Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2854
Título: Tecendo fios, fazendo história: a atuação operária na Cidade-Fábrica Rio Tinto (Paraíba, 1959-1964)
Título em inglês: Weaveeing wires, making history: the laboring performance in City-Plant River Tinto (Paraíba, 1959-1964)
Autor(es): Vale, Eltern Campina
Orientador(es): Pereira, Adelaide Maria Gonçalves
Palavras-chave: Movimento Operário
História da Paraíba
Rio Tinto
Indústria Têxtil
Labour Movement
History of Paraíba
Rio Tinto
Textile Industry
Trabalhadores têxteis – Rio Tinto(PB) – Atividades políticas – 1959-1964
Trabalhadores têxteis – Rio Tinto(PB) – Condições sociais – 1959-1964
Indústria têxtil – Rio Tinto(PB) – 1959-1964
Data do documento: 2008
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: Vale, E. C.; Pereira, A. M. G. (2008)
Resumo: Esta dissertação estuda os embates operários no período 1959 -1964, no contexto da história do movimento operário paraibano. Aborda inicialmente a construção da Fábrica Rio Tinto, entre 1917 e 1924, empreendimento descrito na imprensa e nos registros dos memorialistas, de modo grandiloqüente, pois em sua visão, a fábrica impulsionou a economia da região e da Paraíba. As primeiras greves em 1930, a criação do Sindicato em 1932, a vigilância e repressão aos operários comunistas, bem como as paralisações de 1946 e 1951, são aqui estudadas como experiências de classe, em seu processo de organização, em seus conteúdos de herança e partilha. Destaca-se também o ascenso da organização dos trabalhadores entre 1959 e 1964, em Rio Tinto, como núcleo significativo do movimento operário paraibano, compondo sua agenda de reivindicações, alçando vitórias, sofrendo reveses e, realizando articulações no plano da política eleitoral. A análise dos processos trabalhistas, como uma via na conquista de direitos, identifica as questões trabalhistas como expressão de conteúdo de luta dos trabalhadores. Em estudo ainda, a conjuntura de 1960, com a eleição do operário Antônio Fernandes para o sindicato e à prefeitura da cidade-fábrica em 1963, bem como a repressão ao movimento operário em Rio Tinto com o Golpe civil-militar de 1964.
Abstract: This essay studies the workers’ collisions in the period of 1959 through 1964, emphasizing the labour movement in Paraíba. It approaches, initially, the construction of the Rio Tinto Factory, between the years of 1917 and 1924, undertaking described in the press and in memoirs as a great enterprise, since, in their vision, the factory developed the economy of the region and of Paraíba. The first strikes in 1930, the creation of the worker’s union in 1932, the watch and repression of the communist labourers, and also the paralyzations in 1946 and 1951, are studied here as classes’ experiences, in its organizational process, and in its contents of heritage and division. It accentuates the ascension of the workers’ organization in Rio Tinto between 1959 and 1964, as an essential center of the labour movement in Paraíba, putting into practice their agenda of demands, conquering victories, suffering reverses and articulating in the electoral politics. The analysis of the workers’ processes, as a way of conquering rights, identifies the labour issues as an expression of the workers’ struggle. It is also studied the conjuncture of 1960, with the election of the labourer Antônio Fernandes for the union and for the city hall of the factorytown in 1963, and the repression of the labour movement in Rio Tinto after the coup d’état civil-military of 1964.
Descrição: VALE, Eltern Campina. Tecendo fios, fazendo história: a atuação operária na Cidade-Fábrica Rio Tinto (Paraíba, 1959-1964). 2008. 221 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Ceará, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História Social, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2854
Aparece nas coleções:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_ecvale.pdf5,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.