Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2684
Título: Estudo do efeito farmacológico da alfa, beta-amirina, uma mistura de triterpenos isolada de Protium heptaphyllum, na pancreatite aguda experimental
Título em inglês: Pharmacological study of the effect of alfa,β-amyrin, a mixture of triterpenes isolated from Protium hepthaphyllum in acute pancreatitis experimental
Autor(es): Melo, Caroline Mourão
Orientador(es): Santos , Flávia Almeida
Palavras-chave: Pancreatite
Ceruleína
Citocinas
Data do documento: 2009
Citação: MELO, C. M. (2009)
Resumo: Os triterpenos pentacíclicos são compostos naturais com atividade antiinflamatória e citoprotetora e são relativamente atóxicos. A pancreatite aguda, uma inflamação aguda do pâncreas, pode levar à síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SRIS) e à síndrome da disfunção múltipla de órgãos (MODS), condições que podem levar o paciente ao óbito. Neste trabalho, a mistura de triterpenos pentacíclicos alfa,β-amirina, isolada do Protium hepthaphyllum, foi investigada quanto aos seus efeitos nos modelos de pancreatite aguda induzida por L-arginina em ratos e por ceruleína em camundongos. No modelo de pancreatite aguda induzida por L-arginina, ratos Wistar machos foram tratados com a mistura de alfa,β-amirina (10, 30 e 100 mg/kg, v.o.) ou com o veículo (2% de Tween 80 em água destilada, 10ml/kg) 48, 24 e 1,5h antes da administração de L-arginina (2 x 2,5 g/kg; 1 h de intervalo) ou com metilprednisolona (30 mg/kg, i.m.) 30 min antes da administração de L-arginina. Na pancreatite induzida por ceruleína, camundongos Swiss machos foram tratados com a mistura de alfa,β-amirina (10, 30 e 100 mg/kg, v.o.) ou com o veículo (2% de Tween 80 em água destilada, 10ml/kg) 48, 24 e 1,5h antes da administração de ceruleína (5 x 50 μg/kg; 1 h de intervalo) ou com talidomida (200 mg/kg, v.o.) 1h antes da administração de ceruleína. Animais tratados apenas com salina (0,9%, NaCl) foram incluídos nos dois modelos. Foram analisados o edema pancreático, níveis séricos de amilase, lipase e citocinas (TNF alfa, IL-6), mieloperoxidase, substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), histologia e imunohistoquímica (TNF-alfa, iNOS e nitrotirosina) pancreática. L-arginina e ceruleína aumentaram significativamente o edema pancreático e os níveis séricos de amilase, lipase, TNF alfa, IL-6. A avaliação histopatológica do pâncreas revelou a presença de edema, infiltração neutrofílica, hemorragia, vacuolização e necrose acinar. Foi observado um aumento acentuado na expressão de TNF alfa, iNOS e nitrotirosina na avaliação por imunohistoquímica. O pré-tratamento com alfa e beta-amirina (10, 30 e 100 mg/kg, v.o.), metilprednisolona (30 mg/kg, i.m.) ou talidomida (200 mg/kg, v.o.) atenuaram significativamente a severidade da pancreatite aguda induzida tanto por L-arginina, quanto por ceruleína, evidenciado pela redução do edema pancreático, amilase, lipase e citocinas séricas, mieloperoxidase e TBARS pancreático. Além disso, o tratamento com alfa,β-amirina e com as drogas de referência suprimiram as alterações histopatológicas e a expressão de citocinas e nitrotirosina pancreáticas. Em conjunto, esses resultados indicam que alfa,β-amirina melhora a severidade da pancreatite aguda induzida por L-arginina ou ceruleína por agir como antiinflamatório e antioxidante.
Abstract: Triterpenes are natural compounds with anti-inflammatory and cytoprotective effects relatively non-toxic. Acute pancreatitis, an inflammation of the pancreas, may lead to systemic inflammatory response syndrome (SIRS) and multiple organ dysfunction syndrome (MODS), conditions that can lead the patient to death. In this study, a mixture of triterpenes isolated from Protium hepthaphyllum was investigated for their effects in models of acute pancreatitis. In the model of acute pancreatitis induced by L-arginine, male Wistar rats were treated with a mixture of ,β-amyrin (10, 30 and 100 mg/kg, p.o.) or with vehicle (2% Tween 80 in distilled water, 10 ml/kg) 48, 24 and 1.5 h before the administration of L-arginine (2 x 2.5 g/kg, 1 h apart) or with metilprednisolone (30 mg/kg, i.m.) 30 min before the administration of L-arginine. In cerulein-induced pancreatitis, male Swiss mice were treated with a mixture of ,β-amyrin (10, 30 and 100 mg/kg, p.o.) or with vehicle (2% Tween 80 in distilled water, 10 ml/kg) 48, 24 and 1.5 h before administration of cerulein (5 x 50 mg/kg, 1 h apart) or with thalidomide (200 mg/kg, p.o.) 1h before administration of cerulein. Animals treated with saline (0.9% NaCl) were included in both models. We analyzed the pancreatic edema, serum amylase, lipase and cytokines (TNF-, IL-6), myeloperoxidase, reactive substances to thiobarbituric acid (TBARS), histology and immunohistochemistry (TNF-, iNOS and nitrotyrosine) pancreatic. L-arginine and cerulein significantly increased pancreatic edema and serum levels of amylase, lipase, TNF- and IL-6. Histopathologic evaluation of pancreas revealed the presence of edema, neutrophil infiltration, hemorrhage, acinar vacuolization and necrosis. We observed a marked increase in the expression of TNF-, iNOS and nitrotyrosine in the evaluation by immunohistochemistry. The pre-treatment with alpha and beta-amyrin (10, 30 and 100 mg/kg, p.o.), metilprednisolone (30 mg/kg, i.m.) or thalidomide (200 mg/kg, p.o.) significantly attenuated the severity of acute pancreatitis induced by either L-arginine, and by cerulein, as evidenced by the reduction of pancreatic edema, amylase, lipase and serum cytokines, myeloperoxidase and pancreatic TBARS. Furthermore, treatment with ,β-amyrin and the reference drugs suppressed the histopathological changes and expression of cytokines and nitrotyrosine pancreatic. Together, these results indicate that the mixture of ,-amyrin reduces the severity of acute pancreatitis induced by L-arginine or cerulein acting as anti-inflammatory and antioxidant agent.
Descrição: MELO, Caroline Mourão. Estudo do efeito farmacológico da alfa e beta-amirina, uma mistura de triterpenos isolada de protium heptaphyllum, na pancreatite aguda experimental . 2009. 153 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2684
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_cmmelo.pdf6,66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.