Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2731
Título: Desenvolvimento e validação de métodos bioanalíticos para quantificação da amoxicilina, norfloxacino e oxcarbazepina em estudos farmacocinéticos
Título em inglês: Development and validation of bioanalytical methods for quantification of amoxicillin, norfloxacin and oxcarbazepine in pharmacokinetic studies
Autor(es): Martins, Ismael Leite
Orientador(es): Moraes , Maria Elisabete Amaral de
Coorientador(es): Maia, Maria Bernadete de Sousa
Palavras-chave: Amoxicilina
Cromatografia
Norfloxacino
Data do documento: 2009
Citação: MARTINS, I. L. (2009)
Resumo: Foram desenvolvidos e validados três métodos robustos para a determinação de amoxicilina, norfloxacino, oxcarbazepina (OXC) e 10,11-dihidro-10-hidroxicarbamazepina (MHD) em plasma, utilizando cromatografia líquida de alta eficiência em fase reversa (RP-HPLC) com detecção ultravioleta, fluorescência e espectrometria de massa, respectivamente. Os métodos envolveram extração líquido-líquido, com diclorometano (amoxicilina), acetonitrila (amoxicilina e norfloxacino), éter etílico-diclorometano (60:40 v/v, oxcarbazepina), utilizando cefadroxil, ciprofloxacino e d10-carbamazepina como padrões interno (PI). Separações cromatográficas foram realizadas utilizando colunas Gemini C18 5 µm (150 X 4,6 mm), Synergi RP-MAX 4 µm (150 X 4,6 mm) e Luna C18 µm (150 X 4,6 mm), com sistemas de eluição constituídos por mistura de tampão fosfato de 0,01 M (pH 3,5)/acetonitrila (95:5 v/v), acetonitrila-tampão fosfato (85:15, v/v) e acetonitrila-água (50:50 v/v) + 20 mM ácido acético, respectivamente. As curvas de calibração foram lineares, nas faixas de 0,5 a 40 µg/mL, 30 a 3500 ng/mL, 20 a 5250 ng/ml e 40 a 10500 ng/ml. As recuperações nas concentrações de 1,5, 15 e 30 µg/ml foram de 59,4%, 60,5% e 67,1% para amoxicilina; 90, 1400 e 2800 ng/mL foram de 103,5%, 100,2% e 100,2% para norfloxacino, 60, 2000 e 4000 ng/ml foram de 105,4, 89,2 e 92,8% para OXC e 120, 4000 e 8000 ng/ml foram de 88,4, 88,7 e 90,6% para MHD, respectivamente. Os métodos validados incluíram avaliação de precisão e exatidão intra e interlote, assegurando que estes estavam dentro de limites admissíveis. Os métodos foram então aplicados com sucesso em estudos de bioequivalência, administrando 500 mg ou 400 mg das formulações referência/teste de amoxicilina e norfloxacino, e em estudos farmacocinéticos com formulação de oxcarbazepina suspensão (6%), em voluntários sadios.
Abstract: A robust method for the determination of amoxicillin, norfloxacin, oxcarbazepine (OXC) and its active metabolite, 10,11-dihydro-10-hydroxycarbamazepine (MHD) in human plasma, using reversed-phase high-performance liquid chromatography (RP-HPLC) with ultraviolet, fluorescence and mass spectrometry detection, respectively, have been developed and valited. The methods involve precipitation of plasma protein with dichloromethane (amoxicillin), acetonitrile (amoxicillin and norfloxacin) and diethyl ether–diclhoromethane (60:40 v/v, oxcarbazepine), using cefadroxil, ciprofloxacin and deuterade carbamazepine (d10-carbamazepine) as internal standard (IS). Chromatographic separations were performed on a column Gemini C18 5 µm (150 X 4.6 mm), Synergi MAX-RP 4 µm (150 X 4.6 mm) and Luna C18 5 µm (150mm X 4.6 mm) with an elution system consisting of a mixture of 0.01 M buffer phosphate (pH 3.5)/acetonitrile (95:05 v/v), phosphate buffer–acetonitrile (85:15, v/v) and acetonitrile/water (50:50 v/v) + 20mM acetic acid, respectively. The calibration curve was linear, in the range of 0.5 to 40 µg/mL, 30 to 3500 ng/mL, 20 to 5250 ng/mL and 40 to 10,500 ng/mL. The recoveries at concentrations of 1.5, 15 and 30 µg/mL were foram 59.4%, 60.5% and 67.1% for amoxicillin; 90, 1400 and 2800 ng/mL were 103.5%, 100.2% and 100.2% for norfloxacin, 60, 2000 and 4000 ng/mL were 105.4, 89.2 and 92.8% for OXC and 120, 4000 and 8000 ng/mL were 88.4, 88.7 and 90.6% for MHD, respectively. The statistical evaluation of the developed method was conducted by examining within-batch and between-batch precision data, which were within the required limits. The methods were successfully applied in bioequivalence studies given 500 or 400-mg of the reference formulation / test amoxicillin and norfloxacin, and pharmacokinetic studies with formulation of oxcarbazepine suspension (6%) in healthy volunteers.
Descrição: MARTINS, Ismael Leite. Desenvolvimento e validação de métodos bioanalíticos para quantificação da amoxilina, norfloxacino e oxcarbazepina em estudos farmacocinéticos. 2009. 195 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2731
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_ilmartins.pdf3,78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.