Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29281
Title in Portuguese: Análise das relações entre pressão e gestão ambiental em empresas brasileiras
Author: Castro Neto, Francisco César de
Advisor(s): Silva Filho, José Carlos Lázaro da
Keywords: Administração de empresas - Aspectos ambientais
Gestão ambiental
Responsabilidade social da empresa
Issue Date: 2011
Citation: CASTRO NETO, Francisco César de. Análise das relações entre pressão e gestão ambiental em empresas brasileiras. 2011. 135 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Programa de Pós-graduação em Administração e Controladoria, Fortaleza-CE, 2011.
Abstract in Portuguese: Estudos sobre sustentabilidade ambiental representam uma nova e importante agenda para a pesquisa em gestão no Brasil e no mundo no presente século. A gestão de empresas, dentro desse contexto, tem se adequado às modernas demandas de sustentabilidade e preocupação ecológica, desenvolvendo uma subárea de estudos denominada de gestão ambiental. A proatividade ambiental, tópico emergente da gestão ambiental, considera a ação empresarial que diz respeito a auto regulação ambiental desenvolvida pelas organizações como resposta à pressão das partes interessadas de seu entorno no sentido de minimizar o impacto ambiental causado por suas operações, contudo avançando em ações que vão além das exigências legais. Imerso nessa temática, foi desenvolvido um trabalho de cunho quantitativo que objetiva analisar o relacionamento entre os fatores determinantes de proatividade ambiental, a pressão ambiental e os indicadores de proatividade ambiental. A aplicação de modelos econométricos permitiu concluir que o tamanho das organizações, sua internacionalização de capital e, em menor escala, a posição na cadeia de valor estão relacionados com a pressão exercida pelos stakeholders. Por outro lado, essa pressão ambiental possui um efeito genuíno sobre as ações de proatividade ambiental nas empresas, explicando em até 25% seu comportamento. Complementarmente, características como tamanho, internacionalização de capital e setor industrial também se mostraram positivamente relacionados com ações ambientalmente proativas desenvolvidas por empresas brasileiras.
Abstract: Studies on environmental sustainability perform a recent and important agenda for management research in Brazil and worldwide in the current century. The management science within this context has fit itself to the modern sustainability and ecological concern demands by developing the environmental management as a study subarea. Environmental proactivity, an emergent topic of environmental management, considers the management action with respect to environmental self regulation developed by companies as answer for the surroundings stakeholders pressure in order to minimize the environmental impact caused by the course of its operations, nevertheless advancing in actions which go beyond the legal requirements. Immersed in this theme, this research was developed in a quantitative perspective aiming at assessing the relationships among environmental proactivity determinant factors, environmental pressure and environmental proactivity indicators. Econometric models application allowed to conclude that company size, capital internationalization and, in a less extent, position in the value chain are related to the environmental pressure exerted by stakeholders. In the other hand, such a environmental pressure performs a genuine effect on environmental proactivity actions of the companies by explaining even 25% of its behavior. Additionally, features like company size, capital internationalization and industrial sector have also proven positively related to environmental proactivity actions taken by Brazilian companies.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29281
Appears in Collections:PPAC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_dis_fccastroneto.pdf914,4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.