Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2864
Título: Às armas cearenses, é justa a guerra: nação, honra, pátria e mobilização para a guerra contra o Paraguai na Província do Ceará: (1865-1870)
Autor(es): Morais, Fábio André da Silva
Orientador(es): Barbosa, Ivone Cordeiro
Palavras-chave: Guerra contra o Paraguai
Recrutamento
Mobilização militar
Província do Ceará
War against of Paraguay
Recruitment
Militar mobilization
Province of Ceará
Brasil - Exército - Recrutamento,alistamento,etc. - História - 1865-1870
Brasil - Marinha - Recrutamento,alistamento,etc. - História - 1865-1870
Paraguai, Guerra do,1865-1870
Ceará - Condições Sociais - 1865-1870
Data do documento: 2007
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: Morais, F. A. S.; Barbosa, I. C. (2007)
Resumo: O presente trabalho tem por objetivo analisar o processo de mobilização militar para a guerra contra o Paraguai (1865-1870) na Província do Ceará e refletir sobre os impactos sociais do esforço bélico sobre parte significativa da população cearense do período. O esforço de guerra demandou do governo imperial um amplo movimento de recrutamento militar até antes nunca visto no Brasil e sentido em todo o território nacional. O processo de extração estatal de contingentes recrutados e destacados para o conflito, e a interferência do governo central na dinâmica da vida local e nas relações de poder estabelecidas, gerou uma grande tensão social na Província do Ceará. Em outras palavras, a ampliação do recrutamento significou adentrar em áreas de influência e domínio dos poderosos locais, o que exigia do Estado imperial uma complexa e tensa negociação com os potentados. Apesar da afluência considerável de soldados no primeiro ano da guerra (1865), os anos posteriores foram de grande violência e terror nos sertões do Ceará. A resistência da população alvo do recrutamento produziu grandes conflitos no interior da província, com fugas e resgate de recrutados, arrombamento de cadeias, ataques a comissões de recrutamento, auto-mutilações, lesões corporais dentre outros. Conjuntamente ao esforço de arregimentação de homens para serem incorporados às forças militares brasileiras, desenvolveu-se também no Ceará, um amplo movimento de convocação. O discurso de convocação visava tanto legitimar a guerra quanto motivar o engajamento da população no esforço de guerra. Por fim, uma das questões mais delicadas do processo da mobilização militar para o conflito na Província do Ceará, foi o destacamento de menores da Companhia de Aprendizes Marinheiros do Ceará a fim de serem tripulados nos vasos de guerra da Marinha brasileira em ação na Bacia do Prata.
Abstract: The present work has the objective to analyze the process of military mobilization to the war against Paraguay (1865-1870) in the Province of Ceara as well as to reflect on the social impacts of the war effort on significant part of the population of Ceara at that period. The war effort demanded for the imperial government a wide movement of military recruitment never seen before in Brazil and felt in the whole national territory. The process of state-owned extraction of recruited pointed out contingents to that conflict, and the interference of the central government in the dynamic of the local life and in the relationships of established power, created a big social tension in the Province of Ceara. In other words, the enlargement of the recruitment meant to come in areas of influence and domain of the powerful locals, what demanded from the imperial State a complex and tense negotiation with the potentates. In spite of the considerable affluence of the soldiers in the first year of war (1865), the post-war years were of great violence and terror in Ceara backlands. The resistance of the recruited target population produced great conflicts in the countryside of the Province, with escape and rescue of recruited, breaks of prisons, attacks on commissions of recruitment, self-mutilations, body injuries, etc. Together with the efforts of the men enlistment to be incorporated into Brazilian military forces, developed also in Ceara, a wide movement call. The speech of call aimed to make war legitimate as well as to motivate the most delicate matters in the military mobilization to the conflict in Province of Ceara, was the call of underage from the Navy Learners Company of Ceara in order to be crewed in the warships of the Brazilian Navy in action in the Prata basin.
Descrição: MORAIS, Fábio André da Silva. Às armas cearenses, é justa a guerra: nação, honra, pátria e mobilização para a guerra contra o Paraguai na Província do Ceará: (1865-1870). 2007. 206 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Ceará, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História Social, Fortaleza-CE, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2864
Aparece nas coleções:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_dis_fasmoraes.pdf1,45 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.