Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28931
Title in Portuguese: Avaliação da atividade de calcogenoésteres em células planctônicas e biofilmes de estreptococosorais
Author: Pinheiro, Aryane de Azevedo
Advisor(s): Nascimento Neto, Luiz Gonzaga do
Co-advisor(s): Teixeira, Edson Holanda
Keywords: Biofilmes
Cárie Dentária
Issue Date: 2017
Citation: PINHEIRO, Aryane de Azevedo. Avaliação da atividade de calcogenoésteres em células planctônicas e biofilmes de estreptococosorais. 47 f. 2017. TCC (Trabalho de Conclusão de Curso em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Abstract in Portuguese: A cavidade oral é um ambiente composto por diferentes estruturas anatômicas que proporcionam um ambiente diversificado para a colonização bacteriana. Essas bactérias encontram-se na forma de biofilmes.Os biofilmes podem ser definidos como comunidades microbianas complexas, composta por células ligadas a um substrato ou entre si, incorporadas a uma matriz de substâncias polimérica extracelular (SPE) derivada do metabolismo dos próprios micro-organismos. O gênero Streptococcus é comumente encontrado na cavidade oral humana, entre esses, Streptococcus mutans e Streptococcus parasanguinis que estão envolvidas em patologias bucais como a cárie e doença periodontal. Diante disso, a busca por novas moléculas capazes de prevenir ou erradicar biofilmes se intensificou. Este estudo teve como objetivo avaliar a atividade antibacteriana e antibiofilme de quatro calcogenoésteres sintéticos (C01, C02, C03 eC04) sobreS. mutansATCC 25175 e S. parasanguinisATCC 903. Para avaliação da atividade do composto em células planctônicas analisou-se a concentração inibitória mínima (CIM) e concentração bactericida mínima (CBM). No que diz respeito à formação de biofilme, a quantificação dabiomassa total foi realizada por meio de coloração com violeta de cristal, e o número de células viáveis, expressa como log CFU/mL. Os resultados mostraram que os calcogenoésteres C03 e C04 apresentaram CIM de 125 e 250 μg/mL, respectivamente,para S.mutans e C02 apresentou CIM de 31,25 μg/mLpara S.parasanguinis. O único calcogenoéster que apresentou CBM foi o C02 na concentração de 250 μg/mLpara S.parasanguinis. No que diz respeito àformaçãode biofilme para S. parasanguinis, a biomassa foi reduzida na presença de C01, C03 e C04 e completamente inibida com C02 a partir da concentração de 31,25 μg/mL. Para S. mutans houve uma redução de biomassa na maioria das concentrações de C03 e C04 enquanto os demais só tiveram ação nas duas maiores concentrações.Na análise das células viáveis para S. mutans apenas C01 e C03 mostraram uma considerável reduçãoem relação aos demais compostos testados. Para S. parasanguiniso valor da redução do número de células viáveis foi bem aproximado entre as concentrações testadas, para C01 e C02 a redução foi muito semelhante, inclusive a redução foi a mesma para todas as concentrações entre 7,8 e250μg/mL. Nesse estudos. parasanguinismostrou-se mais sensível aos quatro calcogenoésteres testados.Conclui-se que os calcogenoésteres avaliados podem representar uma alternativa para a prevençãode biofilmes orais envolvendo S. mutans e S. parasanguinis,porém outros estudos devem ser realizados para que os mecanismos de ação dos compostos em questão possam ser elucidados.
Abstract: The oral cavity is an environment composed todifferent anatomical structures that provide a diversified environment for bacterial colonization. These bacteria are in the form of biofilms. Biofilms can be defined as complex microbial communities, composed of cells attached to a substrate or one another, incorporated into a matrix of extracellular polymer substances (SPE) derived from the metabolism of the microorganisms themselves.The genus Streptococcusis commonly found in the human oral cavity, among them, Streptococcus mutansand Streptococcus parasanguinisthat are involved in oral pathologies such as caries and periodontal disease. Faced with this, the search for new molecules capable of preventing or eradicating biofilms has intensified. The objective of this study was to evaluatethe antibacterial and antibiofilm activity of four synthetic calcogenoesters (C01, C02, C03 and C04) on S. mutansATCC 25175 and S. parasanguinisATCC 903. To evaluate the activity of the compound in planktonic cells, minimum inhibitory concentration (MIC) and minimal bacterial concentration (MBC).With regard to biofilm formation, total biomass quantification was performed by crystal violet staining, and the number of viable cells, expressed as log was performed by crystal violet staining, and the number of viable cells, expressed as log CFU / mL. The results showed that C03 and C04 calcogenoesters presented MICs of 125 and 250 μg /mL, respectively, for S. mutansand C02 presented MIC of 31.25 μg / mL for S. parasanguinis. The only calcogenoester that presented CBM was C02 in the concentration of 250 μg / mL for S. parasanguinis. Regarding biofilm formation for S. parasanguinis, the biomass was reduced in the presence of C01, C03 and C04 and completely inhibited with C02 from the concentration of 31.25 μg / mL.For S. mutansthere was a reduction of biomass in the majority of the concentrations of C03 and C04 while the others only had action in the two highest concentrations. In the analysis of the viable cells for S. mutansonly C01 and C03 showed a considerable reduction in relation to the other compounds tested. For S. parasanguinisthe reduction in the number of viable cells was well approximated among the concentrations tested, for C01 and C02 the reduction was very similar, even the reduction was the same for all concentrations between 7.8 and 250 μg / mL . In this study, S. parasanguiniswas more sensitive to the four calcogenoesters tested. It is concluded thatthe calcogenoestersevaluated may represent an alternative for the prevention of oral biofilms involving S. mutansand S. parasanguinis, but other studies should be performed so that the mechanisms of action of the compounds in question can be elucidated.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28931
Appears in Collections:ODONTOLOGIA - Monografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_aapinheiro.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.