Foi confirmada a hipótese da influência direta e positiva das práticas de compartilhamento da informação, ao mesmo tempo em que não se confirmou a hipótese da influência direta e positiva das práticas de avaliação e feedback sobre o desempenho. Porém, a percepção da justiça procedimental, enquanto mediadora das práticas de compartilhamento da informação, não apresentou influência significativa nos comportamentos, mas quando mediadora das práticas de avaliação e feedback sobre o desempenho, foi plenamente confirmada. Estes resultados indicam que as práticas mobilizadoras de GRH podem estimular a adoção de bons comportamentos por parte dos colaboradores do HUWC/UFC, mas que, porém, podem não ser suficientes, caso não sejam também implementadas práticas de justiça, de apoio, de confiança, de empowerment, que desenvolvam nos empregados sentimentos mais profundos de vínculo afetivo com a instituição e, conseqüentemente, melhore os relacionamentos, a motivação e o desempenho coletivo.
Abstract: The aim of this research was to examine the influence of HRM practices and the mediating role of the psychological conditions of support, trust, justice and empowerment in the mobilization employee’s behaviors of Hospital Universitário Walter Cantídio / Universidade Federal do Ceará (Fortaleza – CE). We considered HRM practices those linked to human resources competence development, evaluation and feedback on performance and information sharing. As mediating variables some psychological conditions, such perceived organizational support, psychological empowerment, trust in leadership and procedural justice. The study has descriptive-quantitative nature, using a structured questionnaire, not identified, with 93 (ninety-three) questions, carried through a random sample of 638 (six hundred and thirty-eight) hospital employees. It was applied descriptive statistics and exploratory factor analysis, using structural equation modeling and bootstrapping as multivariate estimation procedures for the analysis of causal relationships. The results revealed that the hypothesis concerning the direct influence of competence development practices was not confirmed, however, perceptions of organizational support and psychological empowerment had a positive effect on the behaviors, which shows a mediated influence of these practices. In contrast, the positive influence of perceptions on trust in leadership was not confirmed. The hypothesis of direct and positive influence of information sharing practices was confirmed at the same time the hypothesis of direct and positive influence of the assessment and feedback on performance practices had not been confirmed. However, the perception of procedural justice as a mediator in the information sharing practice, revealed no significant influence on behavior, but working as mediator in the assessment and feedback on performance practice it was fully confirmed. These results indicate that mobilizing HRM practices may stimulate the adoption of positive behaviors by the employees of HUWC / UFC, but, however, may not be sufficient to improve them, if not also implemented practices of justice, support, trust and empowerment, in which employees could develop feelings of deep emotional links to the institution and, consequently, improve relationships, motivation and collective performance.
Descrição: PINTO, Carlos Américo Barreira. Estudo dos fatores influenciadores dos comportamentos de mobilização dos recursos humanos em um hospital universitário federal brasileiro. 2009. 207f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2660
Aparece nas coleções:POLEDUC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_cabpinto.pdf2,52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.