Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2749
Título: Biomonitoramento genético de indivíduos expostos ocupacionalmente a pesticidas no povoado Vila Bessa, município de Conceição do Jacuípe, Bahia
Título em inglês: Genetic biomonitoring of individuals occupationally exposed to pesticides in the village Vila Bassa, municipality of Conceição do Jacuípe, Bahia
Autor(es): Ramos, Maria Emilia Santos Pereira
Orientador(es): Pessoa , Cláudia do Ó
Palavras-chave: Exposição Ocupacional
Praguicidas
Data do documento: 2009
Citação: RAMOS, M. E. S. P. (2009)
Resumo: O elevado consumo de pesticidas no Brasil e no mundo tem levado grupos de pesquisadores a relacionar essa exposição a possíveis danos genéticos e agravos a saúde do trabalhador rural. Estudos revelam que o câncer é considerado doença genética, vez que resulta do acúmulo de mutações em genes comprometidos com o controle da proliferação e da diferenciação celular ou de mutações em genes envolvidos com os mecanismos de reparo do DNA. O objetivo dessa estudo foi realizar um biomonitoramento genético em indivíduos expostos ocupacionalmente a pesticidas avaliando a ocorrências de danos cromossômicos, através do teste do Micronúcleo em células esfoliadas da mucosa bucal, teste Cometa e teste de Aberrações Cromossômicas em linfócitos de sangue periférico. Como também alterações hematológicas e hepáticas. A população estudada incluiu 32 agricultores moradores do povoado Vila Bessa, Conceição do Jacuípe, Bahia, expostos ocupacionalmente a pesticidas e 30 indivíduos controle, sem historia de exposição a pesticidas. O material para análise do teste do micronúcleo foi coletado por raspagem da mucosa bucal com escova cytobrush, confeccionado um esfregaço e posteriormente fixado em solução de metanol/ácido acético (3:1) e corados pelo método Feülgen/Fast Green, as lâminas foram analisadas em teste cego sob microscopia óptica em um mínimo de 1000 células/indivíduo. Para realização do teste Cometa e de Aberrações, cromossômicas e das alterações hematológicas e hepáticas foram coletadas 10 mL de sangue periférico. O teste Cometa foi executado de acordo com a metodologia descrita por por Singh et al. (1988), foram contados 100 cometas por lâmina e classificados, por análise visual, dentre cinco categorias de danos (0, 1, 2, 3 e 4), e calculado o Índice e a Freqüência de dano. O teste de Aberrações Cromossômicas foi realizada através de culturas de linfócitos e obtenção de metáfases pela interrupção da citocinese das células. Foram analisados o hemograma, e as transaminases TGO, TGP E GGT que foram processados pelo laboratório de análise bioquímica de Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Não houve diferença significativa na ocorrência de micronúcleos entre os grupos avaliados (p = 0,163), mas alterações nucleares indicativos de apoptose e necrose foram encontradas significantemente no grupo exposto a pesticidas (p = 0,001), indicando que uma maior injúria celular do que simplesmente uma resposta a diferenciação e maturação do epitélio. Aberrações Cromossômicas numéricas (3,3%) foi encontrada significantivamente para o grupo exposto (p = 0,001), foram encontrados danos ao DNA avaliados pelo teste Cometa no escore 1 (p< 0.001) no grupo exposto; além do Índice de Dano cromossômico com média ± SEM 4.032 ± 0.3336 para o grupo controle e média ± SEM 41.05 ± 3.227 para o grupo exposto a pesticida (p<0,0001); e Freqüência de Dano: média ± SEM grupo controle 4.081 ± 0.3667 e média ± SEM grupo exposto a pesticida 38.44 ± 2.664, com diferenças significativas para o grupo exposto (p<0,0001). Os indivíduos pesquisados estão expostos ao glifosato e ao paration-metílico, ambos tóxicos para o organismo humano, e apresentavam-se anêmicos (p=0,004) e com leucopenia (p < 0,001), porém sem alterações nas avaliações hepáticas. Concluímos que esses indivíduos estão expostos a agentes potencialmente genotóxicos, além de apresentarem alterações hematológicas, e que a persistência desse contato com os pesticidas poderá levar a desencadeamento dos fenômenos envolvidos na iniciação e promoção do câncer.
Abstract: The high consumption of pesticides in Brazil and all over the world have lead researches to relate this exposition to possible genetic and health damages in rural workers. Studies reveal that cancer is considered a genetic disease, once it results of the mutation accrual in genes involved with control of proliferation and cellular differentiation or mutations in genes involved with the DNA repair. The aim of this study was realize a genetic biomonitoring in individuals occupationally exposed to pesticides evaluating the occurrence of chromosomal damages, by the Micronucleus assay in exfoliated cells of buccal mucosa, Comet assay and Chromosome Aberration assay in peripheral blood lymphocytes. Hematologic and hepatic alterations were also evaluated. The studied population included 32 agriculturists living in the village of Vila Bessa, Conceição do Jacuípe, Bahia, occupationally exposed to pesticides, and 30 control individuals, with no history of pesticides exposition. For the micronucleus assay, the material was collected by scaling buccal mucosa with a cytobrush, the smear was made and then fixed in methanol/acetic acid solution (3:1) and colored by Feülgen/Fast Green Method, slides were analyzed in blind test by optic microscopy in a minimum of 1000 cells/individual. To realize the assay of Comet and Aberration, Chromosomal and hematologic and hepatic alterations, were collected 10 mL of peripheral blood. Comet test was made according the methodology described by Singh et al. (1988), were counted 100 comet by slides and classified, by visual analyses, into five categories of damages (0, 1, 2, 3 e 4), and then calculated the index and frequency of damage. Chromosome Aberration test was realized with a lymphocytes culture and obtaining of metaphases by interrupting the cells cytokinesis. The hemogram and the transaminases TGO, TGP and GGT were analyzed; those were processed by the biochemical analyses laboratory of Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. That wasn´t statistical difference in the occurrence of micronucleus among the evaluated groups (p = 0.163), but nuclear alterations, indicative of apoptosis and necrosis, were significantly found in the pesticide exposed group (p = 0.001), indicating a major cellular injury than a simple answer to epithelium´s differentiation and maturation. Numeric Chromosome Aberrations (3.3%) were significantly found in the exposed group (p = 0.001), were found DNA damages evaluated by the Comet assay in score 1 (p<0.001) in the exposed group; as also index of chromosomal damage with media ± SEM 4.032 ± 0.3336 to the control group and media ± 41.05 ± 3.227 to the pesticide exposed group (p<0.0001); and frequency of damage: media ± SEM control group 4.081 ± 0.3667 and media ± SEM pesticide exposed group 38.44 ± 2.664, with significant differences in the exposed group (p<0.0001). The studied individuals are exposed to glifosate and methyl parathion, both toxic to the human organism, and were anemics (p=0.004) and with leukopenia (p<0.001), however with no alterations in hepatic evaluations. We conclude that these individuals are exposed to potentially genotoxic agents, besides present hematologic alterations, and that the persistence of this contact with the pesticides can trigger to phenomenon’s involved with cancer initiation and promotion.
Descrição: RAMOS, Maria Emilia Santos Pereira. Biomonitoramento genético de indivíduos expostos ocupacionalmente a pesticidas no povoado Vila Bessa, Município de Conceição do Jacuípe, Bahia. 2009. 140 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2749
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_mespramos.pdf1,84 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.