Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2835
Título: Cidade (in) salubre: idéias e práticas médicas em Fortaleza - (1838-1853)
Autor(es): Oliveira, Carla Silvino
Orientador(es): Neves, Frederico de Castro
Palavras-chave: História da Saúde Pública
Fortaleza (1838 -1853)
Epidemias
História da Saúde Pública
Fortaleza (1838 -1853)
Epidemias
Silva, José Lourenço de Castro e, 1808-1874
Carreira, Liberato de Castro,1820-1903
Médicos - Fortaleza (CE) - Séc.XIX
Febre amarela - Fortaleza (CE) - 1851
Variola - Fortaleza (CE) - 1845
Saúde pública - Fortaleza (CE) - Séc. XIX
Data do documento: 2007
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: Oliveira, C. S.; Neves, F. C. (2007)
Resumo: O trabalho analisa as idéias e práticas médicas, principalmente as de José Lourenço de Castro e Silva e Liberato de Castro Carreira, primeiros médicos cearenses formados pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, com atuação em Fortaleza, a partir do ano de 1838. Marca o início da ação médica influenciada pela medicina social, a qual (re)pensa as práticas do cotidiano diante da doença e da cidade (in)salubre. As ações médicas possibilitam: a criação e organização dos espaços urbanos (cemitério, hospital, mercado, cadeia), a orientação preventiva e de cura das doenças, principalmente as epidemias de varíola em 1845, e febre amarela nos anos de 1851 a 1853. No estudo foram utilizadas como fontes principais a obra do Castro Carreira Descripção da epidemia da febre amarella na Província do Ceará em 1851 e 1852. da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, Formulários e guias médicos da Biblioteca Central da Unicamp, além de Relatórios médicos e presidenciais, Leis, Correspondências, documentos diversos pertencentes ao acervo do Arquivo Público do Estado do Ceará – APEC e da Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel - CE.
Abstract: The following work analizes the ideas and the medical practice, mainly the ones from José Lourenço de Castro Silva and Liberato de Castro Carreira, the first Cearence doctors graduated at Rio de Janeiro medical shcool, working in Fortaleza since 1838. It states the starting point of the medical actions influenced by social medicine, in which it thinks over the day-to-day actions considering the desease and the unhealthy city. The medical actions put into effect are the following: the creation and organization of urban areas(graveyards, hospitas, markets, penitenciary), the preventive orientation and the healing of the deseases, mainly the epidemics of smallpox in 1845 and yellow fever from 1851 to 1853. In this study, the main sources used were The Description of epidemics of yellow fever in the province of Ceará State in 1851 and 1852 by Castro Carreira, from Rio de Janeiro National Library: forms and medical manuals, from the Unicamp central library: medical and presidential forms, laws, correspondences, diverse documents belonging to the Ceará State Public Archive (APEC), and also documents from the Governor Menezes Pimentel Public Library.
Descrição: OLIVEIRA, Carla Silvino de. Cidade (in) salubre: idéias e práticas médicas em Fortaleza - (1838-1853). 2007. 156 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Ceará, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História Social, Fortaleza-ce, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2835
Aparece nas coleções:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_dis_csoliveira.pdf2,86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.