Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2680
Título: Efeito protetor da via hemeoxigenase 1/ biliverdina/ CO em modelos de lesões gástricas em camundongos : papel da guanilato ciclase solúvel (GCS) e DA no sintase (NOS)
Autor(es): Gomes, Antoniella Souza
Orientador(es): Souza , Marcellus Henrique Loiola Ponte de
Palavras-chave: Biliverdina
Data do documento: 2009
Citação: GOMES, A. S. (2009)
Resumo: Avaliar o efeito protetor da via hemeoxigenase 1 (HO-1)/ biliverdina/ CO em modelos de gastropatia em camundongos e o papel da guanilato ciclase solúvel (GCs) e da NOS constitutiva neste evento. Métodos: Protocolo 1: Camundongos foram pré-tratados hemina (indutor da HO-1; 1,3 ou 10mg/Kg, i.p.), biliverdina (produto da HO-1; 1,3 ou 10mg/Kg, i.p.), DMDC (doador de CO; 2,5, 7,5, 12,5 ou 25 μmol/Kg, i.p.) ou ZnPP I(inibidor da HO-1; 0,3, 1,0 ou 3,0 mg/kg. i.p.) uma hora antes da administração por gavagem de etanol 50% (hemina, biliverdina, DMDC) ou 25% (ZnPP IX). Em outro grupo, os animais foram pré-tratados com ODQ (12,5 mg/kg, v.o) ou L-NAME (3 mg/Kg, v.o), trinta minutos antes dos tratamentos citados anteriormente. Depois de 1h, os camundongos foram sacrificados e os estômagos removidos para avaliação das lesões gástricas (Image J). Protocolo 2: Camundongos foram pré-tratados hemina (3,0 mg/kg), biliverdina (3,0 mg/kg), DMDC (12,5 μmol/Kg) ou ZnPPIX (3,0 mg/Kg) uma hora antes da administração de INDO 30 mg/Kg (hemina, biliverdina, DMDC) ou 10 mg/Kg (ZnPP IX). Em outro grupo os animais foram pré-tratados com ODQ (12,5 mg/kg, v.o) ou L-NAME (3 mg/Kg, v.o), trinta minutos antes dos tratamentos citados anteriormente. Três horas depois, os camundongos foram sacrificados e os estômagos removidos para avaliação das lesões gástrica, utilizando um paquímetro digital. Em todos os grupos experimentais, fragmentos da mucosa gástrica foram coletados para determinação da concentração de MDA, GSH e bilirrubina. Outra amostra de tecido foi retirada para analise microscópica e imunohistoquímica. A detecção das citocinas TNF-α, IL-1β e IL-10, bem como a atividade de MPO foram avaliados somente na gastropatia por INDO. Resultados: O etanol aumentou a expressão de enzima HO-1 e dos níveis de bilirrubina no tecido gástrico. Hemina, biliverdina ou DMDC reduziram a lesão gástrica, os níveis de MDA e o consumo de GSH induzido por etanol 50%. Os parâmetros histológicos, edema, hemorragia e perda de células epiteliais, foram diminuídos na presença de hemina, biliverdina ou DMDC. ZnPP IX amplificou o efeito do etanol 25%, aumentando a lesão gástrica, os níveis de MDA e o consumo de GSH. Os parâmetros histológicos também foram amplificados após o tratamento com ZnPP IX. A concentração de bilirrubina se mostrou elevada apenas na gastroproteção induzida por hemina e biliverdina, mas não pelo DMDC. INDO aumentou a expressão da HO-1 e os níveis de bilirrubina na mucosa gástrica. Hemina, biliverdina ou DMDC reduziram a lesão gástrica, a atividade de MPO, os níveis de MDA e aumentaram a concentração de GSH na gastropatia por INDO. Os parâmetros histológicos, edema, hemorragia, perda de células epiteliais e a presença de células inflamatórias, foram inibidas pela hemina, biliverdina ou DMDC. ZnPP IX amplificou o efeito da INDO aumentando a lesão gástrica, a atividade de MPO, os níveis de MDA e o consumo de GSH. Os parâmetros histológicos também foram amplificados após o tratamento com ZnPP IX. Bilirrubina se mostrou elevada apenas na gastroproteção induzida por hemina e biliverdina, mas não pelo DMDC. Hemina, biliverdina e DMDC diminuíram as concentrações de TNF-α e IL-1β e aumentaram a IL-10. ODQ e L-NAME reverteram o efeito protetor do DMDC, mas não da biliverdina, na gastropatia induzida por etanol ou INDO. Conclusão: A via HO-1/biliverdina/CO participa do processo de defesa da mucosa gástrica contra lesões induzidas por etanol ou INDO. Na gastropatia por etanol, a proteção é dependente da ação antioxidante da bilirrubina e CO. Entretanto, no modelo de gastropatia por INDO, observamos uma ação antioxidante e antiinflamatória. Evidenciamos ainda que o mecanismo de ação gastroprotetor do CO, mas não da biliverdina é dependente da via CO/GMPc/NOS.
Abstract: To evaluate the protective effect of the heme-oxygenase 1 (HO-1)/biliverdin/CO pathway in models of gastropathy in mice, evaluating the role of the soluble guanylate cyclase (GCs) and of the constitutive NOS in this event. Methods: Protocol 1: Mice were pre-treated with hemin (HO-1 inducer; 1,3,10 mg/Kg, i.p.), biliverdin (HO-1 product; 1,3 or 10 mg/Kg., i.p.), DMDC (CO donor; 2.5, 7.5, 12.5 or 10 µmol/Kg, i.p.) or ZnPP IX (HO-1 antagonist; 0,3, 1 or 3 mg/kg. i.p.), one hour before, gastric damage was induced by ethanol 50% (hemin, biliverdin, DMDC) or 25% (ZnPP IX). In another group, the animals were pre-treated with ODQ (12.5 mg/kg, v.o) or L-NAME (3 mg/Kg, v.o), thirty minutes before of the treatments cited previously. After 1h, the mice were sacrificed and the stomachs removed for evaluation of the gastric lesions (Image J). Protocol 2: Mice were pre-treated with hemin (3 mg/Kg, i.p.), biliverdin (3 mg/Kg., i.p.), DMDC (12,5 µmol/Kg) or ZnPP IX (3,0 mg/kg), one hour before of the administration of INDO 30 mg/Kg (hemin, biliverdin, DMDC) or 10 mg/Kg (ZnPP IX). In another group, the animals were pre-treated with ODQ (12.5 mg/kg, v.o) or L-NAME (3 mg/Kg, v.o), thirty minutes before of the treatments cited previously. Three hours after, the mice were sacrificed and the stomachs removed for evaluation of the gastric lesions, utilizing a digital paquimetry. In all of the experimental groups, fragments of the gastric mucous were collected for determination of the concentration of MDA, GSH or bilirubin. Another samples of tissue was removed for microscopic analyzes and HO-1 expression by immunohistochemistry. The detection of the TNF-α, IL-1β, IL-10 and MPO activity were evaluated only in the INDO gastropathy. Results: Ethanol increased the expression of HO-1 and the levels of bilirrubin in the gastric tissue. Hemin, biliverdin and DMDC reduced gastric damage, MDA levels and GSH consume in ethanol 50%- induced gastropathy. The histological parameters, edema, hemorrhage and loses of epithelial cells, were diminished in the presence of hemin, biliverdin or DMDC. ZnPP IX amplified the ethanol-induced gastric lesion, increased MDA formation and decreased the GSH concentration in gastric mucosa. The histological parameters also were amplified after the handling with ZnPP IX. Bilirubin concentration was elevated during the protection induced by hemin and biliverdin, but not DMDC. INDO increased the HO-1 expression and the bilirrubin levels in the gastric mucosa. Hemin, biliverdin or DMDC reduced the gastric lesion, the MPO activity, and the MDA levels and increased the GSH concentration in the gastropathy INDO- induced. The histological parameters, edema, hemorrhage, loss of epithelial cells and the presence of inflammatory cells, were inhibited by hemin, biliverdin or DMDC. ZnPP IX amplified the effect of the INDO increasing the gastric lesion, the MPO activity, the MDA levels and the GSH consume. The histological parameters also were amplified after the handling with ZnPP IX. Bilirubin was shown elevated during the protection induced by hemin and biliverdin, but not DMDC. Hemin, biliverdin and DMDC diminished the TNF-α and IL-1β concentrations and increased the IL-10. ODQ and L-NAME completely abolished the DMDC protective gastric effect, but not biliverdin in the gastropathy ethanol or INDO- induced. Conclusion: HO-1/biliverdin/CO pathway plays a protective effect against ethanol or INDO-induced gastric damage. In the gastropathy by ethanol, the protection is dependent of the anti-oxidant action by bilirubin and CO. However, in the model of INDO gastropathy, we observe an anti-oxidant and anti-inflammatory action. The mechanism of gastro protective action of the CO, but not of the biliverdin, is dependent of the CO/ NOS/ GMPc pathway.
Descrição: GOMES, Antoniella Souza. Efeito protetor da via hemeoxigenase 1/Biliverdina/CO em modelos de lesões gástricas em camundongos : papel da guanilato ciclase solúvel (GCS) e da sintase (NOS). 2009. 200 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2680
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_asgomes.pdf2,2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.