Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29728
Title in Portuguese: Crescimento econômico e dívida pública nos países da OECD
Author: Deusdará, Francisca Maria Muniz
Advisor(s): Penna, Christiano Modesto
Keywords: Crescimento econômico
Dívida pública
Issue Date: 2013
Citation: DEUSDARÁ, Francisca Maria Muniz. Crescimento econômico e dívida pública nos países da OECD. 2013. 41f. - Dissertação (Mestrado profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza (Ce), 2013.
Abstract in Portuguese: Este trabalho foi elaborado com o objetivo de contribuir com a discussão sobre o impacto da dívida pública no crescimento econômico nos países da OCDE. Diferentes trabalhos teóricos e empíricos propõem um efeito de estagnação da economia quando há uma elevação da dívida, entretanto e, por outro lado, muitos autores defendem que uma elevação no crescimento fortalece a economia atraindo novos investidores. Não há consenso na literatura sobre o assunto. Com a finalidade principal de fornecer dados que possam ajudar a esclarecer o paradoxo dívida e crescimento este trabalho foi desenvolvido. Para capturar a direção destas duas variáveis, bem como a influência mútua deste movimento, no nosso estudo foi utilizado um modelo econométrico do tipo autorregressivo vetorial – VAR, com dados anuais de 16 dos 32 países considerados de economia avançada que compõem a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE, durante o período de 1995 a 2011. Os resultados apresentados indicam uma fraca causalidade indo do crescimento para dívida. Não foram encontrados limiares para dívida pública. Foi encontrado que um baixo crescimento econômico dos países da amostra causa, no sentido de Granger, maiores razões Dívida/PIB.
Abstract: This work was developed with the aim of contributing to the discussion about the impact of the public debt on the economic growth of the OECD countries. Different theoretical and empirical work suggest an effect of economic stagnation when there is an increase in the debt, however, and on the other hand, many authors argue that a rise in the growth strengthens the economy by attracting new investors. There is no consensus in the literature on the subject. This work was developed with the main purpose to provide data that may help clarify the debt and growth paradox. To capture the direction of those two variables as well as the mutual influence of this movement, we used in our study an econometric vector auto-regressive type model – VAR, with annual data from 16 out of the 32 countries considered as advanced economies that make up the Organization for Economic Cooperation and Development – OECD, during the period from 1995 to 2011. The results presented indicate a weak causality going from growth to debt. Thresholds concerning public debt have not been identified. It has been found out that a low economic growth of the countries within the sample, under the Granger sense, causes bigger Debt/GDP ratios.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29728
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_fmmdeusdará.pdf258,52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.