Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29079
Title in Portuguese: Registros botânicos preservados nos eolianitos de Camocim (Holoceno do Noroeste do Ceará)
Title: Botanical records preserved in the eolianites of Camocim (Holocene of the Northwest of Ceará)
Author: Xavier, Sérgio Augusto Santos
Advisor(s): Viana, Maria Somalia Sales
Keywords: caracterização química
Fabaceae
Ceará Holoceno
Issue Date: 2017
Citation: XAVIER, S. A. S. (2017)
Abstract in Portuguese: A zona costeira do Estado do Ceará estende-se por 570 km, entre os estados do Rio Grande do Norte,ao leste e Piauí, aooeste, comtrechos que exibem os baixos platôs sustentados pela Formação Barreiras e acima desta, a planície quaternária a qual possui depósitos de origemfluvial, lagunar e eólico. Os eolianitos, rochas que foram depositadas pela ação eólica, são unidades geomorfológicas que, no Brasil, tem ocorrência restrita à região Nordeste. Alguns afloramentos podem apresentar restos vegetais litificados, inicialmente interpretados como raízes, cortando as camadas de arenito e expostas pela erosão. A análise e estudo aprofundado dessas formas de vida pretéritas da zona costeira, auxiliada por prévios dados geológicos, geocronológicos e sedimentológicos, servem como um subsídio para a interpretação de dados paleoambientais e paleohidrológicos, assim comodeinformações edáficas,permitindo um melhor entendimento das condições ambientais locais. Objetivou-se com esta pesquisa identificar esses vegetais antigos preservados como ramos mineralizados nos eolianitos da região costeira de Camocim. O método da pesquisa esteve baseado em levantamento bibliográfico, dados de campoena observação direta do material, com análises químicas e morfológicas das amostras coletadas. A interpretação dos fenômenos geológicos e biológicos envolvidos lançou mão dos princípios gerais da Biologia, Ecologia e Paleontologia. As análises químicas nos vegetais mineralizados foram feitas a partir da técnica de espectrometria por dispersão de raios-X, revelando que não houve variações significativas entre a composição das amostras, sendo constituídas por carbonato de cálcio (CaCO3). Elementos traço comoMagnésio, Silício, Alumínio, Cloro, Bromo e Fósforo também foram identificados. A investigação morfológicadessas plantasse deu em quatro espécimes com diferentes diâmetros (0.5, 1.2, 1.7 e 2.0 cm), observando característicasmorfológicas e anatômicas com análises em microscopia eletrônica. Apenas o espécime 4exibiu estruturas interpretadas como elementos de vaso, solitários e/ou múltiplos de dois elementose raios homocelulares comcélulas procumbentes, características que podem ser correlacionadas à família Fabaceae. Osespécimes foram interpretados como plantas herbáceas a subarbustivas que habitaram a regiãoestuarina. A caracterização química das amostras atesta a variedade composicional dos sedimentos depositados no litoral da região, enquanto a presença de estruturas citológicas preservadas com a identificação de um provável táxon acrescenta novas informações a respeito da história dos eolianitos e de seu conteúdo vegetal mineralizado.
Abstract: Coastal zone of Ceará state extends through 570 km, Rio Grande do Nortestate to the east and Piauí to the west, with parts that exhibit low plateaus supported by Barreiras Formation and above it, quaternary flatland that has fluvial, lacustrine and eolian deposits. Eolianites, rock deposited by wind action, are geomorphologic units that, in Brazil, occur in Northeast region only. Some outcrops may show lithified plant remains, firstly interpreted as roots, cutting through sandstone layers and exposed by erosion. The analyses and depth study of these past life forms from coastal zone, assisted by early geological, geochronological and sedimentological data, they serve as an aid for interpretation of paleoenvironmentaland paleohydrologic data, so as of edaphic information, allowing a better understanding of local environmental conditions. This research aimed to identify these ancient plants preserved as mineralized stems in eolianites from Camocim coastal zone. The research method was based on literature review, field data and direct observation of material, with chemical and morphological analyses of collected samples. The interpretation of biological and geological phenomena made use ofthe Biology, Ecology and Paleontology general principles. The chemical analyses in the mineralized plants were made by energy-dispersive X-ray spectroscopytechnique,revealing there were not significant variations between samples composition, being primarily made of calcium carbonate (CaCO3).Trace elements like Magnesium, Silicon, Aluminum, Chlorine, Bromine and Phosphorus were alsoidentified.The morphological investigationin these plantsoccurred in four specimens with different diameter measures (0.5, 1.2, 1.7 e 2.0 cm), noting external and internal anatomic features with electronic microscopy analyses. Only the fourth specimenshowed structures interpreted as vesselssolitary and/or multiple of two elements and homocellular rays with procumbent cells, features correlated to family Fabaceae. The specimens were interpreted as herbaceous and sub-shrub plants inhabiteda marine-influenced area.The chemical characterization of samples attests the compositional variety of sediments deposited at the coastland region, while the presence of cytological structures preserved with identification of a probable taxon add new information about the eolianites history and its plant mineralized content.
Description: XAVIER, Sérgio Augusto Santos. Registros botânicos preservados nos eolianitos de Camocim (Holoceno do Noroeste do Ceará). 2017. 58 f. Dissertação (Mestrado em Geologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29079
Appears in Collections:DGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_sasxavier.pdf9,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.