Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2757
Título: Um estudo sobre o processo de singularização de crianças através do jogo protagonizado
Título em inglês: A study on the children´s singularization process through role-playing game
Autor(es): SOUZA, Rubens André Carloto de
Orientador(es): COLAÇO, Veriana de Fátima Rodrigues
Palavras-chave: Criança
Singularização
Brincadeira
Child
Singularization
Game
Jogos infantis
Educação infantil
Data do documento: 2010
Editor: http://www.teses.ufc.
Citação: SOUZA, R. A. C. ; COLAÇO, V. F. R. (2010)
Resumo: Esse estudo objetiva compreender o processo de singularização de crianças na educação infantil a partir de suas interações na situação lúdica de jogo protagonizado. A base teórica engloba autores da teoria histórico-cultural da mente – principalmente Vigotski, Leontiev e Elkonin –, assim como alguns outros teóricos que tratam do desenvolvimento psicossocial do homem (Edgar Morin e Elias Norbert) e pensadores que discutem sobre o brincar das crianças (Brougére e Oliveira). De acordo com esses referenciais, partiu-se do pressuposto da imprescindibilidade das relações e interações sociais na formação da personalidade, assim como da pressuposição de que o jogo protagonizado é uma atividade fundamental para o desenvolvimento psicológico da criança, incidindo na sua singularidade. O estudo empírico foi realizado numa escola federal de educação infantil da cidade de fortaleza. Treze crianças com idades entre 4 e 6 anos participaram da pesquisa. Utilizou-se o método da observação participante com inspiração etnográfica. Os dados foram gerados através da filmagem das interações de crianças em situação de jogo protagonizado. As gravações se centraram na ação protagonizada e nos episódios de negociação. A análise se pautou pela interpretação microgenética do corpus, de modo que se realizou o estudo das atividades discursivas das crianças em situação interativa, com o intuito de se obter indícios do processo de singularização nesses episódios. Os conceitos empíricos utilizados para analisar os dados foram os seguintes: “protagonização”, “negociação de regras e papéis”, “inversão de papéis e posições” e “drama”. Eles consistem nas principais formas de interação que evidenciaram o processo de singularização das crianças no jogo. Os resultados apontam que o modo como elas se conduziam nos momentos de negociação; suas posturas perante os colegas, principalmente as atitudes de afastamento e aproximação ao outro brincante; o convite para mudar de lugar com o parceiro; as relações de poder; o modo como realizavam suas protagonizações; e os mecanismos criativos utilizados pelas crianças na elaboração de argumentos e na reconstrução das relações sociais são elementos importantes do processo de singularização que emerge no jogo.
Abstract: This study aims to understand the children’s singularization process in education from their interactions in situations of children’s role-playing games. The theoretical basis spans authors of the historical-cultural theory of the mind — especially Vygotsky, Leontiev and Elkonin —, some other theorists who deal with man’s psycho-social development and thinkers who discuss children’s games. According to theses references, we started from the premise of indispensability of social relationships and interactions in shaping personality, as well as the assumption that role-playing games is a fundamental activity for children’s psychological development, affecting their singularity. This empirical study was carried out on a federal childhood education school in Fortaleza. Thirteen children between 4 and 6 years of age were the research subjects. We used the method of participatory observation with ethnographic inspiration. The data were generated through shooting the children’s interactions in situations of role-playing game. Shootings were focused in role-playing action and negotiation episodes. The analysis was guided by microgenetic corpus interpretation, so that the study was carried out on the children’s discourse activities in interactive situations, in order to gather evidence of the singularization process in these episodes. The analytical concepts adopted consist of the main forms of interaction during role-playing games, which showed the children’s singularization process, namely: “protagonization”, “rule and role negotiation”, “role ando position swapping” and “drama”. The results show the way the children acted in negotiation moments; Their attitudes towards their peers, especially those of moving closer to or away from each other; the invitations to swap roles; power relationships; the way they performed their protagonizations; and the creative mechanisms used by children in developing their arguments and reconstructing social relationships are key elements of the singularization that emerge during the game.
Descrição: SOUZA ,Rubens André Carloto de. Um estudo sobre o processo de singularização de crianças através do jogo protagonizado. 2010. 120 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fortaleza-CE, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2757
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_RACSouza.pdf647,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.