Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2722
Título: Mecanismo de transporte iônico em íleo de coelho, induzido por microcistina LR de Microcystis aeruginos : participação de macrófagos,Il-1beta, TNFalpha e mediadores pró-inflamatórios
Título em inglês: Mechanism of ionic transport in ileum rabbit induced by microcystin-LR of Microcystis aeruginosa : role of macrophages, IL-1b, TNF-a and pro-inflammatory mediators
Autor(es): Jimenez, George Chaves
Orientador(es): Lima, Aldo Ângelo Moreira
Palavras-chave: Macrófagos
Cianobactérias
Gastroenterite
Data do documento: 2003
Citação: JIMENEZ, G. C. (2003)
Resumo: Este trabalho teve-se como principal objetivo, avaliar os efeitos eletrogênicos em preparações de íleo de coelho fixadas em câmaras de Üssing, em presença de sobrenadante de macrófagos (S.MfS) estimulados com microcistina-LR MCLR de Microcystis aeruginosa. S.MfS estimulados com MCLR (3,2.10-7M; 9,6.10-7M e 3,2.10-6M), produz, de forma dose-dependente; sendo que a variação temporal (t) da corrente de curto-circuito (Isc), pode ser descrita por uma equação do tipo Isc = a . ekt; para um coeficiente de correlação r = 0,9988 e Iscmaximo = 128,16 ± 14,54 µªcm-2. Posteriormente, observou-se que os processos metabólicos associados à gênese do fator de” secreção intestinal” (FSI), a partir de macrófagos estimulados, requer a participação de uma proteína G sensível à toxina pertusis ativa. Verificou-se também que inibidores de síntese protéica, proteases, fosfolipase A2, cicloxigenases, lipoxigenases,; síntese de TNF-a e antagonista do PAF, reduziram a síntese de FSI. Com o emprego de anticorpos monoclonais, verificou-se que IL-1b era o principal FSI; como também, que macrófagos estimulados com MCLR, nas concentrações acima, reduziu IL-1b e TNF-a, de forma dose-dependente. O pré-tratamento da mucosa ileal com bumetanida, indometacina, tetrodotoxina e HOE, revelou que o efeito secretório mediante ação do S.MfS estimulados com MCLR, é dependente da secreção de íons cloreto, com a participação de PAF, prostaglandinas e mediadores do sistema nervoso entérico. A este efeito associa-se a diminuição da resistência transepitelial (Rte), também mediada por, prostaglandinas, PAF, TNF-a e, indiretamente, IL-1b. A análise do coeficiente de Hurst (H), revelou que estes efeitos não ocorreram ao acaso, mas envolveram alterações significativas nos parâmetros cinéticos dos efeitos eletrogênicos, ao nível da mucosa ileal. Macrófagos estimulados com MCLR produz e libera mais TNFa do que IL-1b, à taxas constantes ; sendo esta uma característica atrelada ao tipo de estímulo empregado. Conclui-se, portanto, que MCLR estimula macrófagos a produzir substâncias que podem atuar como fator de “secreção intestinal” ao nível da mucosa ileal, envolvendo canais de cloreto, diminuição de Rte; requisitando para isto, a participação de mediadores pró-inflamatórios e do sistema nervoso entérico.
Abstract: This work as main objective to evaluate the eletrogenic effect in preparations of íleum of rabbit fixes in chambers of Üssing, in presence of supernatant of macrophages (S.MfS), stimulated with microcistin-LR (MCLR), of Microcystis aeruginosa. S.MfS estimulated with MCLR (3,2.10-7M; 9,6.10-7M e 3,2.10-6M), produces effect secretion, of the form dose-dependent; being that short circuit current (Isc), the secular chain variation (t) can be described for an equation of the type Isc = a . ekt for a correlation coefficient r = 0,9988 and Iscmaximo = 128,16 ± 14,54 µA . cm-2. Later, was observed that the metabolic processes associates’ geneses of the FSI, from stimulated macrophages, require the participation of a protein G, sensible pertussis active toxin. It was also verified that inhibing of protéic synthesis, proteases, phosfolipase A2, ciclooxigenases, lipoxigenases, synthesis TNF-a, and antagonists of the PAF, they had reduced the FSI synthesis. With the application of monoclonal antibodies, it was verified that interleukin-b (IL-1b), was the main FSI; as also, that macrophages stimulated with MCLR, in the concentrations above, produced IL-1b and TNF-a, of form dose-dependent. The pay-treatment of the ileum mucosal with bumetanide, indomethacin, tetrodotoxin and HOE, disclosed that the secretory effect, by means of stimulated action of the S.MfS with MCLR is dependent of the secretion of ions chloride, with the participation of PAF, prostaglandins and mediators of the enteric nervous system. With this effect, it associates reduction of the transepitelial resistance (Rte), also mediated for prostaglandins, TNF-a, and indirectly IL-1b. The analysis of the coefficient of Hurst, disclosed that these effect had not occurred of random form, but had involved significant alterations in the kinetic parameters of the eletrogênic effect, to the level of the ileum mucosal. Macrophages stimulated for MCLR, produces and liberate more TNF-a of that IL-1b, to the Constant taxes, being this a linked characteristic to the type of employed stimulation. It is concluded, therefore, that MCLR stimulates macrophages to produce substances that can act as intestinal secretion factor, to the level of the ileum mucosal, involving chloride canals, reduction of the Rte, requesting for this, the participation of pro-inflammatory mediators and the enteric nervous system.
Descrição: JIMENEZ, George Chaves. Mecanismo de transporte iônico, em íleo de coêlho, induzido por mecrocistina_LR de microcystis aeruginosa : participação de macrófagos, IL 1 ß, TNF a e mediadores pro-inflamatórios. 2003. 272 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2722
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2003_tese_gcjimenez.pdf935,6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.